segunda-feira, 30 de abril de 2007

Boa noite, Cecília Meireles


Motivo

Eu canto porque o instante existe e a minha vida está completa.
Não sou alegre nem sou triste:
sou poeta.

Irmão das coisas fugidias,
não sinto gozo nem tormento.
Atravesso noites e dias
no vento.

Se desmorono ou se edifico,
se permaneço ou me desfaço,
- não sei, não sei. Não sei se fico
ou passo.

Sei que canto. E a canção é tudo.
Tem sangue eterno a asa ritmada.
E um dia sei que estarei mudo:
- mais nada.

[Informática] Primeiro PC

Na Gazeta Mercantil:

Apesar da perda de capacidade de consumo da classe média, a aquisição do primeiro computador pessoal avançou significativamente na classe B e nos estratos mais altos da C, mesmo que o acesso à internet banda larga acompanhe a tendência mais lentamente. "Era um produto elitista, que está deixando de ser", comenta o consultor da IT Data, Ivair Rodrigues. Cerca de 3,5 milhões de consumidores finais compraram computadores em 2006, sendo que 2,2 milhões adquiriram seu primeiro PC. E praticamente todos os que passaram a ter seu primeiro computador em 2006 são das classes B e parte da C. Os números foram coletados pela IT Data e divulgados pela Abinee. O computador pessoal, assim como os eletroeletrônicos, tornaram-se mais acessíveis. "É como acontece com o celular", afirma Rodrigues, referindo-se ao fato de que, à medida que o usuário compra uma segunda máquina, a tendência é escolher um aparelho mais caro e sofisticado. O maior sonho de consumo hoje da classe média é uma TV de LCD ou plasma?

Visita do Papa

Nada menos de 10 mil homens trabalharão na segurança do Papa Bento XVI, que chegará ao Brasil na próxima semana .
Não entendo o porquê de todo esse aparato, na visita a um país onde, de cada dez pessoas sete se declaram católicas .

IMAGEM DO DIA

Lula, Alencar, Marta, FHC e Serra, juntos

Ricardo Stuckert / PR

Durante o velório do empresário Octavio Frias de Oliveira, em São Paulo.


[Apodi] Transposição do rio São Francisco

Fabiano Souza

APODI - Está prevista para o dia 2 de maio a realização de mais um debate sobre a Transposição do Rio São Francisco. O evento será realizado na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Apodi e vai reunir representantes de diversos municípios da região do Médio Oeste do Rio Grande do Norte. De acordo com o presidente do Sindicato de Apodi, Francisco Edílson, a expectativa é de que representantes de todos os municípios da região possam está participando do debate que contará com a presença de representantes da Central Única dos Trabalhadores(CUT), também do professor, João Abe (contrário a transposição) e representantes do governo que vão expor aos participantes as vantagens da transposição, enquanto o professor João Abe vai tentar convencer os participantes dos efeitos negativos da transposição.

Segundo ele, o debate que será realizado em Apodi tem o objetivo de promover uma discussão técnico-científico sobre o Projeto de Transposição do Rio São Francisco e a Política Nacional de Recursos Hídricos. Levando a população da região um amplo esclarecimento sobre a transposição das águas do Rio São Francisco que, pelo projeto da transposição, canais levariam água para os estados do Ceará, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte, interligando as águas do São Francisco a rios da região.

Para isso, serão retirados 26 m3 por segundo da vazão constante do rio, o que representa cerca de 1,4% da vazão da represa de Sobradinho, na Bahia.

Alguns setores, no entanto, cobram do governo um maior debate com a sociedade sobre o assunto. Para o professor, João Abe a transposição do São Frâncico aparece como mais um projeto eleitoreiro, que irá beneficiar apenas os grandes produtores, enquanto os pequenos produtores continuarão passando fome e sede.

CT

PAU DOS FERROS

Matéria veiculada na Folha de hoje, cita a cidade de Pau dos Ferros no Rio Grande do Norte, no episódio de cassação dos mandatos de parlamentares infiéis. Leia abaixo.

A Câmara Municipal de Pau dos Ferros, interior do Rio Grande do Norte, a 520 quilômetros de Natal, empossa nesta terça (1º) dois suplentes de vereador nas vagas abertas após a cassação dos mandatos de parlamentares infiéis.

Técia Batalha (PMDB), presidente da Casa, empossará Jean Carlos Holanda (PP) e Heldo Rogério Holanda de Lima (PMDB).

Segundo Anna Ruth Dantas, correspondente da Agência Nordeste, eles substituem Ismael Mendes e Maria do Socorro Cunha.

O primeiro foi eleito pelo PP e hoje está sem partido. Maria conquistou a cadeira pelo PMDB, mas mudou para o Democratas (ex-PFL).

Ismael e Heldo perderam o mandato por decisão da presidente da Câmara, depois de o Tribunal Superior Eleitoral deixar claro que os mandatos eletivos pertencem aos partidos e não aos candidatos.

Bom dia , Fernando Pessoa


Cartas de amor

Todas as cartas de amor são ridículas.
Não seriam cartas de amor se não fossem ridículas.
Também escrevi em meu tempo cartas de amor,
Como as outras, ridículas.
As cartas de amor, se há amor,
Têm de ser ridículas.
Mas, afinal,
Só as criaturas que nunca escreveram
Cartas de amor
É que são ridículas.
Quem me dera no tempo em que escrevia
Sem dar por isso
Cartas de amor ridículas.
A verdade é que hoje
As minhas memórias
Dessas cartas de amor
É que são ridículas.
(Todas as palavras esdrúxulas,
Como os sentimentos esdrúxulos,
São naturalmente ridículas.)

domingo, 29 de abril de 2007

[Humor] Charge


[Apodi] Sucessão Municipal

Entrevista concedida por Dalton Filho, ao jornal o Mossoroense de hoje (29/04-2007)


"Acho prematuro lançar um pré-candidato neste momento"


MÁRCIO COSTA
Editor do Regional

Dando seqüência à série de entrevistas com lideranças políticas da cidade de Apodi, apresentamos hoje os pensamentos do empresário Dalton Cunha, um dos integrantes do bloco de oposição ao prefeito José Pinheiro que articula a possibilidade de se lançar como pré-candidato a prefeito em 2008 pelo grupo oposicionista.

O Mossoroense - Como o senhor avalia o atual cenário político de Apodi?

Dalton Cunha - Hoje o cenário político começa pela avaliação de que Pinheiro não pode ser mais candidato e tem dificuldade de apresentar um suscessor. Durante todo este tempo em que foi prefeito e assumiu uma liderança política em Apodi, não trabalhou um sucessor. Além disso, em Apodi a população quer uma renovação. Isso é o que se tem dito nas ruas e interpretado pelas lideranças. Diante deste quadro, é preciso que surja uma liderança que acumule apoios necessários para tocar um novo plano de desenvolvimento que coloque Apodi num novo rumo. A necessidade é tão grande que a população se manifestou a partir do fórum e reivindica avanços a partir desta alternativa.

OM - Como o senhor avalia a gestão do prefeito José Pinheiro?

DC - Dr Pinheiro afirmou em entrevista que tem serviços prestados em Apodi. Trabalhou como prefeito e como médico, mas Apodi tem uma carência muito grande de uma liderança política que assuma um plano de desenvolvimento para o município com base em metas, e a partir delas que se corram riscos e liderar o processo de desenvolvimento sócio econômico da sociedade local.

OM - O seu nome já foi colocado no tabuleiro da sucessão municipal numa outra oportunidade sem sucesso. O que inviabilizou a consolidação do seu nome como candidato?

DC - Entrei como pré-candidato numa fase bem adiantada das articulações, e mesmo assim quase consegui viabilizar o projeto. Nós tinhamos fechado um acordo com o PT, mas Gilberto conseguiu dentro do partido, consolidar a candidatura dele a prefeito e diante da perda do meu vice que havia sido indicado pela coordenação municipal do partido, desisti da minha candidatura.

OM - Agora vivendo uma nova realidade, na condição de pré-candidato da oposição. Você acredita que possa viabilizar sua candidatura a prefeito de Apodi?

DC - Na verdade eu ainda não sou pré-candidato. O que existe hoje em Apodi é um grupo formado por Vandinho, Simão, os vereadores Edileusa, Aurino, Titico de Xavinha, que foi candidato a vereador, e Fábio Soares. Este grupo é formado ainda por outras pessoas que vai indicar um pré-candidato. Pessoas deste grupo estão trabalhando para receber o maior número de apoios possíveis para poder viabilizar a pré-candidatura. Eu acho prematuro lançar um pré-candidato neste momento.

OM - A médica Solange Noronha se apresenta como pré-candidata lançada pela oposição. Como você avalia este posicionamento?

DC - Eu concordo com a médica Solange Noronha quando fala que tem serviços prestados a Apodi. Só que o grupo de oposição em Apodi é formado por outras pessoas que deviam ser escutadas antes do lançamento de qualquer candidatura para não ser facilmente minada.

OM - A pré-candidata afirma que esta trabalhando a base da oposição para o consenso. Solange apresenta as características para obter este consenso?

DC - Acho que dentro do grupo há divergências históricas que não inviabiliza por completo, mas dificulta esta aliança já que os membros do grupo de oposição não foram nem mesmo consultados para a participação deste projeto.

OM - O senhor não citou o nome de Solange Noronha como liderança do bloco de oposição. O senhor considera Solange um nome integrante deste bloco de oposição?

DC - Considero Solange uma pessoa importante dentro do bloco. Mas diante da situação de lançar uma pré-candidatura sem consultar as demais lideranças gerou uma reação. Eu estava inclusive fora do bloco mas fui chamado para participar das articulações e de colocar meu nome a disposição para fortalecer o grupo de onde possa sair um candidato com chances reais de garantir a vitória.

OM - Qual seria a composição ideal para se garantir a vitória em 2008?

DC - A composição vai passar por muitas definições a partir de agora. É muito prematuro se falar numa composição ideal para as eleições de 2008.

OM - O prefeito José Pinheiro afirma que o cenário da oposição é mais complexo do governismo em função do grande número de lideranças na busca pela cabeça de chapa. Qual seria a fórmula aplicada para acomodar tantos interesses políticos num grupo com pensamentos tão diversificados?

DC - Discordo da declaração de Pinheiro. Ele viveu recentemente uma grande derrota eleitoral com a perda na disputa dos seus candidatos para o governo e para o senado . O fato dele não poder ser candidato enfraquece muito. O fato do PMDB estar dividido é outro agravante que enfraquece o governismo. A oposição hoje é muito mais forte para lançar um candidato em condições de chegar a prefeitura de Apodi.

OM - Qual seria a fórmula mágica para se definir uma candidatura harmoniosa num grupo político de características tão diversificadas?

DC - A fórmula mágica é escutar o povo. Escutar o sentimento, analisar bastante antes do lançamento de uma pré-candidatura. Saber o que o povo está pensando, e o que o povo está querendo. Acho que esta é a fórmula correta de se fazer política.

OM - O prefeito José Pinheiro cita características de um candidato ideal como sendo jovem e comprometido com o desenvolvimento econômico que coincidentemente levam as características do seu nome. Você acha que esta reação do prefeito possa ser encarada como um aceno para uma futura articulação?

DC - Ao longo deste tempo todo, Pinheiro acumulou bastante experiência política o que leva a uma prática muito boa. Ele consegue ouvir e interpretar que o povo está querendo. Ele deixou isso muito claro ao afirmar que a vitória da governadora Wilma foi pavimentada a partir do trabalho desenvolvido por ela em Apodi. Ele consegue avaliar muito bem o sentimento do povo. Mas não há possibilidade de uma articulação com o governismo diante do fato de hoje estarmos integrados ao bloco de oposição.

Nota deste Blog: Fazendo um paralelo entre a entrevista de domingo, da doutora Solange com esta de Dalton Filho, percebe-se nitidamente que a oposição apodiense provavelmente não sairá unida em torno de um único número na corrida sucessória à prefeitura apodiense.

Redução da maioridade penal


[Charge] Ensino Público


Escravidão

A notícia é no mínimo aterrorizante, por vir de um setor em evidência: a vida útil de um trabalhador nos canaviais, por volta de 12 anos, é inferior à que tinham os escravos na agricultura, que era de 15 a 20 anos. Se não houver maior fiscalização nos canaviais, obrigando os donos das terras a adotar o que determina a legislação trabalhista, muita gente vai morrer para que o Brasil possa exibir, ao mundo inteiro a pujança do combustível do futuro.

Lula recebeu o RBD no Palácio da Alvorada

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu neste sábado, 28, a banda adolescente mexicana RBD para um churrasco no Palácio da Alvorada, com direito a churrasco, e partida de futebol. Em turnê pelo Brasil, os mexicanos doaram uma de suas guitarras para o programa Fome Zero.

[Boxe] Acelino "Popó" perde o título mundial

Foto: Reuters

Acelino "Popó" Freitas não conseguiu conquistar seu quinto título mundial. Na noite de ontem, em Mashantucket, nos Estados Unidos, o pugilista abandonou o confronto diante do americano Juan Díaz no início do 9º round. Popó colocou em jogo sua coroa de campeão dos pesos leves da Organização Mundial de Boxe (OMB) e, com a derrota, viu o adversário unificar os cinturões da entidade e da Associação Mundial de Boxe (AMB). Popó, que havia anunciado sua aposentadoria no ano passado, recuou e decidiu enfrentar o americano no duelo de ontem.

Bom dia , Mário Benedetti

Por que cantamos


Se cada hora vem com sua morte
se o tempo é um covil de ladrões
os ares já não são tão bons ares
e a vida é nada mais que um alvo móvel

você perguntará por que cantamos

se nossos bravos ficam sem abraço
a pátria está morrendo de tristeza
e o coração do homem se fez cacos
antes mesmo de explodir a vergonha

você perguntará por que cantamos

se estamos longe como um horizonte
se lá ficaram as árvores e céu
se cada noite é sempre alguma ausência
e cada despertar um desencontro

você perguntará por que cantamos

cantamos porque o rio esta soando
e quando soa o rio / soa o rio
cantamos porque o cruel não tem nome
embora tenha nome seu destino

cantamos pela infância e porque tudo
e porque algum futuro e porque o povo
cantamos porque os sobreviventes
e nossos mortos querem que cantemos

cantamos porque o grito só não basta
e já não basta o pranto nem a raiva
cantamos porque cremos nessa gente
e porque venceremos a derrota

cantamos porque o sol nos reconhece
e porque o campo cheira a primavera
e porque nesse talo e lá no fruto
cada pergunta tem a sua resposta

cantamos porque chove sobre o sulco
e somos militantes desta vida
e porque não podemos nem queremos
deixar que a canção se torne cinzas.

Quanto vale um professor?

Recebi hoje cedo do meu amigo, professor Cézar Silva, um e-mail que trata de um assunto muito pertinente para os professores e conseqüentemente para futuro do Brasil. É um artigo de Zuenir Ventura sobre a valorização do magistério, assunto tratado pelo governo federal mais como discurso, do que propriamente como ações efetivas para a verdadeira revolução da educação em nosso país. Confira abaixo.


Quanto vale um professor?

Por mais que se torça a favor, é difícil acreditar que o Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) colocará o Brasil "em pé de igualdade com qualquer país do mundo desenvolvido", como espera Lula, quando se vê que um dos pilares desse processo, o professor da rede pública, vai ganhar - na melhor das hipóteses, se aprovado o novo piso salarial- R$ 850 por mês para trabalhar 40 horas semanais. Isso num país em que um deputado federal recebe R$ 12.847, ou seja, quase quinze vezes mais por três ou quadro dias por semana de comparecimento à Câmara (em breve deverá ir para R$ 16.250).

Pode-se alegar que pelo menos esse plano fará o que nem isso os governos anteriores fizeram. Tudo bem. Mas para uma educação que está entre as piores do mundo, como mostram os índices calamitosos divulgados ontem, esperava-se que o choque de qualidade começasse pela valorização do magistério por meio de remuneração decente. Em vez disso, o PDE prefere investir em tecnologia. Até 2010, todas as 130 mil escolas públicas de educação básica receberão R$ 650 milhões em computadores. Só este ano, serão instalados 5 mil laboratórios de informática em escolas rurais e mais de 8 mil em escolas urbanas de 5a 8asérie do ensino fundamental.

Nada contra. Não se desconhece a importância dos meios tecnológicos de comunicação para o aprendizado da criança.

São fundamentais. Mas é preciso tomar cuidado com o endeusamento da informática. Por si, ela não opera milagres no reino da pedagogia. Ajuda e muito, mas não substitui o professor ou a professora numa sala de aula. O economista Naércio Menezes, do Ibmec, citado pelo jornalista Gilberto Dimenstein, chegou à conclusão de que o uso do computador nas escolas públicas não melhora de maneira significativa o rendimento dos estudantes.

Ao analisar o perfil socioeconômico de 218 mil alunos do ensino fundamental e médio de 5.600 escolas em todo o país, ele descobriu que não são os laboratórios de informática que fazem a diferença. O que faz o estudante avançar nos estudos são velhos fatores como ambiente familiar, ajuda da mãe, livros em casa, pré-escola, enfim, tudo o que antigamente fazia a escola ser risonha e franca, e mais humanizada.

Quem é desse tempo, da "normalista vestida de azul e branco", sabe a importância da "professora primária" que nos ensinava a fazer conta, que nos mostrava as primeiras letras, que nos abria a porta para o mundo encantado do livro. Atrás de um grande leitor ou escritor havia sempre uma delas, lá na infância. É um erro achar que a máquina deve expulsá-las das salas de aula.

No Brasil, a verdadeira revolução na educação virá no dia em que a mestra (ou o mestre) não for trocada pelo computador e valer 15 ou 20 deputados, não o contrário.

Publicado no jornal O GLOBO Por Zuenir Ventura 29/04/2007

sábado, 28 de abril de 2007

[Lula] Entrevista Coletiva

Da coluna Radar
Na Veja desta semana

A tão prometida entrevista coletiva de Lula vai, enfim, sair. Está prevista para acontecer entre os dias 10 e 15 de maio. Será a segunda vez que o presidente se submeterá a esse rito democrático em quatro anos e meio de governo. Em compensação, Lula não falará à nação em cadeia de rádio e TV no dia 1º de maio.

Pensamento do dia

"O problema é que o crime está na esquina e a justiça mora longe."

(Millôr Fernandes)

[Humor] O Rio em clima de PAN


Educação

Fátima não foi convidada pela Câmara de Natal para debate sobre educação , mas se coloca à disposição do parlamento municipal.

A deputada federal Fátima Bezerra, PT, afirmou na manhã deste sábado que não compareceu ao debate sobre a educação nesta sexta-feira na Câmara Municipal de Natal por que não foi convidada. "Não fui convidada nem formal, nem informalmente", disse a parlamentar que declarou ter consultado suas assessorias em Natal e em Brasília para saber se havia sido feito pelo menos um contato telefônico com sua equipe.
Fátima acrescentou que nem o presidente do diretório do PT em Natal, Adriano Gadelha, que também coordena seu escritório na capital foi informado sobre o debate. "E olha que Adriano passou a tarde da quinta-feira na Câmara participando dos debates sobre o Plano Diretor".
A deputada assegurou que se tivesse sido convidada teria participado . "Atenderia com prazer o convite da Câmara, até por que estou participando de vários debates e discussões sobre a educação e o Fundeb em associações sindicatos, casas legislativas. Estou à disposição também da Câmara Municipal de Natal", informou.
JH

[Fundeb] Salário de Professor

Fátima Bezerra comenta sobre a diferença de nível de formação dos professores

O jornal Gazeta do Oeste, deste Domingo traz uma reportagem discutindo a necessidade de mudanças no piso salarial dos professores da forma como foi sugerida pelo governo federal. A deputado Fátima Bezerra (PT-RN) defende modificações importantes, como por exemplo, a diferenciação entre os que têm nivél médio daqueles com curso superior.
Essa distinção é indispensável, pois funcionará como uma forma de estímulo ,para que o professor invista e sua formação, realizando cursos de pós-graduação.

Leia e tire suas conclusões.

O secretário de Assuntos Educacionais da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Heleno Araújo Filho, informou que 109 das 114 emendas ao projeto atendem a reivindicações da entidade. Ele ressaltou a importância de incluir no piso todos os profissionais que atuam nas escolas. De acordo com Araújo Filho, o piso deve contemplar ainda a carreira profissional, diferenciando os servidores que têm curso superior daqueles com formação menor. Assim, o piso não seria transformado por municípios e Estados em teto salarial. Os deputados Fátima Bezerra (PT-RN) e Iran Barbosa (PT-SE) concordaram com o critério de diferenciação dos professores pela carreira do Magistério. Na avaliação de Fátima Bezerra, o PL 619/07 precisa ser modificado em três aspectos: no conceito de piso, que não pode incluir outras vantagens e gratificações dos professores; na carga de trabalho de 40 horas e no nível de formação dos profissionais, pois o texto não diferencia aqueles que têm 1 nível médio daqueles com curso superior.

Deputados mostram a necessidade do governo federal complementar piso de professor

A maioria dos parlamentares que participaram da audiência pública da Comissão de Educação e Cultura concordou com a necessidade de a União complementar as receitas locais para viabilizar o pagamento de um piso salarial nacional aos professores.

O piso é regulamentado pelo Projeto de Lei 619/07. O relator da proposta, deputado Severiano Alves (PDT-BA), observou que os recursos de impostos municipais ou estaduais podem não ser suficientes para adoção do piso.

O relator lembrou que os recursos disponíveis são do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB).

Severiano Alves disse que, se for preciso, parlamentares e representantes da categoria vão pedir o aumento das verbas aos ministérios da Fazenda e do Planejamento. O PL 619/07, do Poder Executivo, prevê um piso para professores em todo o País de R$ 850,00 para uma jornada semanal de 40 horas. Severiano Alves informou ainda que devem ser realizadas audiências públicas em pelo menos seis Estados para discutir a questão do "salário mínimo dos professores". A princípio, os debates acontecerão nos seguintes locais: Pernambuco, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte, Bahia e Rio Grande do Sul.

Os deputados Rogério Marinho (PSB-RN), Paulo Rubem Santiago (PT-PE) e Ivan Valente (Psol-SP) destacaram a necessidade de mobilização de parlamentares e profissionais da educação para ampliar os gastos da União na área. Ivan Valente afirmou que a discussão do piso representa "a hora da verdade" para as políticas públicas de educação. Segundo ele, os professores devem radicalizar o processo.

"Há recursos, mas eles estão direcionados para outras prioridades", criticou. Paulo Rubem Santiago e o deputado Pedro Wilson (PT-GO) apontaram para a necessidade de controle da aplicação dos recursos por municípios e Estados. Santiago sugeriu uma emenda ao projeto para que o fato de não adotar o piso no tempo previsto seja considerado como improbidade do gestor estadual ou municipal.

Falta de ética

Por conta das ofensas proferidas contra as mulheres, o deputado Clodovil Hernadez (PTC) pode ser alvo do Conselho de Ética da Câmara. A deputada Solange Amaral (DEM-RJ), que integra o Conselho, vai propor à bancada feminina que entre com uma representação contra o deputado. Na semana passada, Clodovil disse que as mulheres se tornaram "muito vulgares, ordinárias e cheias de silicone". E completou: "Hoje em dia, a mulher trabalha deitada e descansa em pé".

S.C

[Roberto Carlos] JUSTIÇA PROÍBE VENDA DO LIVRO

Após quase seis horas de audiência, nesta sexta , na 20ª Vara Criminal da Barra Funda, em São Paulo, os advogados do "rei Roberto Carlos" e da Editora Planeta chegaram a um acordo quanto à interrupção definitiva da produção e comercialização da biografia não-autorizada "Roberto Carlos em Detalhes", do jornalista e historiador Paulo César Araújo. A Planeta terá até 60 dias, contando a partir de ontem, para entregar ao cantor os 10.700 exemplares do livro que ainda tem em estoque. Segundo o advogado da editora, Ronaldo Tovani, a Planeta tentará reaver os livros que ainda estão à venda nas livrarias. O acordo prevê também que Roberto Carlos poderá comprar os livros que estão no mercado e que a editora terá que ressarci-lo.


AG

Bom dia, Pablo Neruda

Os teus pés


Quando não te posso contemplar
Contemplo os teus pés.


Teus pés de osso arqueado,
Teus pequenos pés duros,


Eu sei que te sustentam
E que teu doce peso
Sobre eles se ergue.


Tua cintura e teus seios,
A duplicada purpura
Dos teus mamilos,
A caixa dos teus olhos
Que há pouco levantaram voo,
A larga boca de fruta,
Tua rubra cabeleira,
Pequena torre minha.


Mas se amo os teus pés
É só porque andaram
Sobre a terra e sobre
O vento e sobre a água,
Até me encontrarem.

Planeta Terra


[Educação] Acari registra o melhor índice em educação do RN

Lendo os resultados da pesquisa feita pelo MEC sobre a educação no Brasil, constatei que o Rio Grande do Norte obteve o segundo pior resultado, ficando atrás apenas do Piauí. Já , a cidade de Acari (RN) ficou com o melhor desempenho entre os municípios potiguares.Foi a única cidade do Rio Grande do Norte a superar a média nacional de 3,8 pontos.

Acari alcançou a média de 4,7 no ensino fundamental de primeira fase, que corresponde ao período de primeira à quarta séries.
O índice de 4,7 registrado pelo MEC na cidade do Rio Grande do Norte, é exatamente o mesmo do registrado em Curitiba.

Portanto, meus parabéns aos professores comprometidos com a educação de Acari.

[Apodi] IFETS

Com o lançamento do Plano de Desenvolvimento da Educação do Governo Federal(PAC) veio uma boa notícia para o Rio Grande do Norte. O ministro da Educação, Fernando Hadad, confirmou a instalação de seis nova unidades do Instituto Federal de Educação Tecnológica (Ifets).

As cidades beneficiadas serão Apodi, Caicó, João Câmara, Macau, Pau dos Ferros e Santa Cruz. A iniciativa foi da deputada federal Fátima Bezerra do PT , que tem demonstrado boa influência dentro dos ministérios do Governo Lula.

Em todo Brasil, serão 150 novos Institutos criados no prazo de quatro anos, com um investimento de R$ 750 milhões.

sexta-feira, 27 de abril de 2007

Audiência debate a educação do RN


Rogério Marinho informou que apesar da situação crítica o RN não receberá a complementação do Fundeb.

O RN é um dos piores "alunos" do país. O desempenho negativo do estado na avaliação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), que ocupa a última posição no ranking do ensino de 1ª a 4ª série e antepenúltima no ensino médio, foi discutido em audiência pública hoje pela manhã na Câmara Municipal. Apesar das dificuldades para melhorar o ensino, os alunos potiguares não receberão a complementação do Fundo da Educação Básica (Fundeb), segundo o deputado federal Rogério Marinho.

Enquanto a média nacional do Ideb ficou em 3,9 pontos, a média do RN, BA e PI foi de 2,6. A avaliação foi criada para nortear as políticas públicas de melhoria da qualidade das escolas do país. A secretária estadual de Educação Ana Cristina de Medeiros garantiu ações em curto prazo por parte do governo para dar início a recuperação do ensino potiguar. "Vamos melhorar os procedimentos de alfabetização, implementar o reforço escolar, o fortalecimento da leitura com bibliotecas, além de aumentar a valorização do professor", explicou ela, de maneira genérica.

O RN conseguiu ainda resultados ruins no ensino fundamental da 2ª fase, de 5ª a 8ª série, ficando na 24ª colocação, com média de 2,6, inferior ao resultado nacional de 3,3. No ensino médio os potiguares também se destacam pela má qualidade, na antepenúltima posição, com uma pontuação de 3,0.

"Nunca se discutiu tanto a educação no Brasil, e isso é sempre salutar. Resgatar os antigos fundos de gestão educacional já é importante para a educação. Mas é preciso que tudo não fique só no papel", comentou Rogério Marinho. O deputado informou que o RN passou os últimos dez anos sem receber o adicional do antigo Fundef- e deverá permanecer assim, pelo menos por enquanto, com o Fundeb.

Na análise por município, o Ideb retrata a baixa qualidade da educação potiguar. Na primeira fase do ensino fundamental, o Rio Grande do Norte tem o município com o pior índice, Monte das Gameleiras, com média de apenas 1,00. A cidade de Galinhos ficou como a sexta pior colocação. Na análise da segunda fase, o penúltimo lugar é de Jundiá (RN). Como o sexto pior ensino de 5ª a 8ª série está o município de Olho D´Água dos Borges (RN).

O analfabetismo é outro problema detectado no RN. Em Japi, por exemplo, 48,3% da população maior de 15 anos tem dificuldades de ler e escrever. Monte das Gameleiras apresenta 48,2% de analfabetos e São Miguel de Touros 47,7%. Com resultados opostos estão Natal e Parnamirim, com os menores índices: 11,9% e 13,8% nessa faixa etária.

Com uma posição clara apenas de proposição da audiência, o presidente da Câmara Dickson Nasser não comentou a situação crítica do ensino do estado. "Nós propusemos a discussão do Fundeb. Mas detalhe do ensino que reponde são os secretários", afirmou o vereador. A audiência na Câmara contou ainda com a presença de diretores de escolas e representante dos servidores da educação.

"O primeiro passo é reconhecer o problema, mas a educação ruim não é situação de quatro anos ou projeto de governo ou partido", afirmou Rogério marinho. Na análise do ensino fundamental de primeira fase, correspondente a 1ª a 4ª série, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) analisou 143 municípios potiguares, dos 167 existentes. O melhor nível desse ensino na rede municipal ficou com a cidade de Acari, que alcançou uma média de 4,7. A pior média no Estado ficou com o município de Olho D´Água dos Borges, com 1,4.

Educação

Professores de Natal ganham acima do piso nacional


O piso salarial de R$ 850,00 proposto pelo governo federal para os professores da rede pública que trabalham 40h semanais é bem menor que o salário pago à categoria em Natal. A diferença chega a R$ 400, 00, podendo ainda ser maior caso o professor possua graduação superior e título de pós-graduação.

Atualmente, o salário base de um professor de nível médio, no início de carreira, com carga de 40h semanais na Prefeitura do Natal é de R$ 1.250,86. Já os professores com nível superior recebem R$ 1.685,84. Esse valor poderá ainda ser acrescido em 20% para os professores com mestrado e 40% para os detentores de doutorado.

Este ano, os professores tiveram um aumento de 23,74%, reajuste esse maior que os 17,81% que haviam sido compromissados com o sindicato da categoria. Para o prefeito Carlos Eduardo o piso salarial pago ao professor bem acima da média nacional é resultado de uma política de valorização do magistério que vem sendo adotada pela sua administração, tanto assim, que pelo Plano de Carreira dos professores municipais o salário alcança o teto de R$ 3.060,56.

Comparando a remuneração básica local com o piso reivindicado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, o valor pago aos professores na rede municipal educação em Natal ainda continua sendo maior. A CNTE defende junto ao governo federal um salário-base de R$ 1.050,00 para os professores com nível médio e de R$ 1.500,00 para os professores com graduação superior.

Fonte: Prefeitura do Natal

[Educação] O RN entre os últimos na prova do MEC

Ensino Fundamental no RN está entre os piores do Brasil


O Ministério da Educação (MEC) divulgou hoje, os dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). O surpreendente é que numa escala de 0 a 10, alunos de 1ª a 4ª série, de um total de 4.340 municípios avaliados, 4.112 ficaram com índice abaixo de 5. No resultado por estado, o Rio Grande do Norte atingiu 2,5 de pontos no índice, que foi calculado com base em dados de 2005, da Prova Brasil e Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), realizados a cada dois anos. Este novo indicador, incluído no Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), serve para orientar o direcionamento de verbas e o seu cumprimento implica no recebimento de mais recursos.

O coordenador do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte/RN), João Oliveira, disse que este índice é uma novidade, no entanto, é reflexo de um antigo problema da educação: a valorização do professor e mais investimentos em infra-estrutura. "Não poderia ser diferente levando-se em consideração o péssimo desempenho do Estado nas avaliações do MEC. Ainda não paramos para avaliar esse índice, que foi uma novidade anunciada recentemente, mas já sabemos que é o resultado de professores mal remunerados e não valorizados. Além disso, tem as escolas sucateadas, sem bibliotecas ou computadores disponíveis para os alunos", afirma João Oliveira.

A equipe de reportagem deste vespertino tentou entrar em contato com a secretária municipal de Educação, Justina Iva, para falar sobre o assunto, mas não obteve sucesso. Já o secretário adjunto, Pedro Jorge, informou que estava em São Paulo, por isso não saberia falar com detalhes sobre assunto, indicando Justina como a pessoa ideal, já que ela participou recentemente de um encontro em Brasília, sobre o tema.

16 anos

Senado aprova redução da maioridade penal

Foi aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado a proposta de Emenda Constitucional que reduz de 18 para 16 anos a maioridade penal no país.

quinta-feira, 26 de abril de 2007

[Victor Hugo] Para pensar

"Enquanto, por efeito de leis e costumes, houver proscrição social, forçandoa existência, em plena civilização, de verdadeiros infernos, e desvirtuando, por humana fatalidade, um destino por natureza divino; enquanto os três problemas do século - a degradação do homem pelo proletariado, a prostituição da mulher pela fome, e a atrofia da criança pela ignorância - não forem resolvidos; enquanto houver lugares onde seja possível a asfixia social; em outras palavras, e de um ponto de vista mais amplo ainda, enquanto sobre aterra houver ignorância e miséria, livros como este não serão inúteis."

Victor Hugo, in: OS MISERÁVEIS (1862)

História: 26 de Abril 1817

O forte dos Reis Magos, Natal, local do suplício do patriota potiguar

Morre André de Albuquerque Maranhão, líder da Revolução Republicana de 1817 no RN. Em sua última noite, já ferido de morte na cela do forte dos Reis Magos, seus algozes dão-lhe uma pedra por travesseiro, pois "é o que merecem os patriotas".

L.S

Péssima qualidade

Brasil tem apenas 10 cidades com ensino de qualidade
Um dia após o presidente Lula afirmar que a educação brasileira ainda será uma das melhores do mundo, o novo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), que será divulgado hoje pelo Ministério da Educação, mostra que apenas em dez dos mais de 5.500 municípios brasileiros os alunos da rede municipal de 1ª a 4ª série já atingiram ou superaram a nota média 6 - equivalente ao padrão de aprendizagem dos países desenvolvidos. Anteontem, Lula dissera que seu governo entrará para a História se o Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) botar o Brasil "em pé de igualdade com qualquer país do mundo desenvolvido". A meta do MEC é fazer com que os alunos de 1ª a 4ª série atinjam até 2021 a média geral 6, incluindo escolas públicas e particulares. Ramilândia (PR) em último lugar no ranking tem nota média de apenas 0,3. O Rio não tem qualquer cidade entre as que oferecem ensino municipal de qualidade.
globo

[Educação]

77 milhões de crianças no mundo estão fora da escola

Da AB


O número de crianças que deveriam estar na educação primária mas ainda estão fora da escola diminuiu entre 1999 e 2004 em torno de 21 milhões, sendo atualmente de 77 milhões no mundo inteiro. Apesar da queda, o número ainda é considerado alto e inaceitável. O ensino na primeira infância é o tema do Relatório do Monitoramento Global Educação para Todos 2007 da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), que será divulgado hoje (26), em Brasília.

A África Subsaariana, o Sul e Oeste da Ásia são as regiões com a maior concentração de crianças fora da escola, segundo a Unesco. Dois fatores são comuns a essas crianças: moram em área rural e suas mães têm baixa escolaridade.

“Os governos precisam urgentemente identificar os grupos de crianças com maior probabilidade de nunca se matricularem na escola, bem como aquelas que a abandonam”, adverte o relatório da Unesco.

CPI do Ensino Básico



Senador pelo PDT do Distrito Federal e ex-ministro da Educação, Cristóvam Buarque afirmou, ontem( quarta-feira), que já está de posse de petição, com as assinaturas necessárias , para a criação da CPI do Ensino Básico.Bastante pertinente a intenção do senador, pois uma Revolução na Educação passa obrigatoriamente pela mudança de conceitos no ensino, o que pode, a longo prazo, proporcionar ânimo a uma sociedade mergulhada no desconhecimento e na alienação. A iniciativa do senador Cristóvam Buarque de criar a CPI pode ficar na história do Senado como uma das grandes decisões da Casa Legislativa.

CAPA DOS JORNAIS DE HOJE - RN






















[Política] Câmara dos deputados vai processar Arnaldo Jabor


O presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia (PT-SP), disse hoje no plenário que a Casa vai processar o jornalista e cineasta Arnaldo Jabor, porque ele chamou os deputados de "canalhas". Os deputados entendem que a crítica de Jabor, feita durante seu comentário diário na rádio CBN, no último dia 24, foi generalista e desrespeitosa.

quarta-feira, 25 de abril de 2007

[HISTÓRIA] Curiosidade para responder

Foi rainha, sem nunca ter reinado.

Também era conhecida por “colo de garça”.

Quem a mandou matar foi “O Bravo”.

Teve três filhos, mas nenhum deles reinou.

Não era portuguesa nem espanhola.

A sua morte inspirou grandes escritores.

Está sepultada em frente ao homem que amou.

Educação

Do presidente Lula, ontem, durante lançamento do novo programa de Educação:

PLANO - Lula diz que recursos prometidos para plano serão cumpridos

"Na verdade, eu penso que estamos assumindo um compromisso em que durante muitas décadas se afirmava no Brasil que a juventude era o futuro da nação e nada mais acontecia. O resultado de que o jovem era o futuro da nação, a gente vê hoje nos noticiários da televisão, nos jornais: jovens de 15 a 24 anos na criminalidade, meninas se prostituindo, mercadejando o seu corpo. Tudo isso porque em algum momento da história não foram feitas as coisas corretas que deveriam ter sido feitas neste País, sobretudo na questão da educação".

Culto às armas

Desde a morte de John Kennedy, em 1963, morreram mais americanos por armas de fogo dentro dos EUA do que em guerras pelo mundo durante todo o século 20. Foi o que mostrou o excelente artigo da The Economist que discute o massacre na Virginia e o culto às armas dos americanos.

Leia um trecho do artigo:

Quando se discute produtos perigosos como drogas, cigarros e carros velozes, esta revista defende uma posição mais liberal do que o governo americano. Mas quando se fala em revólveres, armas automáticas e outras coisas desenhadas especialmente para matar pessoas, acreditamos que o controle é necessário, porque o fracasso em lidar com tais artigos violentos geralmente significa que outras liberdades são abreviadas. Em vez de debater as armas, os Estados Unidos estão agora discutindo a segurança em campus universitários.

ESC

Mudança de opinião

Deu na Folha de hoje: Mangabeira pedirá desculpas


O filósofo Mangabeira Unger fez um acordo com o Palácio do Planalto para, no dia em que assumir a nova Secretaria Especial de Ações de Longo Prazo, fazer um pronunciamento para se retratar dos ataques que fez em 2005 ao presidente Lula.


Mangabeira é uma indicação do partido do vice-presidente José Alencar (PRB), que já foi informado sobre o formato das explicações.

Em artigo publicado na Folha no dia 15 de novembro de 2005, o filósofo chamou o governo petista, do qual ele fará parte, de o mais "corrupto de nossa história" e defendeu o impeachment: "Afirmo ser obrigação do Congresso Nacional declarar prontamente o impedimento do presidente".

Ontem, Lula recebeu no Planalto o comando do PRB, que ratificou a indicação. Na conversa, segundo o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), Lula disse que as críticas foram resultado da influência da mídia: "O presidente entendeu que o Mangabeira, estando longe, se guiava pela imprensa".

Para Crivella, "Mangabeira, como grande parte da nação, mudou de idéia".
RF

[Aborto] Cidade do México

Capital mexicana aprova a legalização do aborto

Depois de mais de sete horas de discussão, a Assembléia Legislativa da Cidade do México aprovou nesta terça-feira a legalização do aborto na capital mexicana.

A nova legislação vai permitir a interrupção da gravidez até a 12ª semana de gestação, mas vale apenas para a Cidade do México.

Até agora, a lei somente permitia abortos em caso de estupro, quando a vida da mãe corria risco ou quando havia sinais de graves malformações no feto.

[TSE] Presidente lula é absolvido por unanimidade

Por seis votos a zero, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acabou de votar improcedente, por falta de provas, a representação da coligação Por Um Brasil Descente, formada pelo PSDB e DEM (ex-PFL), contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e outros membros do PT, acusados de envolvimento na tentativa de compra de um dossiê contra políticos tucanos nas eleições de 2006.

[Charge do Dia ] Justiça

Cega, surda e muda!

Angeli

terça-feira, 24 de abril de 2007

[Fundeb] ENSINO

Adoção de piso salarial para professor será gradual
Medida, parte de plano a ser lançado hoje, será implantada até 2010


O piso salarial de R$ 850 para professores da rede pública brasileiros será implantado de forma gradual. O Ministério da Educação divulgou ontem que, para não comprometer o orçamento dos Estados e município, o valor deverá ser atingido até 2010. A remuneração é para 40 horas de trabalho semanais.

A criação do piso salarial é um dos pontos presentes no Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), definido pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva como opaís "mais revolucionário" já feito no pais. Os principais pontos do programa, que será lançado oficialmente hoje pela manhã no Palácio do Planalto, em Brasília, foram divulgados ontem pelo ministério.

Discutido com educadores, parlamentares e representantes da sociedade, o plano inclui medidas para todas as etapas do ensino, com prioridade para a Educação Básica (da Educação Infantil ao Ensino Médio).

- É um programa que vai permitir que daqui a 20 anos a gente tenha uma geração de brasileiros mais bem formada do que a nossa - disse Lula na semana passada.

Outra novidade é a criação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e o apoio às prefeituras que tiverem os indicadores educacionais mais baixos.

Novo índice de qualidade orientará repasses federais

O Ideb levará em conta o rendimento dos alunos, a taxa de repetência e a evasão escolar. Se fosse avaliada hoje, a educação básica brasileira teria uma média aproximada de quatro pontos numa escala que vai de zero a 10.

Nos próximos 15 anos, o Brasil terá que alcançar nota seis no Ideb, a mesma média dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). O MEC anunciou que vai investir cerca de R$ 1 bilhão em 2007 - recursos adicionais ao Fundo da Educação Básica (Fundeb) - para atender os mil municípios com os piores Idebs.

Os especialistas do MEC vão recomendar ações como o acompanhamento individual das crianças, atividades de cultura e esporte no turno oposto ao das aulas, participação da comunidade nos conselhos de cada escola e criação de conselhos municipais de educação.

As ações
Confira alguns dos principais pontos que vão constar do PDE:
> Implantação da Provinha Brasil, para avaliar a alfabetização de crianças de 6 a 8 anos
> Crédito do BNDES de R$ 600 milhões para compra de ônibus e até barcos para o transporte escolar.
> Olimpíada de Língua Portuguesa, em 2008, em cerca 80 mil escolas e 7 milhões de alunos.
> Informatização de todas as escolas públicas. Serão instalados laboratórios de informática em todas as escolas públicas até 2010.
> Luz até o ano que vem em todas as escolas públicas que ainda não têm energia elétrica, dentro do programa Luz para Todos.
> O MEC e o Ministério de Ciência e Tecnologia vão lançar edital no valor de R$ 75 milhões para estimular a produção de conteúdos didáticos digitais.
> Até 2010, uma parceria das universidades públicas com as prefeituras vai implantar mil pólos de formação de professores em todo o país, principalmente nas pequenas e médias cidades do Interior. Além de suprir a demanda de professores, servirá para fixar o profissional em sua cidade ou região, evitando a perda de pessoas capacitadas para os grandes centros urbanos.
> O Programa Brasil Alfabetizado terá um novo desenho. Pelo menos, 75% dos alfabetizadores serão professores da rede pública municipal e estadual. São 100 mil professores que vão receber, além do salário, uma bolsa de R$ 200 reais por mês para alfabetizar adultos no turno em que não estão lecionando para as crianças.
> Na área da educação profissional, o PDE prevê a instalação de 150 escolas técnicas nas cidades-pólo. As cidades foram escolhidas levando em conta critérios de interiorização do desenvolvimento e de criação de oportunidades para que o jovem do interior não abandone sua cidade.
> Na Educação Superior, a principal medida é a ampliação do acesso. As universidades federais que abrirem ou ampliarem cursos noturnos e reduzirem o custo por aluno vão ganhar mais verbas. A meta é dobrar o número de vagas. Hoje são 580 mil.
> Articulação entre o Fies e o ProUni, permitindo o financiamento de 100% das bolsas parciais do ProUni e a quitação da dívida ativa consolidada das instituições de Ensino Superior. O novo programa poderá gerar 100 mil vagas por ano.

ZH

CELULAR

OS 10 MANDAMENTOS DO TELEFONE CELULAR


1.Não atenda nem efetue ligação em Postos de Combustíveis:É Risco de Explosão!
As Microcentelhas liberadas pela ativação do sinal pode reagir com a gasolina no ar (a mesma é volátil);

2.Não atenda nem efetue ligação em Cinema,Teatro ou Casas de Espetáculo:É Falta de Educação e atrapalha o evento!

3.Evite falar alto ou discutir com alguém nos ônibus ou em locais públicos:É Falta de Educação e chama a atenção!Questão de etiqueta,discrição e compostura.

4.Não atenda nem efetue ligação enquanto dirige:É Risco de Acidente, dá multa e é falta de educação no trânsito!Diminuição dos Reflexos e desatenção!É lei no Código Nacional de Trânsito.

5.Não atenda nem efetue ligação durante os vôos:É Risco de Acidente com a aeronave.As Microondas do Celular interferem no sistema de transmissão dos sinais do avião.

6.Não pare em acostamentos desertos e/ou perigosos para atender nem efetuar ligação:Risco de Assalto e/ou Sequestro Relâmpago!(Para os famosos e empresários,até o Sequestro Tradicional,mesmo).

7.Não fique no aparelho por mais de 15 minutos,mesmo que tenha recebido a ligação:Risco de ter dores de cabeça e lesões cerebrais!(Este último ainda não comprovado cientificamente mas há suspeitas sérias)

8.Não atenda nem efetue ligações durante a chuva:Risco de Eletrocução!(O campo eletromagnético formado na atmosfera durante uma tempestade,literalmente fecha um circuito com o aparelho que serve de terra).

9.Utilize o mesmo com moderação.A compulsão pelo uso é a mesma do cartão de crédito:O total a pagar sempre vem mais do que você imagina.E se proteja das clonagens.Risco de falência!

10.O sistema WAP(Wireless Application Protocol) ainda está a desejar.Não compensa as vantagens e facilidades que oferece pelas limitações apresentadas.Leia sobre o assunto na INFO Exame ou outras:Cuidado com o Marketing e o Consumismo desenfreado!

M.T
Eng.de Segurança

Bom Dia, Thiago de Mello

Os Estatutos do Homem
(Ato Institucional Permanente)
A Carlos Heitor Cony

Artigo I
Fica decretado que agora vale a verdade,
agora vale a vida,
e de mãos dadas,
marcharemos todos pela vida verdadeira.

Artigo II
Fica decretado que todos os dias da semana,
inclusive as terças-feiras mais cinzentas,
têm direito a converter-se em manhãs de domingo.

Artigo III
Fica decretado que, a partir deste instante,
haverá girassóis em todas as janelas,
que os girassóis terão direito
a abrir-se dentro da sombra;
e que as janelas devem permanecer, o dia inteiro,
abertas para o verde onde cresce a esperança.

Artigo IV
Fica decretado que o homem
não precisará nunca mais
duvidar do homem.
Que o homem confiará no homem
como a palmeira confia no vento,
como o vento confia no ar,
como o ar confia no campo azul do céu.

Parágrafo único:
O homem, confiará no homem
como um menino confia em outro menino.

Artigo V
Fica decretado que os homens
estão livres do jugo da mentira.
Nunca mais será preciso usar
a couraça do silêncio
nem a armadura de palavras.
O homem se sentará à mesa
com seu olhar limpo
porque a verdade passará a ser servida
antes da sobremesa.

Artigo VI
Fica estabelecida, durante dez séculos,
a prática sonhada pelo profeta Isaías,
e o lobo e o cordeiro pastarão juntos
e a comida de ambos terá o mesmo gosto de aurora.

Artigo VII
Por decreto irrevogável fica estabelecido
o reinado permanente da justiça e da claridade,
e a alegria será uma bandeira generosa
para sempre desfraldada na alma do povo.

Artigo VIII
Fica decretado que a maior dor
sempre foi e será sempre
não poder dar-se amor a quem se ama
e saber que é a água
que dá à planta o milagre da flor.

Artigo IX
Fica permitido que o pão de cada dia
tenha no homem o sinal de seu suor.
Mas que sobretudo tenha sempre
quente sabor da ternura.

Artigo X
Fica permitido a qualquer pessoa,
qualquer hora da vida,
uso do traje branco.

Artigo XI
Fica decretado, por definição,
que o homem é um animal que ama
e que por isso é belo,
muito mais belo que a estrela da manhã.

Artigo XII
Decreta-se que nada será obrigado
nem proibido,
tudo será permitido,
inclusive brincar com os rinocerontes
e caminhar pelas tardes com uma imensa begônia na lapela.

Parágrafo único:
Só uma coisa fica proibida:
amar sem amor.

Artigo XIII
Fica decretado que o dinheiro
não poderá nunca mais comprar
o sol das manhãs vindouras.
Expulso do grande baú do medo,
o dinheiro se transformará em uma espada fraternal
para defender o direito de cantar
e a festa do dia que chegou.

Artigo Final
Fica proibido o uso da palavra liberdade,
a qual será suprimida dos dicionários
e do pântano enganoso das bocas.
A partir deste instante
a liberdade será algo vivo e transparente
como um fogo ou um rio,
e a sua morada será sempre
o coração do homem.

Fique por dentro

O que a semana nos reserva
Blog do NBT


Segunda-feira

* O Supremo Tribunal Federal julga queixa-crime do ex-presidente Fernando Henrique contra o deputado Ciro Gomes (PSB-CE) por crimes de calúnia e difamação em pelo menos dez oportunidades. À época da reclamação, Ciro era ministro da Integração Nacional.

Terça-feira

* Lula recebe o vice-presidente José Alencar, o futuro ministro da Secretaria de Ações de Longo Prazo, Mangabeira Unger, e o presidente do PRB, Vitor Araújo dos Santos. Unger deve ser formalizado como novo ministro.

* O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), reúne os líderes partidários para acertar detalhes das CPIs do Apagão Aéreo e das ONGs.


* O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) julga a representação contra Lula pela responsabilidade na compra do dossiê contra políticos do PSDB durante a campanha do ano passado.


* A Câmara pode concluir a votação das medidas provisórias do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC). Faltam apenas duas MPs para que todo o PAC fique sob responsabilidade do Senado.

Quarta-feira

* A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado sabatina Mário Gomes Toró, indicado para a diretoria do Banco Central.

* O Supremo Tribunal Federal (STF) julga mandado de segurança da oposição pela criação da CPI do Apagão Aéreo na Câmara dos Deputados.

* A Comissão de Constituição e Justiça do Senado vota os últimos projetos do pacote de segurança pública. Entre os projetos em pauta está o monitoramento de presos e condenados em liberdade condicional.

Quinta-feira

* Lula vai ao Chile encontrar a presidente Michelle Bachelet. Depois, deve participar também da América Latina do World Economic Forum.

Sexta-feira

* Lula vai à Argentina encontrar-se com o presidente Néstor Kirchner para discutir as relações bilaterais.

Para Pensar

"Quem for
completamente dominado
pelo poder da riqueza
não pode ser justo."
DEMÓCRITO - Filósofo grego, nascido em Abdera, Trácia

Ufersa oferece 380 vagas para cursos no vestibular deste ano

Do Jornal de Fato

A Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) iniciou processo de inscrição ao seu vestibular 2007.2. As inscrições começaram no dia 20 passado e podem ser feitas até 18 de maio, conforme informações da assessoria de imprensa da instituição. Estão sendo ofertadas 380 vagas para dez cursos nos turnos diurno e noturno.A assessoria de imprensa informa que neste ano a Universidade Federal Rural do Semi-Árido oferecerá vagas para os cursos diurnos de Agronomia (80 vagas), Engenharia Agrícola e Ambiental (25 vagas), Zootecnia (25 vagas), Medicina Veterinária (25 vagas), Engenharia de Pesca (25 vagas), Engenharia de Energia (25 vagas) e Engenharia Mecânica (25 vagas).
Para os cursos noturnos serão oferecidas 100 vagas distribuídas entre os cursos de Administração (50 vagas), Engenharia de Produção (25 vagas) e Ciências da Computação (25 vagas).
As inscrições deverão ser realizadas no período de 20 deste mês a 18 de maio somente através da Internet, pelo site da Ufersa (www.ufersa.edu.br).
A taxa de inscrição é de R$ 60,00 e pode ser paga em qualquer agência bancária. O cartão de inscrição será disponibilizado no site da Universidade a partir do dia 22 de junho.
As provas serão realizadas nos dias 1º, 2 e 3 de julho em Mossoró e em Natal.

segunda-feira, 23 de abril de 2007

POLÍTICA

Presidente dos Democratas critica PSDB

Leia abaixo o que disse, Rodrigo Maia, hoje, sobre a reeleição

"Resolver o problema dos outros pela Constituição não dá. O PSDB resolveu criar a reeleição e ele próprio quer acabar com ela, para atender aos interesses do próprio partido. Não dá para, a cada cinco ou dez anos, mudarmos a Constituição para atender ao presidente Lula e ao PSDB. Nós não vamos querer tratar da questão da reeleição de forma alguma".

[OAB] Cezar Brito

presidente da OAB defende a consulta popular a respeito da ampliação do mandato do presidente da república.



O presidente nacional da (OAB), ordem dos advogados do Brasil, Cezar Britto, disse em entrevista hoje que a ampliação do mandato do presidente da República para 5 anos, sem uma consulta popular, seria "uma grave violação à Constituição Federal, com cheiro de golpe".

FRASE


"Eu ganhei muito dinheiro com palavrão. Não tenho medo de falar, porque sei que não são palavrões. Palavrão é ‘condomínio’, palavrão é ‘fome’, é não ter cama nos hospitais.”
Dercy Gonçalves, atriz de quase 100 anos de idade, em entrevista para o jornal Folha de S. Paulo

domingo, 22 de abril de 2007

Poema da noite

Não sei quantas almas tenho

Fernando Pessoa

Não sei quantas almas tenho.
Cada momento mudei.
Continuamente me estranho.
Nunca me vi nem achei.
De tanto ser, só tenho alma.
Quem tem alma não tem calma.
Quem vê é só o que vê,
Quem sente não é quem é,

Atento ao que sou e vejo,
Torno-me eles e não eu.
Cada meu sonho ou desejo
É do que nasce e não meu.

Sou minha própria paisagem,
Assisto à minha passagem,
Diverso, móbil e só,
Não sei sentir-me onde estou.

Por isso, alheio, vou lendo
Como páginas, meu ser.
O que segue não prevendo,
O que passou a esquecer.
Noto à margem do que li
O que julguei que senti.
Releio e digo: “Fui eu?”
Deus sabe, porque o escreveu.

Depois não sabem porque o setor aéreo é uma zona

Bruna Surfistinha vira questão de prova de concurso da ANAC






















Vejam que beleza. Na prova para a Agência Nacional de Aviação Civil, ANAC, a questão número 59, da prova de conhecimentos específicos, demonstra bem o que alguém precisa saber para trabalhar no orgão.
59 - A garota de programa Bruna Surfistinha tornou-se um dos maiores sucessos do mercado literário brasileiro, em 2005, com o livro:

a) A pessoa é para o que nasce
b) O doce veneno do escorpião
c) O céu de Suely
d) No quarto de um motel
e) Madame Satã

Do blog:C.A.S

VIOLÊNCIA

Angeli


Bolsa Família

O bolsa família tem mais impacto no nordeste

"O objetivo do Bolsa Família era reduzir a pobreza. Ele teve impacto em várias regiões, mas certamente o impacto dele não é tão importante quanto no Nordeste. Os custos de sobrevivência numa região metropolitana como São Paulo, por exemplo, são muito mais altos que no interior do país ou mesmo no Nordeste. O impacto do Bolsa Família não tem a mesma força em um lugar e no outro."
Da secretária-executiva do PAC Miriam Belchior, hoje.

[Cinema]

Filme produzido no RN terá pré-estréia em julho

A governadora do Rio Grande do Norte, Wilma de Faria (PSB), recebeu Sexta-Feira (20), em audiência, o cineasta Luiz Carlos Barreto, produtor do filme “O homem que desafiou o diabo”, gravado totalmente em território potiguar e baseado na obra “As pelejas de Ojuara”, do escritor norte-rio-grandense Ney Leandro de Castro. No encontro, Barreto informou que o filme está concluído, faltando apenas alguns detalhes, como a montagem da trilha sonora, para a pré-estréia nacional, que será em Natal, em julho.

Os números da violência



  • Só em 2003, ocorreram 2,7 milhões roubos no Brasil e outros 13,1 milhões de furtos.

  • Os assaltos renderam aos criminosos R$ 3 bilhões, enquanto os furtos lesaram os cidadãos brasileiros em R$ 5,4 bilhões.

  • Os dados são de levantamento feito pelo grupo de Estudos da Violência do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Prepare o Bolso

Reportagem do jornal Folha de S. Paulo deste domingo (22,04), mostra a grande possibilidade do governo Lula fazer mudanças tributárias para aumento de arrecadação. Segundo especialistas, as despesas da administração federal continuam em trajetória crescente, ao mesmo tempo em que uma série de tributos já deu sinais de esgotamento de sua capacidade.
Em outras palavras: prepare o bolso, porque o governo vai meter a mão ainda mais fundo para bancar o assistencialismo e o inchaço da máquina.

Mel Brasileiro

A união européia deve retomar importação de mel

A União Européia deve recomendar ainda neste semestre a suspensão do embargo ao mel brasileiro, informou ontem o Ministério da Agricultura. Relatório preliminar (draft report) da missão técnica do bloco comercial que esteve no País recomenda a revogação do embargo. “Mas a decisão não é definitiva, pois haverá uma reunião do comitê científico da UE e dos países membros para deliberar quanto ao retorno das importações de mel do Brasil”, esclareceu o coordenador de Controle de Resíduos e Contaminantes do Ministério da Agricultura, Leandro Feijó.

TB

A crueldade da Educação no Brasil

Em minhas leituras dominicais, encontrei hoje na revista educação um assunto pertinente. A desvalorização e a frustração do professor brasileiro.Como a revista tem acesso restrito a assinantes transcrevo:

"Foi o desânimo de ser professor"

Reflexo da Educação brasileira:
para recuperar a saúde
psíquica,Celsa teve de
abandonar a sala de aula

No documentário "Pro Dia Nascer Feliz", de João Jardim, uma professora de literatura conta que sofria de depressão em razão dos problemas enfrentados na escola. Celsa Pastorelli, 28 anos de idade, dez de profissão, é a docente em questão. Leciona há oito anos em uma escola estadual de Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo. Seu problema não é com a escola onde trabalha, que tem qualidade acima do padrão do ensino público brasileiro, mas com a crueldade da educação no Brasil. O que mais afetou sua saúde foi perceber que seu trabalho é cada vez mais desvalorizado e que não consegue tirar gente talentosa da pobreza em razão da falta de oportunidades. Afastada das funções de docente, Celsa conta, a seguir, sua experiência.


O que aconteceu com você?

O médico disse que meu problema era profissional. Foi uma depressão, e eu já estou em tratamento há cerca de quatro anos. Agora estou "readaptada": trabalho na secretaria e junto à coordenação da escola. Vou ficar fora da sala de aula por dois anos.

Por que ficou deprimida?

Foi frustração procurar sempre melhorar a aula e não ver interesse do aluno nem ter condições de trabalho. O professor, para ter uma vida mais digna, tem de trabalhar em várias escolas, dar aulas o dia inteiro e esquecer a vida pessoal. É aquela coisa de ver a sociedade do jeito que está, as condições de trabalho, tentar fazer algo, mas o resultado é demorado. Isso tudo se juntou num tipo de estresse.


Houve algum motivo específico?

Foi o desânimo de ser professor, de não ter apoio e de ser mal remunerado. Foi mais pelo problema social da educação, não que meus alunos fossem a causa. Trabalho em uma escola em que os índices de violência são bem baixos. Não temos alunos drogados, o que é comum nas outras escolas. Foi por ver alunos com talento sem oportunidades.

Houve problemas com indisciplina?

Sim, mas isso é comum até nas particulares. Acaba deixando a gente frustrada, pois você prepara a sua aula, com vontade de ensinar, e o aluno está desinteressado.


As coisas pioraram nesses dez anos de profissão?

Sim. A escola tem uma avaliação que é a progressão continuada em que é praticamente impossível reter o aluno. Então, passar o aluno que não sabe vai deixando o professor cada vez mais desestimulado. Não que a retenção seja uma punição, mas ele tem de saber que não estudar terá uma conseqüência. Ele só percebe isso depois que sai da escola. Temos vários alunos que, depois que terminam o terceiro ano do ensino médio, pedem para assistir às aulas.


Quando você identificou que algo estava errado?

Ficava freqüentemente doente, não comia, não dormia direito, tinha pesadelos, alguns espasmos e não ficava em lugar nenhum. Se estava em casa, não queria estar em casa, se estava na escola, não queria ficar na escola. Aí comecei a passar muito no médico, fiz vários exames e nunca dava nada. Depois de um tempo, ele me encaminhou para a psiquiatria.


Que tipo de transtorno foi diagnosticado?

No atestado vinha baixa tolerância à frustração, dificuldade de concentração e labirintite, pois não conseguia ficar em lugares com muito barulho. Lugares com muita gente falando ao mesmo tempo me davam um zumbido no ouvido e eu perdia o equilíbrio, às vezes desmaiava. Desenvolvi também a Síndrome do Pânico. Ver um monte de adolescentes era como ver um monte de assassinos juntos. O coração disparava e tinha falta de ar. Uma situação bem difícil de administrar.


Há muitos colegas na mesma situação?

Sim. Depois que você começa a terapia e fala dos problemas, as pessoas vêm conversar, dá para perceber que sentem exatamente aquilo que você estava sentindo. Arriscaria dizer que 50% dos problemas de saúde dos professores vêm do estresse e da depressão.

Você acha que as direções das escolas não estão preparadas para lidar com esse tipo de problema?

Acho que ninguém está preparado. Os pais também não estão preparados para serem pais. Os professores não estão preparados para lidar com esse tipo de aluno. O diretor, mesmo que tente fazer alguma coisa diferente, acaba esbarrando na lei.

Pretende voltar para a sala de aula?

Gostaria de trabalhar com projetos, mas acho que a sala de aula não dá mais para mim. Pelo menos enquanto não mudar essa situação que a gente tem na escola.


Para Pensar

"Em política, tudo o que tem de ser explicado já está ruim"
Antônio Carlos Magalhães

Charge

De Sponholz

Programa de Aceleração do Crescimento

O programa de Aceleração do Crescimento (PAC) completa hoje três meses, porém, dos R$ 15,8 bilhões em investimentos que foram prometidos para este ano, apenas R$ 818 milhões (5,2%) saíram efetivamente do papel. A ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, já admite que a execução do programa está muito aquém do que aquilo que era esperado pelo próprio governo.

Aborto e incoerências


É interessante observar como os que defendem à desciminalização do aborto usam certas frases emocionais incoerentes para justificar sua posição. Mostrarei um exemplo.
Na concepção do Dr. Aníbal Faúndes, autor do livro O drama do aborto em busca de um consenso, "Não há ninguém que ache o aborto bom. Mas a questão é: condenar a mulher vai resolver o problema?"

Concordo com o Dr. Aníbal, quando ele diz que o problema precisa ser resolvido, é louvável que procure soluções para resolvê-lo. Porém, interpreto ao ler a pergunta feita por ele é o seguinte: será que descriminalizando o aborto vai solucionar o problema do aborto?, não seria igual a querer descriminalizar o roubo numa tentativa de resolver o problema dos assaltos? Por esse raciocínio, poderia-se fazer a mesma pergunta do doutor para a questão dos bandidos: "Não há ninguém que ache o roubo bom. Mas a questão é: condenar o bandido vai resolver o problema?"

Solução para a criminalidade precoce

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva continua defendendo idéias simplistas para o complexo problema da violência no Brasil. Ele reiterou nesta sexta-feira ser contrário à redução da maioridade penal: “É mais barato ter transporte escolar do que transportar o Fernandinho Beira-Mar para cima e para baixo para depor”, sustentou o petista.

Lula foi ainda além, e declarou querer resolver o problema da criminalidade precoce apenas com “carinho”. “Não é possível imaginar que a gente vai apontar para esses jovens um bom caminho dizendo que ele pode ser castigado. Até porque, eu não conheço nenhum castigo que recuperou alguém. Essas crianças não estão precisando de uma lei mais dura contra elas, essas crianças estão precisando de um sonho, de uma palavra mágica chamada oportunidade, carinho e amor.”

sábado, 21 de abril de 2007

Células-Tronco



"Um estudo realizado com células-tronco no Amazonas pode virar referência nacional e ajudar no tratamento de pacientes portadores de insuficiência cardíaca em todo o Brasil. Essa é uma das promessas do Protocolo de Pesquisa com Células-Tronco em Pacientes com Cardiopatia Isquêmica, projeto da Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Fhemoam), em parceria com o grupo de cardiologia do Hospital Estadual Francisca Mendes".


Ontem o STF ouviu especialistas para discutir "quando a vida começa". Esta consulta é inédita e pode validar ou não a pesquisa com células-tronco embrionárias. Sua utilização, para fins terapêuticos, pode representar talvez a única esperança para o tratamento de inúmeras doenças (doenças cardiovasculares, neurodegenerativas, diabetes tipo-1, acidentes vasculares cerebrais, doenças hematológicas e nefropatias) ou para pacientes que sofreram lesões incapacitantes da medula espinhal que impedem seus movimentos.

"As células-tronco existem em vários tecidos humanos, no cordão umbilical e em células embrionárias na fase de blastócito. Pesquisas com células-tronco, porém, estão cerceadas pela desinformação ou por certas posições religiosas que vêem nelas um atentado contra a vida em vez de um recurso terapêutico que possibilitará salvar muitas vidas". (Dra. Mayana Zatz, professora de Genética Humana e Médica do Departamento de Biologia, Instituto de Biociências da Universidade São Paulo.

A ação direta de inconstitucionalidade, cujo resultado desta audiência está ligado, foi movida pelo procurador Fontenele, baseando-se numa equivocada questão moral. A Igreja, com sua histórica resiliência ao avanço do mundo, coloca a pesquisa no mesmo balaio que envolve a questão do aborto.

Vale a pena ler

Quem é mais rico ? O Brasil ou os EUA ?

Carta recebida por Alexandre Garcia( comentarista da rede Globo )
enviada por um amigo Americano.
Segue a carta:

" Caros amigos brasileiros e " ricaços "Vocês brasileiros pagam o dobro do que os americanos pagam pela água que consomem.Embora tenham água doce disponível , aproximadamente 25% da reserva mundial de água doce está no Brasil.Vocês brasileiros pagam 60% a mais nas tarifas de telefone e eletricidade . Embora 95% da produção de energia em seu país seja hidroelétrica ( mais barata e não poluente ) .Enquanto nós, pobres americanos, somente podemos pagar pela energia altamente poluente, produzidas por usinas termelétricas à base de carvão e petróleo e as perigosas usinas Nucleares. E por falar em petróleo...

Vocês brasileiros pagam o dobro pela gasolina, que ainda por cima é de má qualidade, que acabam com os motores dos carros, misturas para beneficiar os usineiros de álcool . Não dá para entender, seu país é quase auto-suficiente em produção de petróleo (75% é produzido aí) e ainda assim tem preços tão elevados. Aqui nos EUA nós defendemos com unhas e dentes o preço do combustível que está estabilizado a vários anos US$ 0,30 ou seja R$ 0,90 Obs: gasolina pura, sem mistura.

E por falar em carro...

Vocês brasileiros pagam R$ 40 mil por um carro que nos nos EUA pagamos R$ 20 mil. Vocês dão de presente para seu governo R$ 20 mil para gastar não se sabe com que e nem aonde, já que os serviços públicos no Brasil são um lixo perto dos serviços prestados pelo setor público nos EUA. Na Flórida, caros brasileiros, nós somos muito pobres; o governo estadual cobra apenas 2% de imposto sobre o valor agregado (equivalente ao ICMS no Brasil) , e mais 4% de imposto federal , o que dá um total de 6%.No Brasil vocês são muito ricos, já que afinal concordam em pagar 18% só de ICMS.

E já que falamos de impostos...

Eu não entendo porque vocês alegam serem pobres, se, afinal, vocês não se importam em pagar, além desse absurdo ICMS, mais PIS, CONFINS, CPMF, ISS, IPTU, IR, ITR e outras dezenas de impostos, taxas e contribuições, em geral com efeito cascata, de imposto sobre imposto, e ainda assim fazem festa em estádios de futebol e nas passarelas de Carnaval . Sinal de que não se incomodam com esse confisco maligno que o governo promove, lhes tirando 4 meses por ano de seu suado trabalho.
De acordo com estudos realizados, um brasileiro trabalha 4 meses por ano somente para pagar a carga tributária de impostos diretos e indiretos.

Segue...

Nós americanos lembramos que somos extremamente pobres, tanto que o governo isenta de pagar imposto de renda todos que ganham menos de US$ 3 mil dólares por mês (equivalente a R$ 9.300,00), enquanto aí no Brasil os assalariados devem viver muito bem, pois pagam imposto de renda todos que ganham a partir de R$ 1.200,00. Além disso, vocês tem desconto retido na fonte, ou seja, ainda antecipam o imposto para o governo, sem saber se vão ter renda até o final do ano. Aqui nos EUA nos declaramos o imposto de renda apenas no final do ano, e caso tenhamos tido renda, ai sim recolhemos o valor devido aos cofres públicos. Essa certeza nos bons resultados futuros torna o Brasil um país insuperável.

Aí no Brasil vocês pagam escolas e livros para seus filhos, porque afinal, devem nadar em dinheiro, e aqui nos EUA, nós, pobres de país americano, como não temos toda essa fortuna, mandamos nossos filhos para as excelentes escolas públicas com livros gratuitos. Vocês, ricaços do Brasil, quando tomam no banco um empréstimo pessoal, pagam POR MÊS o que nos pobres americanos pagamos POR ANO.

E por falar em pagamentos...

Caro amigo brasileiro, quando você me contou que pagou R$ 2,500.00 pelo seguro de seu carro, ai sim eu confirmei a minha tese: vocês são podres de rico!!!!!!!!Nós nunca poderíamos pagar tudo isso por um simples seguro de automóvel. Por meu carro grande e luxuoso, eu pago US$ 345,00. Quando você me disse que também paga R$ 1.700,00 de IPVA pelo seu carro, não tive mais dúvidas. Nós pagamos apenas US$ 15,00 de licenciamento anual, não importando qual tipo de veiculo seja. Afinal, quem é rico e quem é pobre ?

Aí no Brasil 20% da população economicamente ativa não trabalha. Aqui, não podemos nos dar ao luxo de sustentar além de 4% da população que esta desempregada.Não é mais rico quem pode sustentar mais gente que não trabalha ???

Comentários:

Caro leitor, estou sem argumentos para contestar esta realidade. Afinal, a moda nacional brasileira é a aparência. Cada vez mais vamos nos convencendo de que não é preciso ser, basta parecer ser. E, afinal, gastando muito, a gente aparenta ser rico. Realmente é difícil comparar esta grande nação chamada EUA que desde o seu descobrimento teve uma colonização de povoamento, com nosso país que foi colônia de exploração por mais de 300 anos, com nossas riquezas sendo enviadas para Portugal. E hoje ainda sofremos com essa exploração, só que dos próprios governantes que pilham e enviam nossas riquezas para suas contas bancárias em paraísos fiscais. E não fazemos nada para promover uma mudança radical de atitudes, conceitos e afirmação de nossa dignidade. Precisamos sair deste comodismo que estamos vivendo ou o sonho do País do futuro será apenas um ideal na boca dos demagogos que estão no poder.
Assina: Alexandre Garcia
CONCLUSÃO:" Não se trata de sermos um país rico, mas sim de uma República de BANANAS!!!!!!!!!!!!!!"

Blog do Prof. Ozamir Lima - Designer: Segundo Freitas