quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

VIOLÊNCIA INACEITÁVEL


Não poderia deixar de comentar o ataque de Israel à Faixa de Gaza, que já matou mais de 350 pessoas, inclusive muitas crianças.

A intolerância religiosa , o terrorismo e o radicalismo político são responsáveis pela morte de milhares de pessoas por todo o planeta.

Não posso deixar de me emocionar com as imagens que tenho visto na televisão. O mundo inteiro está condenando a violência do ataque israelense.

A foto aqui acima mostra um pai enterrando sua filha vítima do bombardeio israelense. É uma imagem chocante que marca o final de 2008.

Até quando isso vai continuar ?

" Receita de Ano Novo "

Estou postando este poema do saudoso Carlos Drummond de Andrade para desejar a você e à toda a sua família um Ano Novo repleto de paz e saúde, desejando que o ano que se aproxima seja o melhor ano de sua vida...



" Receita de Ano Novo "

Para você ganhar belíssimo Ano Novo cor do arco-íris,
ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido (mal vivido talvez ou sem sentido) para você ganhar um ano não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser;
novo até no coração das coisas menos percebidas (a começar pelo seu interior)
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia, se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens (planta recebe mensagens? passa telegramas?)
Não precisa fazer lista de boas intenções para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar arrependido pelas besteiras consumidas
nem parvamente acreditar que por decreto de esperança a partir de janeiro as coisas mudem e seja tudo claridade, recompensa, justiça entre os homens e as nações, liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, direitos respeitados, começando pelo direito augusto de viver.
Para ganhar um Ano Novo que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre.


- Carlos Drummond de Andrade –

FELIZ 2009!!!

Ozamir Lima

Delfim: "Lula é o único economista que presta no Brasil"

Para o economista Antônio Delfim Netto, ministro da Fazenda em tempos de chumbo e de milagre econômico, o que fará a diferença na economia do tão temido ano de 2009 é a sensibilidade do brasileiro. E, segundo o professor emérito da FEA-USP, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva é a encarnação do otimismo. 'Lula é o maior economista do Brasil', diz Delfim.

Alguns trechos do que disse Delfim em entrevista ao Estado de S.Paulo, publicada hoje:

''O Lula é o único economista que presta no Brasil porque é o único que está falando a verdade. A intuição dele mostra o seguinte: nós estamos interrompendo o circuito econômico porque, se você não comprar o carro, porque tem medo de ficar desempregado, é certo que você vai ficar desempregado, porque a Volkswagen não faz o carro por medo que não vai ter demanda. E o banqueiro, no final, que pensa que está salvo, ele também vai morrer junto com o sistema.''
Como o sr. mede a expectativa hoje?
O Lula, com todas as críticas... As pessoas ficam furiosas com o Lula. Porque há, na verdade, um preconceito enorme. A vantagem do Lula é não ter um curso superior.

É uma vantagem?


Sim, não é um prejuízo. Senão ele estava igualzinho aos de curso superior aí dizendo 'tá tudo perdido!, 'estamos perdidos!', ''sifu' para todos nós!'. Então, o que acontece? É uma atitude ingênua, mas que corresponde a uma realidade. O fator principal é restabelecer aquilo que é o cimento da sociedade, que é a confiança.

Em uma entrevista recente, o sr. afirmou que não fazia previsões para 2009...

O que você pode esperar do Brasil? Devido a essas condições, pode-se esperar uma situação um pouco melhor. Não adianta fazer editorial dizendo que o Lula é oportunista, que fala errado. Também ele não vai brigar por conta disso. E dizer que o Lula não conhece física quântica porque ele também prefere não saber física quântica. O que ele conhece é gente. Então, se quatro quintos do Nordeste e dois terços do Sul acreditam no Lula, é porque tem alguma coisa que funciona.

E quanto disso pode se refletir no crescimento do Brasil?


Qualquer número é um chute. A minha convicção é a seguinte: quando o Brasil cresce? Cresce quando cresce mais que o mundo.

Ele na telona

Ação! O diretor Fábio Barreto começará a rodar em 20 de janeiro seu filme sobre a vida de Lula.

As primeiras tomadas serão feitas em Caetés, ex-distrito de Garanhuns onde o presidente nasceu.

Prefeitos eleitos de 28 cidades não assumem amanhã

Em pelo menos 28 cidades brasileiras, os candidatos que obtiveram o maior número de votos nas urnas não assumirão as prefeituras. No lugar de seis deles, tomarão posse o segundo colocado. Em 19 cidades, serão convocadas novas eleições. E, em três locais, a situação ainda está indefinida: ontem, a dois dias da posse, a Justiça ainda não havia decidido se o vencedor assumiria o cargo ou não. O levantamento foi feito com base em informações referentes a 12 estados, prestadas por Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) e pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).(O Globo)

Rio de Janeiro tem vereador mais caro do Brasil

A Câmara Municipal do Rio tem o vereador mais caro das 26 capitais brasileiras. Cada um custará quase R$ 6 milhões em 2009. A capital fluminense paga também o maior salário: os 51 eleitos vão receber R$ 9.400 mensais, graças ao aumento de 7% aprovado há poucos dias. Na outra ponta, os 15 parlamentares de Macapá (AP) têm o menor custo individual, de R$ 678 mil por ano. E os 13 vereadores de Boa Vista, em Roraima, são os de menor salário: R$ 3.500.

Os números escondem mordomias e benefícios. É o caso do auxílio-paletó, de R$ 9 mil, que os 38 vereadores de Manaus recebem em janeiro. Eles têm ainda R$ 18 mil por mês para pagar 20 assessores e recebem, de quebra, um auxílio-bolsa (R$ 3 mil mensais), para custear o estudo de funcionários. Em Teresina (PI), os 23 vereadores não se conformam em ter 20 auxiliares cada, enquanto o presidente da Casa mantém 56 (R$ 46 mil).(Agência Estado)

MANCHETES DE HOJE

Jornal do Brasil
Fogos de guerra e paz

O Globo
Israel ignora pressões do mundo e descarta trégua

Estado de Minas
Faça a festa com a leitoa...Sonhe com a sorte grande...E reze para que eles tenham paz

Folha de S.Paulo
Cresce pressão mundial por trégua

O Estado de S.Paulo
Sob pressão, Israel estuda proposta de trégua em Gaza

Correio Braziliense
Mais uma morte nas costas do dono da Gol

Gazeta Mercantil
Sindicalistas querem prazo maior para seguro-desemprego

Diário do Nordeste
Ceará triplica investimentos

Zero Hora
Estréia um ano de reformas

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

[Vestibular] CICLO DE REVISÃO -UERN-2009


Para ampliar clique na imagem

sábado, 27 de dezembro de 2008

BOA NOITE, Mário Quintana

Bilhete

Se tu me amas, ama-me baixinho
Não o grites de cima dos telhados
Deixa em paz os passarinhos
Deixa em paz a mim!
Se me queres,
enfim,
tem de ser bem devagarinho, Amada,
que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...

FRASE DO DIA

“Ser político é ser amigo suficiente para poder romper, e inimigo não mais que o suficiente para poder reatar”.
(Adhemar de Barros)

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Feliz Natal para todos e uma sapatada na crise

Folha

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Governo garante: Não haverá mudança de leis trabalhistas

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou ontem que a melhor solução para impedir demissões é a realização de acordos entre trabalhadores, patrões e sindicatos. Essas negociações, segundo ele, permitiriam alternativas como férias coletivas ou suspensão de horas extras.

Em entrevista à TV Brasil, da Empresa Brasileira de Comunicação (EBC), Mantega negou que o governo esteja estudando flexibilizar a legislação trabalhista para manter o nível de emprego. "Não estamos estudando mudanças na CLT. Apostamos sim nas negociações feitas entre trabalhadores, patrões e sindicatos para impedir demissões", disse.

O ministro destacou ainda que a manutenção do emprego é o principal compromisso do governo para que o crescimento econômico tenha continuidade.

Mantega previu, durante a entrevista, que o País fechará 2008 e 2009 com a inflação dentro da meta fixada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). Na avaliação do ministro, a desaceleração da economia internacional e a queda dos preços das commodities no mercado internacional compensarão a alta do dólar e impedirão a alta da inflação no final do ano. "Vamos fechar o ano com a inflação dentro das metas e, no ano que vem, será ainda mais fácil cumprir a meta", disse Mantega.

O ministro não quis, no entanto, avaliar se a expectativa de queda na inflação abre espaço para um corte da taxa de juros pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central. Ele lembrou que a crise financeira internacional contribuiu para conter a expansão do crédito, o que deve impedir o aumento da inflação provocado pelo crescimento da demanda.

Sobre o crescimento da economia, Mantega reafirmou que a situação do Brasil ainda é melhor que em outros países do mundo. Na avaliação do ministro, mesmo com a desaceleração da economia, o país crescerá acima da média mundial. "Como a economia brasileira crescerá, aqui não haverá deflação, mas queda da inflação provocada pela retração da demanda", previu.

COMENTO:

Eu sou contra as mudanças de leis trabalhistas. Não posso concordar com um projeto de flexibilização que não oferece nenhuma garantia ao trabalhador. A proposta não cria mecanismos de controle da flexibilização, daí porque eu me posiciono contrariamente.

Obama fará juramento com bíblia usada por Lincoln


O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, usará em sua cerimônia de posse, em 20 de janeiro, a mesma Bíblia usada por Abraham Lincoln ao fazer o juramento para assumir o poder. Obama será o primeiro presidente desde Lincoln a usar essa Bíblia, que faz parte da coleção da Biblioteca do Congresso dos EUA, informou nesta terça-feira, 23, a comissão de posse.

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Chávez denuncia plano para assassinar Evo Morales


O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse que um plano para assassinar o presidente boliviano, Evo Morales, foi descoberto. Segundo Chávez, Morales telefonou para ele e disse que autoridades bolivianas haviam "descoberto um plano de assassinato". O líder venezuelano afirmou, durante uma transmissão de rádio no domingo, que não entraria em detalhes e que deixaria isso para os funcionários bolivianos.
Morales é um dos vários aliados de esquerda na América Latina que compartilham a posição venezuelana de antagonismo em relação aos Estados Unidos. Chávez disse que pediu a Morales que tomasse cuidado.

Morales tem enfrentado seguidos protestos de opositores, mas obteve uma vitória importante em um referendo para confirmar seu mandato, em agosto. (Tribuna da Imprensa)

ESPAÇO PARA PENSAR

Autumn in Prague

GAROTO DE 11 ANOS CANTARÁ PARA O PAPA

O programa Fantástico, da Rede Globo, apresentou ontem à noite o garoto cearense José Carlos Ferreira Neto (11). Ele um dos cantores do Coro da Capela Sistina, do Vaticano, e, nesta quarta-feira, estará cantando na Missa do Galo a ser celebrada pelo Papa Bento XVI.
José Carlos conseguiu integrar o coro, um dos mais antigos e respeitados do mundo, depois de uma rigorosa seleção que durou quase um ano. Durante os testes, nos 'vocalises', ele ultrapassou o limite de agudo exigido, graças a uma extensão vocal privilegiada", disse à BBC Brasil José Carlos Ferrari Júnior, pai do soprano.
A prova, realizada nas paróquias católicas por toda a Itália, contou ainda com testes de canto e percepção musical, além de exames de fonoaudiologia em busca de algum problema de dicção.
Nascido em Fortaleza (CE), "Neto", como o cantor é chamado em casa, se mudou com a família para Bari, na Itália, em 2006. O pai é regente de coral e pianista, e havia sido convidado para um intercâmbio no país. "Foi nesta época que percebi que meu filho tinha talento para ingressar no coral do Vaticano", conta Ferreira Júnior. "Preparamos um repertório de quatro músicas, em português, inglês, italiano e francês, para apresentar nos exames."

CELULAR

O Brasil deve fechar 2008 com 150 milhões de celulares. Esta é a expectativa da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), baseada no ritmo das vendas natalinas.Só em novembro útimo, bem antes das compras de fim de ano, foram vendidos mais de 2,5 milhões de aparelhos celulares, o que significou, conforme a Anatel, um incremento de 1,5 % se comparado a novembro do ano passado.

MANCHETES DE JORNAIS

Folha de S.Paulo
Obama amplia pacote para salvar emprego

O Estado de S.Paulo
Crise vai brecar crescimento da classe média

Jornal do Brasil
Rio recebe hoje Lula e Sarkozy

O Globo
Polícia ataca finanças do tráfico na Cidade de Deus

Gazeta Mercantil
Commodities lideram queda de preço dos produtos exportados

Valor Econômico
Lula e Sarkozy dão início hoje a ação estratégica

Correio Braziliense
Caixa reduz juros de 21 tipos de empréstimos

Estado de Minas
O que muda no jogo do poder na prefeitura

Zero Hora
Definição sobre novas vagas para vereadores fica para fevereiro

Folha de Pernambuco
Roubou carro e se deu mal

Jornal do Commercio
Professor já pode escolher notebook

Diário de Pernambuco
Caso Allison tem dia decisivo

sábado, 20 de dezembro de 2008

Lula critica PEC dos vereadores

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou a decisão do Congresso que criou 7.343 novas vagas de vereadores no País, durante café da manhã com jornalistas, no Palácio do Planalto. 'O senhor acha que são necessários?' foi perguntado a Lula, que respondeu de imediato: 'Não. Não são necessários. Não são 7,5 mil novos vereadores que vão resolver os problemas das cidades.' Em seguida, ele lembrou que a decisão foi tomada pelo Poder Legislativo e, a rigor, nem deveria fazer comentários sobre ela.

História: 20 de dezembro de 1963

Fundação da Contag (Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura), no bojo do 1º ascenso das lutas pela reforma agrária. O 1º presidente é Lindolfo Silva.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Cinco prefeitos e seus vices são diplomados em Apodi

A Justiça Eleitoral da comarca de Apodi diplomou na tarde de ontem prefeitos e seus respectivos vices, além de vereadores, de cinco municípios da região. A diplomação mais esperada era a da prefeita eleita de Apodi professora Gorete Pinto, primeira mulher a conduzir o município apodiense.

Juntamente com seu vice, Vandinho Marinho (PRB), Gorete Pinto (PMDB) foi eleita no último dia 5 de outubro pela Coligação "Unidos por Apodi" (PMDB/PRB/PMN/PP/PPS/DEM/PSDB). Bastante prestigiada por eleitores e correligionários, Gorete recebeu o diploma das mãos do juiz eleitoral da comarca doutor Patrício, que conduziu a solenidade de diplomação.

Gorete e Vandinho conquistaram a preferência de 51,23% dos eleitores nas urnas contra 48,77% do seu adversário professor Flaviano.

Além da prefeita eleita e do vice, os nove vereadores eleitos em 5 de outubro para a Câmara Municipal de Apodi também foram diplomados pelo juiz da 35ª Zona Eleitoral.

Logo após Gorete Pinto receber o seu diploma junto com o vice e os vereadores apodienses, foi a vez do prefeito eleito de Felipe Guerra, Braz Costa Neto ser diplomado frente a vários eleitores e correligionários. O vice-prefeito eleito Francisco Canindé também recebeu o diploma, seguido dos nove vereadores e suplentes no município.

Dando continuidade à solenidade, o juiz fez a entrega do diploma ao prefeito eleito de Itaú Edson Melo, juntamente com seu vice Airanildes Brasil, seguido pelos vereadores e suplentes da cidade.

Maria Bernadete foi a prefeita eleita seguinte a ser diplomada. Ela comandará o administrativo do município de Rodolfo Fernandes, juntamente com a vice Neide Nasário, que também recebeu o diploma na tarde de ontem seguida dos vereadores eleitos para o mandato 2009-2013.

Os últimos diplomados da tarde foram o prefeito eleito do município Severiano Melo, Silvestre Monteiro e o vice-prefeito Geraldo de Melo Freitas, além dos vereadores e os suplentes.

Antes de iniciar a entrega dos diplomas aos candidatos eleitos, o juiz eleitoral destacou a tranqüilidade com a qual transcorreu a votação no dia 5 de outubro, nas cinco cidades que são jurisdicionadas pela 35ª Zona Eleitoral. Ele frisou que a eleição foi uma das mais calmas registradas nos últimos anos.

Gazeta do Oeste

COMENTO:

Foram nestes políticos diplomados ontem que a população depositou a confiança em dias melhores para APODI, estes serão os representantes oficiais do povo à partir de janeiro, quando serão empossados. De quem assume o poder executivo espera-se pulso firme, dinamismo e principalmente respeito e tratamento igualitário para todos os cidadãos do nosso município, que a prefeita ponha em prática o que disse em seus pronunciamentos antes e depois da eleição. Dos vereadores, o povo de Apodi espera muito mais atuação; que não sejam tão inoperantes e improdutivos como aconteceu na atual legislatura.

Pesquisa aponta desigualdade social do Nordeste


A população pobre que vive na Região Nordeste é a que que está mais distante de vencer a barreira da linha da pobreza. A constatação faz parte do Mapa de Pobreza e Desigualdade, divulgada hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No Nordeste, a distância média dos pobres em relação ao parâmetro da linha de pobreza é de 28,6%. O índice é bastante superior à média nacional, de 10,7%. Por conta disso, a região é a que mais necessita de investimentos públicos que permitam a essa parcela de brasileiros superar a barreira da pobreza.

O mapa foi produzido pelo IBGE em parceria com o Banco Mundial com base nos dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares do período de 2002 a 2003 e do Censo 2000.

De acordo com o levantamento, mais uma vez é a Região Nordeste que se caracteriza pela severidade da pobreza mais intensa: 68,3% dos municípios tinham uma severidade maior do que 10%. Para esse indicador, a média do país foi de 30,9%. As demais regiões apresentaram os seguintes índices: Norte (33%); Centro-Oeste (19,1%); Sudeste (14,3%) e Sul (0,5%).
(Agência Brasil)

COMENTO:


O nordeste é uma região de desigualdades sociais profundas,produto de uma certa formação da sociedade e da forma excludente de distribuição de renda ao longo de sua história.Creio que o congresso nacional pode melhorar substancialmente os rumos da história da região nordeste, a partir do momento em que votar projetos de lei priorizando temas como educação pública para todos,saúde de qualidade e direitos sociais contemplando todos os brasileiros sem distinção por região.

STF GARANTE PISO NACIONAL DOS PROFESSORES

"O Supremo Tribunal Federal decidiu, nesta quarta-feira (17), que lei que instituiu o piso R$ 950 para os professores poderá entrar em vigor a partir de 1º de janeiro de 2009 e que o aumento do tempo de planejamento de aulas para 1/3 da carga horária de trabalho do professor, também previsto na norma lei, ficará suspenso. Por maioria, o STF rejeitou parcialmente o pedido de liminar por meio do qual cinco Estados pretendiam suspender a entrada em vigor do piso. Governadores de Mato Grosso do Sul, do Paraná, de Santa Catarina, do Rio Grande do Sul e do Ceará ajuizaram Adin (ação direta de inconstitucionalidade) contra dispositivos da lei que define novas regras para o magistério e unifica no país a remuneração inicial dos professores de escolas públicas da educação básica. Os argumentos apresentados pelos estados contra a classificação do piso como vencimento básico e o aumento do tempo de planejamento de aulas não sensibilizaram o ministro relator, Joaquim Barbosa. Ele ressaltou que a lei permitirá que até 31 de dezembro de 2009 o piso incorpore vantagens pecuniárias, numa espécie de período de maturação para os estados .
Barbosa definiu como "justas expectativas" a ansiedade dos professores pelo aumento salarial."Não é crível presumir que os estados se oponham à melhoria das condições educacionais", disse Barbosa. "Há estados que já se enquadravam no piso e outros terão que reformular a estrutura de suas carreiras de magistério, podendo adotar o entendimento de que o piso compreende não só o salário básico, como as vantagens e adicionais", acrescentou.O relator deixou claro em seu voto que a aplicação do piso não poderá ter feitos retroativos e que as previsões da lei serão progressivamente implementadas no próximo ano. O ministro Carlos Ayres Britto seguiu integralmente Barbosa. "Não se pode falar em valorização da educação no país sem a instituição de um piso digno para os professores", disse Britto.A maioria dos ministros seguiu em parte o relator e a liminar foi deferida em relação ao aumento do tempo de planejamento das aulas. Prevaleceu o entendimento de que este é um tema sujeito a especificidades em cada estado e exige uma discussão de mérito mais aprofundada. "

(Folha Online)

COMENTO:

A valorização da profissão de professor, assim como outras são essenciais, entendo ser legítimo o STF se envolver para solucionar a questão salarial dos professores,pois o órgão existe justamente para exigir o cumprimento das leis pelos governantes, o que eu não consigo entender é como os governadores que entraram com a ação de inconstitucionalidade não conseguem ter o mínimo de comprometimento com a integridade,a justiça e o bem-estar social;interpretaram a lei do piso como quase sempre fazem,tão-somente, de acordo com seus sórdidos interesses; Não haveria a necessidade da ação do STF se eles tivessem o entendimento de que a prosperidade de uma nação está atrelada a uma boa educação, que, para tanto, depende da valorização do ensino (leia-se, dos professores) com um salário digno.

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

FRASE DO DIA

"Tenho certeza de que vou fazer a minha sucessão",
Lula.

CCJ da Câmara aprova fim da reeleição

A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara aprovou hoje o parecer do deputado João Paulo Cunha (PT-SP) recomendando o fim da reeleição para titulares dos Executivos federal, estadual e municipal.

A comissão retirou do texto três PECs (propostas de emenda constitucional) que abriam brecha para reeleições sucessivas do chefe do Poder Executivo.

O texto de Cunha propõe a extensão dos mandatos do presidente da República, governadores e prefeitos para cinco anos, ao invés dos atuais quatro anos, sem que possam permanecer nos cargos por dois mandatos consecutivos.

Como a CCJ analisa somente a admissibilidade das PECs (se ferem ou não a Constituição), o debate sobre um eventual terceiro mandato de Lula se dará na Comissão Especial da Câmara que será criada para discutir o texto de Cunha --para onde segue o parecer.

O parecer de Cunha reúne várias propostas que tramitam na Câmara sobre modificações nos mandatos políticos. A oposição conseguiu aprovar destaque que retira as três PECs do grupo de propostas reunidas no parecer de Cunha. As três retiram a regra constitucional que regulamenta a reeleição --o que, segundo o DEM, permite reeleições sucessivas para o chefe do Executivo.
(Folha Online)

COMENTO:

Defendo o fim da reeleição,pois no Brasil os políticos se elegem já pensando em serem reeleitos,o que não pode ser considerado sério.O instituto da reeleição deve ser adotado em países que tem projetos sociais para seu povo.Decretar o fim da reeleição é importante para diminuir o abuso do poder econômico,o risco de uso da máquina pública e dos cofres públicos pelos candidatos que querem ser reeleitos.A maioria dos Gestores sentam na cadeira no primeiro dia de mandato como candidato e não como presidente,governador ou prefeito.

TSE PREOCUPADO COM PEC QUE AUMENTA NÚMERO DE VEREADORES

"O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Carlos Ayres Britto, disse nesta terça-feira (16), por meio de sua assessoria de imprensa, estar preocupado com a Proposta de Emenda a Constituição que propõe o aumento do número de vereadores nas Câmaras Municipais do país.A “PEC dos Vereadores” foi aprovada em maio na Câmara e, na última quarta (10), na Comissão de Constituição e Justiça do Senado. A PEC está prevista para ser votada ainda esta semana no plenário do Senado.“Mantenho a preocupação externada quando da tramitação da proposta de emenda constitucional na Câmara. O TSE já assentou que alterações no número de cadeira de vereadores só podem valer para o mesmo ano se forem aprovadas até 30 de junho, o prazo final para as convenções partidárias”, disse o ministro Ayres Britto, por meio de sua assessoria.A proposta altera o número de vereadores e institui 24 faixas de composição das câmaras de vereadores, com objetivo de dar maior representatividade aos habitantes. A primeira faixa fixa o número de nove vereadores para o município de até 15 mil habitantes. A última faixa determina o número máximo de 55 vereadores para municípios com mais de oito milhões de habitantes."
*Do TSE

COMENTO:

É inconcebível,um verdadeiro absurdo,pois em quase todas as cidades os vereadores não produzem praticamente nada,só legislam em causa própria.Em Apodi não é diferente.É uma pena que a população pague por tudo isso, é lamentável e vergonhoso,o congresso atual antes de aumentar o número de vereadores deveria fazer uma discussão mais ampla,como a reforma politíca.O que os nossos parlamentares precisam é trabalhar com seriedade para tentar melhorar a imagem deles perante a opinião pública e mostrar serviço de forma concreta para beneficiar a população com propostas reais.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Aprovação de Lula bate novo recorde

A aprovação ao governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva bateu novo recorde e superou a avaliação positiva do ex-presidente José Sarney, em setembro 1986, informou a pesquisa CNI/Ibope. É o segundo levantamento que sai nesta segunda-feira, 15, e mostra a popularidade de Lula em alta. Segundo levantamento, 73% dos entrevistados consideram o governo Lula ótimo e bom, 4 pontos a mais em relação ao levantamento anterior, em setembro deste ano, que foi de 69%. A aprovação pessoal a Lula chegou a 84%, também recorde.
Entre os que consideram o governo do presidente regular o índice registrado foi de 20%. Outros 6% avaliaram que o governo é ruim ou péssimo. O Ibope ouviu 2,2 mil pessoas em 141 municípios entre os dias 5 e 8 deste mês. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos.

Em relação a avaliação pessoal do presidente, 14% disseram que desaprovam pessoalmente Lula e outros 2% não souberam ou não quiseram opinar. No intervalo de três meses a aprovação pessoal de Lula cresceu 4 pontos. Já a desaprovação recuou 3 pontos.

Segundo a pesquisa, o crescimento da aprovação pessoal de Lula ocorreu em quase todos os segmentos, com destaque para o grupo que ganha entre 5 e 10 salários mínimos mensais e a região Sudeste. No Nordeste, o resultado positivo chega a 94%, e na faixa de renda de até um salário mínimo registra 91% de aprovação.(Estadão Online)

Atirador de sapatos fica famoso e é homenageado






O jornalista iraquiano Muntazer al-Zaidi, de 29 anos, que ganhou fama no domingo ao lançar sapatos contra o presidente George W. Bush, foi homenageado pela sua bravura.

O grupo de caridade da Líbia Wa Attassimou, comandado pela filha do líder do país, Muammar Gaddafi, decidiu conceder a Al-Zaidi o prêmio de coragem, por achar que a atitude do jornalista representa uma vitória para os direitos humanos em todo o mundo. A instituição também pediu ao governo iraquiano que liberte o repórter, e considera que as autoridades do país também devem enobrecer o jornalista.



Mas de acordo com Yasin Majeed, conselheiro de mídia do primeiro-ministro do Iraque, Nuri al-Maliki, Al-Zaidi será processado por insultar o Estado iraquiano.

Segundo a Reuters, as imagens do incidente, que foi considerado um ato furioso contra as atitudes de Bush no Oriente Médio, foram repetidas várias vezes, em redes de tv árabes e iraquianas.

O ato do jornalista foi premeditado, segundo seus colegas de trabalho. Eles disseram que Zaidi detesta os Estados Unidos e o presidente americano há tempos.

(De O DIA


domingo, 14 de dezembro de 2008

Proposta é acordar potencial adormecido

Por cézar Alves

Nesta semana, em Brasília, o Congresso Nacional aprovou a criação da Zona de Processamento e Exportação (ZPE do Sertão) de Assu. Mas em que essa decisão dos senadores pode contribuir se vier a ser aprovada na Câmara, com o desenvolvimento ou não de Assu e outras 40 cidades do Oeste Potiguar? A proposta é explorar as potencialidades adormecidas dos municípios, de forma sustentável.


A reposta é do especialista em desenvolvimento regional Brian Tipler, consultor inglês que foi contratado pelo prefeito de Assu, Ronaldo Soares, para identificar as potencialidades econômicas, ambientais, hídricas e sociais da região Oeste do Estado. O resultado do estudo contribuiu com a formatação do projeto de implantação da ZPE do Sertão.


Segundo o especialista, ZPE do Sertão nada mais é do que uma região dotada de mecanismos de produção socialmente e ambientalmente sustentável. Nesta mesma região, as instituições de governo oferecem incentivos fiscais às empresas e providencia capacitação de mão-de-obra, estrutura adequada de saúde, educação e outros mecanismos que contribuem com vida social saudável.


No estudo de Brian Tipler, que foi entregue ano passado ao prefeito Ronaldo Soares, de Assu, mostra o grande potencial econômico de Macau, na produção de sal e petróleo. Em Pendências, destaca-se a produção de camarão e tilápia em cativeiro. Em Alto do Rodrigues, Carnaubais, Assu e Ipanguaçu, o destaque é a produção de frutas no sistema irrigado.


Em Afonso Bezerra, se destaca a produção de granito. Em São Rafael, é pedra de mármore. Em vários municípios do Oeste, Seridó e Lajes, o destaque é a xelita. Em Jucurutu existe uma grande reserva de minério de ferro, que já está sendo explorada. Em Serra do Mel, a riqueza vem da castanha e do caju. Na região de Mossoró, a riqueza vem da agricultura, calcário, petróleo, entre outros produtos.


Outro grande potencial destacado no estudo é o hídrico. As barragens de Santa Cruz, em Apodi; Umari, em Upanema; e Armando Ribeiro Gonçalves, em Assu, representam uma reserva hídrica superior a 3 bilhões de metros cúbicos de água. A região também é dotada do açude de médio porte, como o Mendubim, Lagoa do Piató, Pataxó, no Vale do Açu; Itans, Dourado e Gargalheiras, no Seridó; Barragem de Pau dos Ferros, Açude de Lucrécia, Umarizal e Patu, no médio/alto oeste.


E todo esse potencial, conforme o estudo que cristalizou a ZPE do Sertão, aponta que é pouco ou quase nada aproveitado. É o caso do granito em Afonso Bezerra e do grande potencial hídrico da região. E segundo Brian Tipler, esse potencial não é explorado com mais força e sustentabilidade porque faltam políticas de governo para estruturar a educação, capacitação de mão-de-obra, melhorar a saúde, recuperar e ampliar as estradas, construir portos e ferrovias para interligar as regiões produtivas e permitir a escoação.

COMENTO:

A Zona de Processamento de Exportação do sertão (ZPE) torna-se prioridade para o desenvolvimento dos municípios.servirá de instrumento estratégico para atrair investimento e tecnologia e, em conseqüência, para gerar empregos no Estado.As perspectivas são promissoras, a partir de agora é necessário o empenho e união dos prefeitos, no sentido de procurar viabilizar recursos para promover o desenvolvimento econômico de seu município.

Embora o projeto ainda precise passar pela câmara é quase certa a sua aprovação.

sábado, 13 de dezembro de 2008

DOLOROSA VERDADE

"...No caso brasileiro, por mais dolorosa seja a assunção dessa verdade, os pobres e miseráveis são vistos, da mesma forma que os judeus, muçulmanos, negros e ciganos, na Europa racista, como pertencentes a uma outra etnia. Não têm a mesma natureza do reduzido grupo dos milionários, nem da classe média ascendente, em muitos aspectos, mais preconceituosa do que os ricos. A sua presença ameaça, quando vão para o trabalho, malvestidos; quando vagam em busca do que viver, ou se amontoam, como mandruvás, sob as marquises dos majestosos e arrogantes edifícios das metrópoles..."


"...no fundo, as guerras entre as favelas, da mesma forma que as guerras tribais na África, são vistas, pela sociedade bem-estante, como forma de eliminar os inimigos potenciais..."
(Mauro Santayana, Jornal do Brasil, 11/12/2008)

CONVERSA SOBRE DIVISÃO


[Sacanagem] O QUE ROLA NA NET


A Veja precisa ser revista

Há uma certa ambigüidade intencional no título, uma certa porção do veneno muito parecido com o que ela usa para atacar seus desafetos.


A Veja foi fundada em 1968 pelo jornalista italiano radicado no Brasil, Victor Civita, e contou com a preciosa colaboração do também jornalista italiano, Mino Carta, à frente do projeto durante os primeiros anos áureos de sua criação, até ser demitido por confrangimento do ministro Armando Falcão, que pediu sua cabeça em troca de um empréstimo de US$ 50 milhões feito à Caixa Econômica Federal pela família Civita, para saudar dívidas contraídas na criação da maior Editora da América do Sul. (Fonte: Mino Carta)

Por conta desse empréstimo, o semanário que durante os seus primeiros anos de criação praticou um jornalismo verdadeiro, ético e imparcial, passou a ser objeto de serventia dos militares e seus colaboradores.

O padrão jornalístico da revista teve uma queda substancial após a saída de Mino Carta, no finalzinho do regime militar. Entretanto, após a fundação do PT e o crescimento das esquerdas na América do Sul, foi que ela chegou aos níveis intoleráveis de mediocridade de hoje.

A Veja precisa ser revista, desde o seu projeto gráfico até o corpo administrativo e editorial. E cabeças de burro precisam rolar antes que ela amargue maiores prejuízos, a começar pelos péssimos jornalistas e articulistas como os da qualidade de Diogo Mainardi e Reinaldo Azevedo, gargantas de aluguel dos interesses escusos dos Civitas e da direita raivosa.

Hoje, as matérias da revista se contrapõem às ilustrações luxuosas de seus anunciantes, causando mal-estar aos leitores mais sensíveis. leia alguns depoimentos de personalidades vítimas de suas mentiras:

"A imagem projetada na revista VEJA sobre minha vida no exílio, me apresentando como um estancieiro rico, alheio aos problemas da pátria, não reflete a realidade"- João Goulart, em entrevista à Revista Veja, em 1971

"A revista Veja que diz que 'apura e denuncia tudo que prejudica o Brasil e os brasileiros', precisa urgentemente publicar a venda das ações da Editora Abril para empresa sul-africana Nasper, conglomerado de comunicação racista que sustentou o “apartheid” na África do Sul e que cedeu três de seus diretores para dirigir a África do Sul segregacionista." - Renan Calheiros, referindo-se à venda das ações da Editora Abril ao grupo Naspers.

"O maior fenômeno de anti-jornalismo dos últimos anos foi o que ocorreu com a revista Veja. Gradativamente, o maior semanário brasileiro foi se transformando em um pasquim sem compromisso com o jornalismo, recorrendo a ataques desqualificadores contra quem atravessasse seu caminho, envolvendo-se em guerras comerciais e aceitando que suas páginas e sites abrigassem matérias e colunas do mais puro esgoto jornalístico." - O Caso Veja, de Luis Nassif.

"Na ocasião, o comportamento de Victor e Roberto Civita foi o pior possível, o mais covarde, velhaco, sorrateiro e mesquinho. Não foi, contudo, uma surpresa. A censura saiu de Veja, a Abril ganhou seu empréstimo e eu pude afirmar que custei muito além de trinta dinheiros." - Mino Carta.
C.medeiros

COCHILO À TARDE É MELHOR QUE XÍCARA DE CAFÉ PARA MELHORAR DESEMPENHO

Uma xícara de café forte pode fazer você se sentir bem desperto, mas um pequeno estudo sugere que, para um melhor desempenho físico e mental, um cochilo à tarde é mais eficaz.


Cientistas passaram uma manhã treinando 61 pessoas em tarefas motoras, perceptivas e verbais: tocar um teclado em uma seqüência específica, distinguir formas em uma tela de computador e memorizar uma lista de palavras. Então, os cientistas aleatoriamente dividiram os participantes em três grupos. O primeiro tirou um cochilo à tarde, entre as 13h e as 15h. Às três da tarde, o segundo grupo tomou uma pílula de 200 miligramas de cafeína. O terceiro grupo tomou um placebo. Os participantes repetiram as tarefas que haviam sido ensinadas anteriormente e foram avaliados por pesquisadores que não sabiam a qual grupo as pessoas pertenciam.



Aqueles que tomaram cafeína tiveram habilidades motoras piores do que aqueles que cochilaram ou tomaram o placebo. Na tarefa de percepção, os que repousaram tiveram desempenho significativamente melhor do que o grupo da cafeína e o do placebo. No teste verbal, os participantes que tiraram um cochilo foram os melhores com uma ampla margem, e os que tomaram cafeína não tiveram desempenho melhor que o grupo do placebo. Apesar do desempenho inferior, os que tomaram cafeína relataram freqüentemente menos sonolência do que os outros.



"As pessoas acreditam ficar mais espertas com a cafeína", afirmou Sara C. Mednick, professora assistente de psiquiatria da Universidade da Califórnia, em San Diego, e autora responsável pelo estudo, publicado na edição de 3 de novembro do "Behavioral Brain Research". "Mas esse estudo é um forte argumento a favor do cochilo em vez da xícara de café", completou a pesquisadora. (Fonte: G1)

Aquecimento ameaça 18% da produtividade rural no Brasil, diz Bird

O Brasil vai perder 18% da sua produtividade agrícola até 2050 em conseqüência do aquecimento global, de acordo com um relatório do Banco Mundial (Bird) divulgado nesta quarta-feira na reunião das Nações Unidas sobre mudanças climáticas em Poznan, na Polônia.

No estudo entitulado “Baixas Emissões de Carbono, Alto Crescimento”, os pesquisadores listam os efeitos do aquecimento global sobre os países da América Latina e do Caribe e apresentam recomendações para reduzir os impactos negativos.


A queda de 18% na produtividade, prevista pelo modelo de computação usado pelos economistas, poderia aumentar a pobreza nas zonas rurais brasileiras entre 2% e 3,2%, dependendo da possibilidade de migração das famílias afetadas.


Pelo lado positivo, o Banco Mundial também destaca que, caso invista em mudanças, “a região pode liderar os países de renda média na redução das emissões de carbono causadas pelo desmatamento, no desenvolvimento de energia hidrelétrica, na ampliação da eficiência energética e na reforma do transporte urbano”.


“Essa abordagem poderia apoiar simultaneamente a recuperação econômica e estimular o crescimento nas áreas que atenuam o impacto das mudanças climáticas”, afirmou Pamela Cox, vice-presidente do Banco Mundial para a América Latina e o Caribe.
FONTE:BBC

Ciro: "Brasil quebrou com FHC. Não quebrará com Lula"


Presente ao encontro dos prefeitos e vice-prefeitos do PSB no Recife, o deputado federal Ciro Gomes comentou o pacote do governo federal e voltou a defender o presidente Lula. 'Durante todos os ciclos de contração da liquidez internacional, o Brasil quebrou. Só no governo Fernando Henrique Cardoso, foram três vezes. Mas o país não vai quebrar graças ao Lula', disse.

O socialista, porém, deixou claro que vê com certa desconfiança algumas medidas tomadas pelo presidente e sua equipe econômica. 'A renuncia fiscal só faz sentido se vier com um olho no gato e outro no peixe. Desonerar o IPI sobre os automóveis é um providência que termina por desfinanciar estados e municípios. A soma das renúncias chega a aproximadamente R$ 10 bilhões e o peso desse dinheiro vai cair em alguma lugar', alertou.

Diario de Pernambuco

AI-5 é ignorado por 82% dos brasileiros, segundo pesquisa


General Costa e Silva editou um dos mais cruéis atos institucionais do regime

Editado há 40 anos pelo general Costa e Silva, o AI-5, o principal símbolo da ditadura militar, é totalmente ignorado por 82% dos brasileiros a partir dos 16 anos. E, dos 18% que ouviram falar algo sobre ele, apenas um terço (32%) respondeu corretamente que a sigla se referia ao Ato Institucional nº 5.

Editado em 13 de dezembro de 1968 pelo então presidente, o general Costa e Silva, o AI-5 autorizava o Executivo a fechar o Congresso, cassar mandatos, demitir e aposentar funcionários de todos os poderes. O governo podia legislar sobre tudo, e suas decisões não podiam ser contestadas judicialmente. Em dez anos, o AI-5 serviu de base para a cassação de mais de cem congressistas. A censura atingiu cerca de 500 filmes, 450 peças, 200 livros e 500 canções.

Passados quase 30 anos de sua extinção, a lembrança do AI-5 vem se desvanecendo. Como observa o cientista político Marcus Figueiredo, do Iuperj, isso resulta do fato de que boa parte da população nasceu após 1968: "O fato tem 40 anos e não faz parte do calendário das datas nacionais". Mas mesmo no estrato de pessoas com 60 anos ou mais (indivíduos que tinham ao menos 20 anos quando o AI-5 foi editado), só 26% dizem ter ouvido falar dele.

O conhecimento sobre o AI-5 cresce à medida que avança a escolaridade formal. Só 8% das pessoas com ensino fundamental ouviram falar do AI-5. A taxa sobe para 53% entre quem tem nível superior, mas só 12% desse grupo se diz bem informado.

Fonte: FOLHA

PROTÓGENES: A PF NÃO QUER MAIS MEXER COM PEIXE GRAÚDO

"Alçado à condição de símbolo da luta contra a corrupção no Brasil após ser afastado do comando da Operação Satiagraha, o delegado da Polícia Federal Protógenes Queiroz afirma que atualmente seus colegas de corporação evitam participar de missões com elevada carga de complexidade com receio de sofrer represálias. “Não querem mexer com peixe graúdo. Definitivamente, não”, admite Protógenes. “Hoje paira um estado de letargia, um estado de desconfiança no seio da classe da Polícia Federal”, revela o delegado em entrevista exclusiva ao Congresso em Foco. Coordenada por Protógenes, a Satiagraha investigou um bilionário esquema de crimes financeiros. Entre os presos na operação, que foram soltos por determinação judicial, estão o banqueiro Daniel Dantas, dono do Grupo Opportunity, o investidor Naji Nahas e o ex-prefeito de São Paulo Celso Pitta.
“Já ouvi vários relatos de colegas dentro da Polícia Federal, falando que hoje eles estão apenas na condição de servidor público federal, de quererem cumprir apenas o horário preestabelecido para desenvolver sua atividade, sem se envolver em nenhum ato complexo que venha a causar algum prejuízo profissional para si próprio e para sua família, a exemplo do que ocorreu comigo”, afirmou o delegado, que teve seu próprio apartamento vasculhado por policiais após ser afastado do comando da Satiagraha. Para ele, a operação policial provocou uma "crise institucional no país". "O que se discutia há alguns meses era restringir a atividade policial, a atividade do Ministério Público e até mesmo da magistratura."
Do Congresso em Foco, leia matéria e entrevista com Protógenes aqui.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

” CORDEL - INVERSÃO DE VALORES ”

” NUNCA VI NA MINHA VIDA

DELEGADO SER PUNIDO

PORQUE PRENDEU GENTE POBRE

NADA OBSTANTE BANDIDO

MAS COM RICO ACONTECEU

DEPOIS QUE SE REVERTEU

CASO SÉRIO EM ALARIDO

NA OPERAÇÃO SATIAGRAHA

DA POLÍCIA FEDERAL

PRENDERAM UM PEIXE GRAUDO

UM MENSAGEIRO DO MAL

O MUNDO QUASE ACABOU

E O HOMEM QUE INVESTIGOU

É O ÚNICO MARGINAL

QUEM ANTES ERA ACUSADO

HOJE ACUSA O DELEGADO

GANHOU SÚMULA VINCULANTE

PRA NÃO SER MAIS ALGEMADO

ESTOU PAGANDO PRA VER

O “TER” SUPLANTANDO O “SER”

NESSE CASO MAL CONTADO

PESA SOBRE O DELEGADO

CRIME DE USURPAÇÃO

VIOLAÇÃO DE SIGILO

E DE PREVARICAÇÃO

SÓ FALTA AGORA ACUSÁ-LO

QUE TUDO QUE AQUI FALO

É DELE EM INSPIRAÇÃO

NESSA INVERSÃO DE CONDUTA

JÁ VEJO DOIS CONDENADOS

O JUIZ, FAUSTO DE SANCTIS

E PROTÓGENES, O DELEGADO

VEZ QUE O ASTUTO BANQUEIRO

VAI GASTAR UM BOM DINHEIRO

MAS NÃO VAI SER ENJAULADO

TUDO INDICA QUE PROTÓGENES

É O PRIMEIRO CULPADO

JUNTO COM O JUIZ DE SANCTIS

DEVE SER SACRIFICADO

ATÉ POR QUE DANIEL

SÓ NÃO VAI ENTRAR NO CÉU

MAS VAI SER CANONIZADO

A JUSTIÇA, EMBORA CEGA

ENXERGOU ARGUEIRO EM RICO

SOPROU O OLHO DO MAL

TIROU TUDO QUANTO É CISCO

O SUPREMO DECIDIU A FAVOR DO BOM LADRÃO

MAS UM VOTO DE RAZÃO ECOOU LÁ POVÃO

O MINISTRO MARCO AURÉLIO FOI A ÚNICA DISSENSÃO

MAS O ESPÍRITO DE CORPO COROU ATÉ QUEM TÁ MORTO

DE TANTA DECEPÇÃO. “
Autor:
Estes versos de cordel foram produzidos pelo Promotor Eleitoral da cidade de Russas-Ceará,tem como tema o episódio da operação satiagraha envolvendo o banqueiro Daniel Dantas e o delegado Protógenes Queiroz.

Crise? que crise!!!

Rola na Net

CALA A BOCA, FHC!


Li na agência carta e reproduzo aqui originalmente:

Quem disse: “ A globalização é o novo Renascimento da humanidade.”

Quem disse: “Quem acabou com a inflação, vai acabar com o desemprego.”


Quem disse: “Esqueçam o que eu escrevi.”

Quem disse: “Vou virar a página do getulismo.”

Quem disse, no último comício de Alckmin, no segundo turno, com a camisa fora da calça, desesperado: “Lula, você acabou, você morreu.”

Quem disse: “O Estado brasileiro gasta muito e gasta mal” e entregou o Estado com a dívida pública 11 vezes maior.Quem disse: “Eu tenho um pé na cozinha” e depois de terminado o mandato, cinicamente acrescentou: “na cozinha francesa”.

Quem quebrou a economia brasileira três vezes e na última, em 1999, subiu a taxa de juros para 49%?Quem reprimiu e tentou criminalizar os movimentos sociais?

Quem fez a Petrobras mudar de nome para Petrobrax, para tentar privatizá-la. Quem vendeu 1/3 das ações da Petrobras nas bolsas de valores de Nova York e de São Paulo? Quem quebrou o monopólio estatal do petróleo no Brasil?

Quem comprou votos de parlamentares para mudar a Constituição e conseguir um segundo mandato?

Quem aumentou como nunca o trabalho precário no Brasil?

Quem entregou o patrimônio público a preço de banana aos grandes capitais privados nacionais e internacionais, depois de sanear empresas públicas com dinheiro do BNDES e financiar essa transferência com juros subsidiados, no maior caso de corrupção da história brasileira.

Quem disse que os trabalhadores brasileiros são preguiçosos?


Quem disse que o Brasil tem vários milhões de pessoas “inimpregáveis”?

Quem sumiu o Brasil na longa recessão a partir de 1999, que só foi superada no governo Lula?

Quem quase liquidou o Mercosul com suas idéias de livre comércio e de prioridade de comércio com os países do norte?

Quem promoveu a mais ampla privatização da educação no Brasil?

Quem fracassou e teve seu governo largamente rejeitado quando seu candidato foi derrotado em 2002?

Quem não conseguiu nem que o candidato do seu partido defendesse seu governo nas eleições de 2006?

Quem é o político atualmente mais rejeitado pelo povo brasileiro, como tendo sido o presidente dos ricos?

Quem tinha o apoio de 18% dos brasileiros a esta altura do mandato, quando Lula tem 80% de apoio e 8% de rejeição.

Quem disse e fez tudo isso, FHC, deve calar a boca para sempre. O povo o rejeitou, o Brasil o rejeitou, democraticamente.

CALA A BOCA, FHC!

Você sabia que em relação ao PIB, o Brasil é o único a crescer entre os 20 maiores do mundo?

Com expansão 0,6 ponto percentual maior que a do segundo trimestre (de 6,2% para 6,8%), o Brasil foi o único entre as 20 maiores economias (a Turquia divulgará seus dados na semana que vem) que teve avanço maior de julho a setembro do que nos três meses anteriores.


Os Estados Unidos, a maior economia mundial, passaram de avanço de 2,1% no segundo trimestre para 0,7% no terceiro, e o Japão, a segunda maior, nesse mesmo período, saiu de um avanço de 0,7% para uma contração de 0,5%, sempre fazendo a comparação com o mesmo período de 2007.


Em relação ao trimestre imediatamente anterior, a economia japonesa está em recessão (teve dois trimestres consecutivos de retração), e os EUA se contraíram de julho a setembro – o país está oficialmente em recessão desde dezembro de 2007, segundo os critérios da National Bureau of Economic Research, que considera outros indicadores além do PIB.


Um cenário parecido já tinha acontecido entre abril e junho. Na ocasião, só Brasil, México e Indonésia cresceram mais no segundo trimestre do que no período de janeiro a março – levando em conta os 20 maiores PIBs do mundo. Mas a Indonésia se desacelerou de 6,4% no segundo trimestre para 6,1% nos três meses seguintes, e o México teve o seu menor avanço em cinco anos, de 1,6%.
Com informações do O.presente

Perto de deixar o cargo, Garibaldi chora na missa


A menos de dois meses para deixar o cargo, o presidente do Senado, senador Garibaldi Alves (PMDB-RN), se emocionou ontem, durante a celebração da missa de Ação de Graças realizada no Salão Negro do Congresso por ocasião do encerramento do ano legislativo.
Logo no início do discurso, ele começou a chorar. Com a voz embargada, agradeceu aos colegas que o ajudaram -"e alguns que atrapalharam"- neste ano à frente da Casa. Disse ainda que, com a "graça de Deus", conseguiu fazer alguma coisa pelo Legislativo, classificado por ele como um Poder "tão incompreendido".


Garibaldi foi eleito presidente do Senado em 12 de dezembro de 2007. Ele substituiu no cargo o senador Renan Calheiros (PMDB-AL), que renunciou para escapar de processo de cassação.No discurso de ontem, Garibaldi citou que governar o Senado Federal foi uma missão complexa e ainda mais difícil para ele em virtude das circunstâncias em que assumiu a liderança da Casa.


F. Online

CHICO MENDES É ANISTIADO PELA UNIÃO 20 ANOS APÓS SUA MORTE

O ex-líder seringueiro e ativista ambiental Chico Mendes recebeu oficialmente ontem, 20 anos depois de ser assassinado, o perdão do Estado brasileiro e foi anistiado pela perseguição sofrida durante a ditadura militar (1964-1985).Assassinado em 22 de dezembro de 1988 na porta de sua casa, em Xapuri, quando o Brasil já havia deixado para trás 21 anos de governo militar e tinha uma nova Constituição, promulgada dois meses antes, Chico foi perseguido entre os anos de 1980 e 1984 por suas atividades sindicais e pelo ideal de preservação da Amazônia.Ele foi enquadrado na Lei de Segurança Nacional em fevereiro de 1981, acusado de "incitar atentado contra a paz, a prosperidade e a harmonia entre as classes sociais", e chegou a ser detido algumas vezes.Para o ministro da Justiça, Tarso Genro, que participou do julgamento, é impossível dissociar a perseguição que o ex-seringueiro sofreu, durante a ditadura, com sua morte, ocorrida em tempos de democracia."Indiretamente, seu assassinato estava relacionado com isso." Para Tarso, "o Estado brasileiro não soube compreender tudo o que ele representava naquele momento".A sessão foi acompanhada pelo governador do Acre, Binho Marques (PT), pelos dois filhos de Chico Mendes e pela viúva, Ilzamar, além de amigos e membros de movimentos sociais. Ilzamar foi quem encaminhou o pedido de reparação à Comissão de Anistia em 2005.Em decisão unânime, a comissão concedeu à viúva indenização de R$ 337,8 mil, além do direito de receber pensão vitalícia no valor de R$ 3.000.Dois anos depois do assassinato de Mendes, os fazendeiros Darly Alves da Silva e Darcy Alves da Silva foram condenados pelo crime a 19 anos de prisão."

(Folha de São Paulo)

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

MANCHETES DE JORNAIS

Folha de S.Paulo
Antes da crise, economia cresce 6,8%

O Estado de S.Paulo
PIB surpreende e cresce 6,8%

Jornal do Brasil
País cresce, apesar da crise

O Globo

Crise freia país no auge do seu crescimento econômico

Gazeta Mercantil
Famílias recuam na gestão profissional

Valor Econômico
País atrai talentos globais que tentam fugir da crise

Correio Braziliense
Gastem! Lula faz apelo ao consumidor para salvar 2009

Estado de Minas
Governo festeja PIB que escapou da crise

Zero Hora
Metade das câmeras de rua da Capital está desativada

Folha de Pernambuco
Sport dividido às vésperas da eleição

Jornal do Commercio
A guerra pela água

Diário de Pernambuco
Sem medo de beber e dirigir

Tribuna do Norte
Túnel abandonado é usado em nova tentativa de fuga

PIB surpreende e cresce 6,8%

A economia brasileira superou todas as expectativas e, empurrada pelo consumo das famílias e por investimentos públicos e privados, levou o Produto Interno Bruto (PIB) ao seu melhor desempenho trimestral em quatro anos: 6,8% no terceiro trimestre, em comparação a igual período do ano passado, segundo apurou o IBGE. Vigor que, segundo os economistas ouvidos pelo Estado, ajuda o País a enfrentar um período ainda indefinido de forte declínio, mas não é suficiente para afastar o risco de recessão.

Para o quarto trimestre, as expectativas são de crescimento próximo de zero, ou seja, de elevação inexpressiva ou de ligeira queda. "O terceiro trimestre já ficou para trás. E, definitivamente, pode ser o último de crescimento forte do governo Lula", atesta o economista José Julio Sena, contrariando previsões do ministro da Fazenda, Guido Mantega.

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

A NOSSA MISSÃO

By. Roberto Shinyashiki


Freqüentemente, eu me pergunto:
“O que cada um de nós está fazendo neste planeta?”
Se a vida for somente tentar aproveitar o máximo possível as horas e minutos, esse filme é bobo.
Tenho certeza de que existe um sentido melhor em tudo o que vivemos.

Para mim, nossa vinda ao planeta Terra tem basicamente dois motivos:
Evoluir espiritualmente e aprender a amar melhor.
Todos os nossos bens na verdade não são nossos.
Somos apenas as nossas almas.
E devemos aproveitar todas as oportunidades que a vida nos dá para nos aprimorarmos como pessoas.

Portanto, lembre sempre que os seus fracassos são sempre os melhores professores e é nos momentos difíceis que as pessoas precisam encontrar uma razão para continuar em frente.
As nossas ações, especialmente quando temos de nos superar, fazem de nós pessoas melhores.

A nossa capacidade de resistir às tentações, aos desânimos para continuar o caminho é que nos torna pessoas especiais.
Ninguém veio a essa vida com a missão de juntar dinheiro e comer do bom e do melhor.
Ganhar dinheiro e alimentar-se faz parte da vida, mas não pode ser a razão da vida.

Tenho certeza de que pessoas como Martin Luther King,
Mahatma Ghandi, Nelson Mandela, Madre Tereza de Calcutá, Irmã Dulce, Betinho e tantas outras anônimas, que lutaram e lutam para melhorar a vida dos mais fracos e dos mais pobres, não estavam motivadas pela idéia de ganhar dinheiro.
O que move essas pessoas generosas a trabalhar diariamente, a não desistir nunca? A resposta é uma só: a consciência de sua missão nesta vida.

Quando você tem a consciência de que através do seu trabalho você está realizando sua missão, você desenvolve uma força extra, capaz de levá-lo ao cume da montanha mais alta do planeta.

Infelizmente, muita gente se perde nesta viagem e distorce o sentido de sua existência pensando que acumular bens materiais é o objetivo da vida.

E quando chega no final do caminho percebe que só vai poder levar daqui o bem que fez às pessoas.
Se você tem estado angustiado sem motivo aparente está aí um aviso para parar e refletir sobre o seu estilo de vida.
Escute a sua alma: ela tem a orientação sobre qual caminho seguir.
Tudo na vida é um convite para o avanço e a conquista de valores na harmonia e na glória do bem.

Uma ótima semana!

Adoção um ato de Nobreza!

Adoção é o ato de assumir como filho uma criança ou adolescente que não é filho biológicos do adotante.

Estima-se que existam no Brasil 80 mil crianças em abrigos. Nem todas podem ser adotadas, porque têm situação jurídica indefinida, ou seja, a Justiça ainda não terminou de investigar as possibilidades de reinseri-la na própria família e ela permanece em um limbo. Muitas vezes o tempo passa e a criança cresce dentro da instituição.

Se você tem interesse , pode e quer mudar o destino de uma criança ... Pode visualizar as etapas do processo de adoção no site Ajudabrasil.org

Os 10 países com a maior rede rodoviária

1º. Estados Unidos: 6.370.031 km
2º. Índia: 3.319.644 km
3º. Brasil: 1.980.000 km
4º. China: 1.400.000 km
5º. Japão: 1.152.207 km
6º. Rússia: 952.000 km
7º. Austrália: 913.000 km
8º. Canadá: 901.902 km
9º. França: 892.900 km
10º. Itália: 668.669 km


Fonte: Maps of World"

Foi em Atenas

Um grupo de adolescentes foi abordado por policiais. Um policial a sangue frio atirou e matou um jovem de 15 anos.

O caso semelhante a muitos que acontecem aqui no Brasil, não ocorreu no Rio de Janeiro. Foi em Atenas, capital da Grécia. Durante 48h, a revolta popular tomou conta da capital grega e das principais cidades do país. Lojas foram saqueadas, carros incendiados e jovens enfrentaram a polícia.

NOSSA LUTA É INTERNACIONAL!

Greve de 24 horas tem o apoio de estudantes e da população


(Sadek Amin, da redação do jornal Al Baian)

Cerca de cem mil professores das escolas públicas, privadas e da Universidade Libanesa fizeram uma greve de 24 horas, no dia 18 de novembro, no Líbano. A greve foi convocada pela coordenação sindical dos professores, após uma negativa de diálogo do governo. Explicando os motivos da greve, um dirigente dos professores declarou: “Já que mantivemos a porta aberta para o diálogo até este exato momento, mas, pelo fracasso político deste governo, ele não teve a capacidade para dialogar, então vamos protestar nas portas do parlamento e, vamos lutar pelas três reivindicações: aumento salarial de 5%, reajuste para o transporte de 2% e melhoria a qualidade dos planos de saúde para os professores.”

Durante a greve, houve um ato de protesto em frente à Câmara, para impedir que fosse votado um aumento de apenas 2% aos professores. Eles exigem 5%.

A greve contou com o apoio de milhares de estudantes e parou faculdades e institutos de todos os setores da Universidade libanesa, escolas públicas, secundárias, profissionais e técnicas oficiais, além do setor privado, da Associação de Antigos Alunos e Professores, de professores aposentados e do Instituto de Gestão e Estagiários e formação.

As autoridades não aceitaram a proposta dos professores, o que levou a coordenação sindical a marcar reunião para analisar outro dia de greve. A imprensa comenta que o momento no Líbano é propício a um novo tipo de lutas, pelo tamanho da greve e seu sucesso.

O movimento despertou apoio em parcela considerável da população. O seguinte diálogo, travado entre uma professora e um militar do exército, durante o protesto, demonstra isso.
A professora perguntou ao militar:
- “Te mandaram aqui para nos bater?”
O militar diz que não, e completa:
“E, se tivesse esta ordem, estaríamos aqui para protegê-los”.

Esta greve colocou em xeque o governo de Unidade Nacional, formado por um acordo entre os partidos tradicionais da direita libanesa pró-imperialista cristã e sunita com o Hezbollah e seus aliados, após uma intermediação de Síria e de outros países árabes. Esse acordo foi feito à custa das reivindicações populares, pois os mesmos que levaram a atual situação econômica e fazem de tudo para entregar o país ao controle do imperialismo, como Siniora e Saad Hariri, continuaram à frente dos principais postos com a mesma política econômica e externa.

A adesão de Hezbollah a esse governo, apresentada como vitória, significou aceitar que os responsáveis pelos massacres, que trataram de desarmar a resistência contra o sionismo, continuassem impunemente governando o país. O povo libanês apoiou estes partidos para a formação do Governo de Unidade Nacional, pensando que assim se garantiria a paz interna após anos de guerra civil e ataques de Israel. A ministra da Educação é Bahaa Hariri, tia de Saad Hariri.

Mas este governo que hoje demonstra sua verdadeira cara, não tem o que oferecer para este povo sofrido e lutador. Não fez nada para reverter a deterioração da situação econômica. No Líbano ainda faltam água potável e energia, apesar das doações dos países do golfo árabe, como recompensa por calar a boca depois da guerra de 2006. O governo Siniora fez desaparecer este dinheiro.

O Hezbollah, que tinha o respaldo de grande parte da população por encabeçar a luta contra Israel e derrotá-lo em 2006, entrou no governo, sacrificando os interesses da população. Agora, na greve, revelou a que leva esse tipo de capitulação. Os professores tinham pedido a intervenção do Hezbollah a seu favor no parlamento, mas a resposta de seus dirigentes foi de que o partido não poderia fazer nada. Ou seja, foi a mesma resposta dada pela ministra Hariri.

Médici queria revogar AI-5, diz ex-presidente da Arena


li ontem no jornal Folha de São Paulo:


O general Emílio Garrastazu Médici assumiu a Presidência do Brasil em outubro de 1969 disposto a revogar o AI-5, sigla que entrou para a história como o ato institucional que escancarou a ditadura no país. Médici desistiu da idéia e assumiu uma posição linha-dura tão logo constatou, em consultas informais, que não teria o apoio de importantes aliados.

A cúpula das Forças Armadas achava cedo demais para extinguir o texto que abriu a possibilidade de fechar o Congresso, permitiu intervenção do governo federal nos Estados, institucionalizou a censura e suspendeu o habeas corpus em casos de crimes políticos. A primeira versão do AI-5, contudo, era muito mais radical. Extinguia o Legislativo em todo país e fechava o Supremo Tribunal Federal.

Essa versão foi rechaçada pelo então presidente Arthur da Costa e Silva (1967-1969), que exigiu um texto que não fosse "dose para cavalo" e só aceitou assiná-lo porque temia ser deposto. O autor dessas revelações, até hoje compartilhadas em detalhes somente com poucos confidentes, é Rondon Pacheco, ex-chefe da Casa Civil do governo Costa e Silva. Aos 89 anos, ele é a única testemunha viva que participou de todo o processo de confecção do AI-5, no dia 13 de dezembro de 1968. (Folha S. Paulo)

MANCHETES DE JORNAIS DE HOJE

Jornal do Brasil
Fracasso carioca

O Globo
Paes diz que César deixa rombo de até 400 milhões

Estado de Minas
Um quinto das obras ficam na promessa

O Estado de S. Paulo

Empréstimos de bancos para emergentes vão a US$ 4,9 tri

Correio Braziliense
Festa manchada de sangue

Gazeta Mercantil
Fantasma de R$ 70 milhões no "esqueleto da Eletropaulo"

Diário do Nordeste
Pistolagem urbana desafia a Polícia

A Tarde
Presos fazem refém dentro da Lemos Brito

Zero Hora
Arma que matou médico é de uso restrito da polícia

Folha de Pernambuco
No sufoco, Náutico fica na primeira

Diario de Pernambuco
Um só coração

Jornal do Commercio
Náutico escapa na raça

sábado, 6 de dezembro de 2008

URNA ELETRÔNICA APRESENTA RISCOS INCONTORNÁVEIS

Em audiência pública realizada na última quinta-feira (4) na Câmara Federal, em Brasília, o professor do Instituto de Computação da Universidade de Campinas (Unicamp), Jorge Stolfi, afirmou que as urnas eletrônicas brasileiras não são confiáveis. “O sistema é falho e permite fraudes que não são detectadas, por causa da natureza eletrônica”, revelou. De acordo com o especialista, a utilização exclusiva do programa digital adotado apresenta “riscos inerentes que são muitos sérios e incontornáveis”. Para ele, a única forma de o sistema ser mais seguro é complementá-lo com o uso do voto impresso.

HONDA ESTÁ À VENDA

Devido aos elevados custos gerados pela crise financeira mundial, a Honda Motor anunciou oficialmente que irá abandonar a Fórmula 1 no fim deste ano. A empresa confirmou que a escuderia está à venda. A Honda, que estava na categoria desde 1964, investia mais de US$ 541,4 milhões, o equivalente a R$ 1,4 bilhão.

PROTÓGENES DIZ À REVISTA ÉPOCA: "EU SÓ TEMO A DEUS"

O delegado que levou o banqueiro Daniel Dantas à prisão.



Protógenes Queiroz recebeu com satisfação a condenação, em primeira instância, do banqueiro Daniel Dantas. Dantas foi condenado a dez anos de prisão e ao pagamento de uma multa de R$ 13 milhões num processo de corrupção. Para Protógenes, a decisão do juiz Fausto De Sanctis, anunciada na semana passada, é a prova de que seu trabalho foi bem-feito. Depois de ser acusado de grampear ilegalmente o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, Protógenes comemorou outra boa notícia. A sentença apontou para a presença de um aliado de Dantas no comando da segurança do tribunal. Isso lança mais dúvidas sobre a autoria de um grampo cujo áudio nunca apareceu. Um dia após o anúncio da sentença, Protógenes foi entrevistado por ÉPOCA no Rio de Janeiro.



ÉPOCA – O senhor comemorou a condenação de Daniel Dantas?

Protógenes Queiroz – A condenação de Daniel Dantas é uma vitória do povo brasileiro e das instituições do país. Trata-se de um bandido perigoso, e isso está demonstrado no conflito institucional que se instalou no Brasil a partir da Operação Satiagraha. Houve todo um trabalho para desqualificar as pessoas que o investigaram e participaram da ação penal.

ÉPOCA – Seus críticos o classificam como justiceiro.

Protógenes – Isso aí foi uma expressão construída por quem está comprometido com outros valores. Não fizemos nada de errado. Foi tudo dentro da lei.

ÉPOCA – O senhor grampeou o presidente do Supremo, Gilmar Mendes?

Protógenes – De maneira nenhuma. Isso eu posso lhe afirmar.

ÉPOCA – A que o senhor atribui essa acusação?



Protógenes – O objetivo foi atingir diretamente o doutor Paulo Lacerda, que foi afastado prematuramente de suas funções na Abin, e fabricar mais um escândalo para tentar tirar o foco do investigado Daniel Dantas. O centro dessa investigação era Daniel Dantas. E, depois disso, ele deixou de ser o centro. Quem passou a ser o centro foram o juiz, o procurador, o senador, o presidente do Supremo, o diretor-geral da Abin, o diretor-geral da PF. De Daniel Dantas não se falou mais. Foi uma operação montada para privilegiar o banqueiro.

ÉPOCA – O senhor tem projetos políticos?

Protógenes – Recebi vários convites, de vários órgãos. Não aceitei. Gosto de investigar, e só posso fazer isso como delegado de polícia.

ÉPOCA – E sua relação com o PSOL, que tem promovido atos em sua defesa?

Protógenes – Ninguém desse partido me fez proposta de me filiar ou de me comprometer ideologicamente.

ÉPOCA – Não lhe constrange, como delegado, aparecer ao lado de políticos?

Protógenes – De maneira nenhuma. Até porque não são atos políticos. São convites de instituições. O que eu falo nesses eventos é de natureza técnica.



ÉPOCA – O senhor se considera perseguido?



Protógenes – Não me considero perseguido. Só não entendi ainda, de maneira institucional, o porquê de sucessivas investigações contra mim após a operação. Isso nunca houve na PF. Nenhum delegado sofreu, depois de uma grande operação, dois inquéritos e procedimentos disciplinares.

ÉPOCA – Como o senhor se define?

Protógenes – Eu só temo a Deus. Não tenho medo de nada. Nem da morte.

Barack Obama nas ARTES

Carlos Barria / Reuters
Obama en el arte. Un retrato del presidente electo estadounidense, Barack Obama, pintado por el artista estadounidense David Zwirner, expuesto en la feria de arte contemporáneo Art Basel de Miami Beach, Florida, Estados Unidos.

Secretaria lança edital para novo concurso da Polícia Civil

A Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED) publicou neta sexta-feira, 5, no Diário Oficial do Estado, o edital do concurso público para o provimento de vagas na Polícia Civil nos cargos de delegado substituto, escrivão substituto e agente substituto. As inscrições começam no próximo dia 10 e seguem até o dia 28 de dezembro, exclusivamente via internet, através do endereço www.cespe.unb.br/concursos/pcrn2008.

Para delegado, cargo com salário inicial de R$ 7.957,18, são disponibilizadas 68 vagas. A inscrição custa R$ 150,00. O cargo tem como pré-requisito diploma registrado de bacharel em Direito fornecido por instituição de ensino reconhecido pelo Ministério da Educação.

Para o cargo de agente são oferecidas 263 vagas e para escrivão 107, sendo seis para candidatos portadores de deficiência. Em ambos os cargos, é exigido a graduação em nível superior e o valor da inscrição custa R$ 120,00. O salário inicial de agente e escrivão substituto é de R$ 2.085,78.

As provas serão aplicadas no dia 25 de janeiro. O horário e local serão publicados no Diário Oficial do Estado. O concurso é dividido em etapas (prova escrita objetiva para todos os cargos; prova escrita discursiva para todos os cargos; exame psicotécnico para delegado e agente; avaliação física para delegado e agente; prova prática para escrivão; e curso de formação profissional).
Fonte:Gazeta do Oeste

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Até oposição aprova Lula

A nova pesquisa DataFolha mostra o presidente Lula quebrando novo recorde de aprovação, mesmo com a crise chegando ao Brasil. Porém, a informação mais interessante da pesquisa se apresenta quando separamos os dados pelos partido de preferência dos entrevistados.

Daqueles que declararam preferência pelo PSDB, maior partido de oposição ao governo Lula, 56% avaliaram o governo como ótimo/bom e apenas 9% como ruim/péssimo. Entre os que declaram preferir o Democratas (ex-PFL), mais radical grande partido de oposição, 72% avaliaram o governo como ótimo/bom e apenas 13% como ruim/péssimo.

História: 5 de dezembro de 1824

Meninos canavieiros da Zona da Mata de PE, 1980
Lei complementar à Constituição imperial brasileira proíbe escravos e leprosos de freqüentarem a escola. Instruir a escravaria, classe trabalhadora fundamental da época, para os senhores legisladores é crime…

STF nega pedido de nova eleição para governo

O STF (Supremo Tribunal Federal) negou ontem ação do PSDB que pedia novas eleições para o governo da Paraíba. No último dia 20, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) manteve a cassação do governador Cássio Cunha Lima (PSDB) e de seu vice, José Lacerda (DEM), e decidiu que o segundo colocado no pleito de 2006, senador José Maranhão (PMDB), assumisse. Cunha Lima fica no cargo até apreciação de recursos.

Perdão para 2,5 milhões de pessoas

A anistia das dívidas de até R$ 10 mil com a União beneficiará 453 mil pessoas físicas e 1,6 milhão de pessoas jurídicas. A estimativa foi divulgada pelo procurador-geral da Fazenda Nacional, Luís Inácio Adams, que explicou a medida provisória publicada ontem no Diário Oficial da União com o perdão das dívidas. Segundo o procurador, a União deixará de arrecadar R$ 3,56 bilhões em tributos e em débitos não relacionados a impostos, como dívidas contratuais, relativas ao crédito rural e de taxas de ocupação. Desse total, R$ 931 milhões referem-se a pessoas físicas; e R$ 2,629 bilhões, a pessoas jurídicas.

O total de contribuintes beneficiados equivale a 18% do total de devedores do governo federal. O valor da anistia, no entanto, representa apenas 0,5% da dívida ativa da União, atualmente em R$ 1,3 trilhão. O perdão só vale para as dívidas que venceram até 31 de dezembro de 2002. Para os débitos com vencimento depois dessa data, a medida provisória prevê a renegociação das parcelas atrasadas com condições especiais.

BOM DIA!


Ariano sai em defesa de Cássio: "É um injustiçado"


O escritor Ariano Suassuna disse, ontem, no Recife, que o governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima(PSDB), cassado pelo TSE, está sendo injustiçado. Ele lembrou que é aliado da família Cunha Lima desde 1930 e não pode deixar neste momento de ficar solidário com o governador.

Ressaltou que no lugar de Maranhão (José Maranhão, candidato que ficou em segundo lugar nas eleições e pode assumir), não teria coragem de assumir um governo em tais condições. “Eu não me sentiria como governante legitimo, pois a população fez a sua escolha e o vencido quer ganhar de outra maneira. Eu não me sentiria nas condições de fazer isso”, declarou.

“Espero que a justiça seja feita”, concluiu.

O escritor fez as declarações durante o Fórum dos Governadores do Nordeste em Recife.

STF contraria bancos: prisão por dívida é ilegal

O plenário do STF (Supremo Tribunal Federal) reafirmou nesta quarta-feira (3/12) a ilegalidade da prisão decorrente de dívidas, sejam elas fruto de depósito judicial ou de alienação fiduciária. A decisão representa a consolidação do entendimento de que a única forma de privação civil da liberdade é o não pagamento de pensão alimentícia.

Os ministros decidiram julgar em conjunto dois REs (recursos extraordinários) e um pedido de habeas corpus, que tratavam do mesmo tema. De forma unânime, rejeitaram os recursos apresentados pelos bancos Itaú e Bradesco, que pediam a prisão de clientes por não cumprimento de contrato de alienação fiduciária —em que o credor tem o próprio bem comercializado como garantia, caso dos financiamentos de imóveis e veículos.

Já no pedido de habeas corpus feito por Alberto de Ribamar Costa contra decisão do STJ (Superior Tribunal de Justiça), foi vencido o ministro Carlos Alberto Menezes Direito, que, em voto vista, defendeu a manutenção da detenção imposta pelo Tribunal.

Os demais membros da Corte seguiram entendimento do ministro Celso de Mello —o relator do caso, ministro Marco Aurélio, já havia concedido liminar dando liberdade a Costa—, que entendeu que não cabe a decretação de prisão mesmo em casos de depósito judicial.

Do site Última Instância

Aprovação a Lula é a maior entre todos os presidentes

A avaliação positiva do presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a bater novo recorde e agora 70% dos brasileiros consideram seu governo ótimo ou bom. Nenhum presidente no Brasil desde a redemocratização atingiu esse patamar. O recorde anterior já pertencia ao próprio Lula: 64% o avaliavam positivamente em setembro.


Pesquisa Datafolha realizada entre os dias 25 e 28 de novembro mostra que o presidente conta com a avaliação positiva da maioria da população em todos os segmentos socioeconômicos e regiões do país. Isso já ocorria no levantamento de setembro, mas agora Lula teve reforçado o apoio sobretudo entre os mais jovens (mais nove pontos), os mais escolarizados (mais nove) e no Sudeste (também mais nove pontos).


Em termos regionais, o Nordeste segue como principal área de apoio a Lula: 81% o avaliam como ótimo ou bom. São nas regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste, que concentram alguns dos Estados mais pobres do país, que Lula tem as avaliações positivas mais altas tanto do ponto de vista econômico como social.
A avaliação positiva se estende também entre a maioria dos simpatizantes de todos os grandes partidos políticos do país. Quem menos o apóia são os simpatizantes do PSDB -mesmo assim, Lula tem a aprovação de 56% deles. Entre os petistas, o percentual sobe a 88%.

Folha de S.Paulo

Carpe Diem

A morte é meramente a separação dos átomos que nos compõe. Não anuncia portanto nem castigos nem recompensas para os homens. Não devemos temer nem a morte e menos ainda, as punições infernais inventadas pela ignorância e pela superstição.


Epicuro

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Demissão em massa

Depois dos altos prejuízos que teve no mercado financeiro, por conta da crise econômica mundial, a Vale do Rio Doce começou a demitir.

Ontem, foi anunciada a demissão de 1.300 funcionários da Vale, embora não se saiba ainda, quantos trabalham no Brasil. Além disso, a empresa comunicou que 5.500 empregados estão sendo colocados em férias coletivas até março.
A crise é mais séria do que imaginava o presidente Lula.

Gravidez de esposa garantirá emprego de trabalhador

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou hoje um projeto de lei que proíbe a demissão arbitrária ou sem justa causa do trabalhador cuja esposa ou companheira esteja grávida. O empregado não poderá ser dispensado no período de 12 meses, a contar da concepção comprovada por laudo médico vinculado ao SUS.

“Minha preocupação ao propor esse projeto era com a criança e, sobretudo, com a família. Não consigo imaginar muitas situações piores do que, no nascimento do bebê, o pai dessa criança esteja desempregado”, explica o autor do projeto, o presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP). “É uma forma de dar tranqüilidade também à mãe. Isso, seguramente, repercute na saúde tanto do feto, quanto do recém-nascido”, completou.

O projeto (PL 3829/97) segue agora para o Senado. De acordo com a proposta, o empregador que desrespeitar a norma está sujeito à multa equivalente a 18 meses de remuneração do empregador. A matéria não se aplica ao trabalhador contratado por tempo determinado.

Crise: bancos demitem mais de 1 mil funcionários

Mais de 1 mil bancários foram demitidos em São Paulo e Osasco nos últimos três meses, segundo cálculos do sindicato da região. O movimento começou pelos bancos pequenos, mas, nas últimas semanas, se estendeu para alguns maiores.

O caso mais recente é o do Banco Safra, o nono maior do País pelo critério de ativos, que, na sexta-feira, dispensou cerca de 200 funcionários, de acordo com fontes consultadas pelo jornal O Estado de S. Paulo. A assessoria da instituição não informou quantas pessoas perderam o emprego, mas disse que as demissões não fogem ao padrão.

Segundo o Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região, entre setembro e meados de novembro houve 774 demissões, o que representa um aumento de 133% em relação a igual período do ano passado. Se for acrescentado o Safra, o número sobe para quase 1 mil. Há, ainda, profissionais que não precisaram passar pela homologação no sindicato, pois tinham menos de um ano de casa. A região de abrangência do sindicato tem cerca de 120 mil bancários, 20 mil deles empregados em instituições de porte médio - as mais afetadas pela escassez de crédito externo.(Agência Estado)

OBAMA VISITA O IRAQUE APÓS A POSSE

"O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, telefonou nesta quarta-feira para o primeiro ministro iraquiano, Nouri al Maliki, para reforçar seu compromisso de retirar as tropas americanas do país. Segundo nota divulgada pelo governo iraquiano, Obama agradeceu os esforços do parlamento, que aprovou na semana passada o acordo entre Washington e Bagdá.
O texto prevê que "todas as forças americanas", ou seja, todos os 150 mil militares do país, "deverão ter deixado o território iraquiano até o dia 31 de dezembro de 2011". Além disso, todas as forças de combate americanas deverão ter-se retirado das cidades e aldeias do Iraque até o dia 20 de junho de 2009.
"O território iraquiano, assim como seu espaço aéreo e suas águas, não poderão mais ser utilizadas como ponto de partida ou de passagem para ataques contra outros países. Os Estados Unidos tomarão todas as medidas diplomáticas, econômicas ou militares necessárias para enfrentar eventuais ameaças ou agressões internas ou externas contra o Iraque", informa o documento. O democrata expressou o desejo de reforçar a cooperação bilateral, confirmou seu respeito da soberania e da unidade do Iraque, reiterou sua vontade de trabalhar contra os terroristas e defendeu uma retirada responsável dos militares do país." Folha

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Comentário de Max Gheringer.

Vale a pena ler

Existem muitos gurus que sabem dar respostas criativas às grandes questões sobre o mercado de trabalho. Aqui vai um resumo da entrevista com o famoso Reynold Remhn:

Ainda é possível ser feliz num mundo tão competitivo?

Quanto mais conhecimentos conseguimos acumular, mais entenderemos que ainda falta muito para aprendermos. É por isso que sofremos. Trabalhar em excesso é como perseguir o vento. A felicidade só existe para quem sabe aproveitar agora os frutos do seu trabalho.

O profissional do futuro será um individualista?

Pelo contrário. O azar será de quem ficar sozinho, porque se cair, não terá ninguém para ajudá-lo a levantar-se.

Que conselhos o sr.daria aos jovens que estão entrando no mercado de trabalho?

É melhor ser criticado pelos sábios do que ser elogiado pelos tolos. Elogios vazios são como gravetos atirados em uma fogueira.

E para os funcionários tem têm chefes centralizadores e perversos?

Muitas vezes os justos são tratados pela cartilha dos injustos, mas isso passa. Por mais poderoso que alguém pareça ser, essa pessoa ainda é incapaz de dominar a própria respiração.

O que é exatamente o SUCESSO?

É o sono gostoso. Se a fartura do rico não o deixa dormir, ele estará acumulando, ao mesmo tempo, sua riqueza e sua desgraça.

Belas e sábias respostas. Eu só queria me desculpar pelo fato de que não existe nenhum Reynold Remhn. Eu o inventei. Todas as respostas, embora extremamente atuais, foram retiradas de um livro escrito há 2.300 anos: o Eclesiastes, da Bíblia, do velho testamento. Mas se eu digo isso logo no começo, muita gente, talvez, nem tivesse interesse em continuar.

Max Gheringer.

Blog do Prof. Ozamir Lima - Designer: Segundo Freitas