terça-feira, 31 de julho de 2007

[Câmara federal] OS NÚMEROS DA BANCADA POTIGUAR

Segundo um levantamento feito e divulgado pelo site Congresso em Foco, da bancada do RN na Câmara Federal o deputado Felipe Maia foi o que apresentou a maior assiduidade comparecendo a 69 sessões e faltando apenas a uma , já a deputada Fátima Bezerra(PT) foi a que teve o maior número de faltas não justificadas no primeiro semestre de 2007. Foram 7 faltas sem justificativas.

Confira os números da bancada do RN:

Fátima Bezerra
Faltas não justificadas - 7. Faltas justificadas – 3. Presenças - 61

Fábio Faria
Faltas não justificadas - 6. Faltas justificadas – 11. Presenças - 54

Nélio Dias
Faltas não justificadas - 5. Faltas justificadas – 54. Presenças - 12

Henrique Alves
Faltas não justificadas - 4. Faltas justificadas – 17. Presenças- 50

Sandra Rosado
Faltas não justificadas - 2. Faltas justificadas- 31. Presenças - 38

Rogério Marinho
Faltas não justificadas - 2. Faltas justificadas – 7. Presenças - 62

João Maia
Faltas não justificadas - 2. Faltas justificadas – 3. Presenças - 66

Felipe Maia
Faltas não justificadas - 1. Faltas justificadas – 1. Presenças – 69

[Educação] VALE A PENA LER

MOBRAL (Hebert Viana)

Do que adiantam?
Placas. Bulas, instruões...
Do que adiantam?
Letras impressas das canções...
Do que adiantam?
Gestos educados, convenções...
Do que adiantam?
Emendas , constituições
Se o teto da escola caiu
Se a parede da escola sumiu
Sem dente o professor sorriu
Calado recebeu dez mil
E depois assistiu na Tevê
Em cadeia para todo Brasil
O projeto, a tal salvação
Prestou atenção e no entanto não viu
A merenda, que é só o que atrai
A cadeia para qual o rico vai
Despachantes, guichês, hospitais
E os letreiros de frente pra trás
Aos olhos de quem
Só aprendeu o bê-á-bá
Pra tirar carteira de trabalho
E não entendeu Zé Ramalho cantar
Vida de gado
Povo marcado
Povo feliz

Fique por dentro e ... revoltado !!!

Enquanto professores penam para conseguir estabelecer um piso salarial, outras categorias no serviço público vivem manipulando o teto salarial para poder legitimar ganhos muito vantajosos. Alguns exemplos:



FRASE DO DIA

“Deus fez o homem perfeito, com duas orelhas, uma para ouvir as vaias e a outra pra ouvir aplausos”, Lula, hoje em Cuiabá.

CHARGE DO DIA


GOVERNADOR CASSADO AFIRMA QUE NÃO RENUNCIA

O governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB), teve seu mandato cassado ontem pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) da Paraíba. Mesmo assim, o Cunha afirmou hoje, que não renuncia a seu mandato mesmo correndo o risco de perder os direitos políticos. "Em absoluto. Não renuncio ao mandato, que pertence a mais de 1 milhão de paraibanos", afirmou. Cunha Lima teria distribuído cerca de 35 mil cheques da FAC (Fundação de Ação Comunitária) na campanha de 2006, quando concorria à reeleição ao governo do Estado. Ontem, após oito horas de julgamento, por 5 votos a um, os juízes do tribunal determinaram a cassação, a perda dos direitos políticos até 2009 e uma multa de R$ 100 mil.

segunda-feira, 30 de julho de 2007

POLÍTICOS PRETENDEM CRIAR MAIS SEIS ESTADOS

Estão prontos para votação no Congresso projetos que prevêem a criação de mais seis estados. Se aprovados, eles vão agravar o inchaço do Legislativo, abrindo 144 cadeiras de deputado estadual, 48 vagas de deputado federal e 18 de senador.Esses projetos de decreto legislativo, que prevêem a realização de plebiscito, foram aprovados nas respectivas Comissões de Constituição e Justiça (CCJ) e podem ser inseridos na pauta a qualquer momento.

Os novos estados em estudo são: Carajás e Tapajós no Pará; Mato Grosso do Norte em Mato Grosso; Rio São Francisco na Bahia; Maranhão do Sul no Maranhão e Gurguéia no Piauí.

Em comparação, os Estados Unidos têm 50 Estados, com representação fixa no Congresso de 100 senadores e 435 deputados. Se forem criadas mais unidades da federação, não haverá aumento do Parlamento, apenas a redistribuição das vagas.

O Brasil tem 26 estados e 1 Distrito Federal. O Congresso abriga 513 deputados e 81 senadores. Aqui, ao contrário dos EUA, a configuração aumenta se houver novos estados. Em média, a Assembléia Legislativa de um pequeno Estado, com 24 deputados, consome R$ 110 milhões ao ano.

Na maior parte, os projetos de criação de estados são antigos e apresentam lacunas. Nenhum deles, por exemplo, inclui um estudo detalhado sobre a viabilidade econômica e os custos da medida.

A criação de um estado pressupõe a existência de um novo Executivo, um novo Judiciário e um novo Legislativo. Todos devem ser dotados de completa estrutura física, como prédios, veículos e equipamentos, e administrativa - governadores, secretários, servidores, juízes, promotores, deputados e assessores.

As propostas tampouco apresentam solução para um problema crucial: quem arcará com os custos do plebiscito. (Informações do portal G1)

FRASE DO DIA

¿Cuál ha sido el peor problema de los países pobres desde el punto de vista tecnológico y económico? El robo de cerebros. ¿Cuál desde el punto de vista patriótico y educativo? El robo de talentos.
Fidel Castro

domingo, 29 de julho de 2007

Segundo a CGU Irregularidades em convênios no RN chegam a R$ 35,7 milhões

O governo federal anuncia para janeiro de 2008 mudanças nas regras de repasse de recursos da União para estados, municípios e organizações não-governamentais (Ongs).

A medida tem como finalidade dar mais transparência ao uso dos recursos através de mecanismos de controle social.

Já era tempo. E por quê?

A resposta está na página eletrônica da Controladoria Geral da União.

Entre 2001 e 2007 (até 30 de junho), a CGU realizou 10.405 processos de Tomadas de Contas Especiais. Dessas, 7.818 foram analisados, as contas consideradas irregulares e os processos encaminhados ao Tribunal de Contas da União (TCU) para julgamento.

O total de recursos envolvidos nessas irregularidades soma R$ 2,7 bilhões.

No Rio Grande do Norte, a CGU glosou cerca de R$ 35,7 milhões de convênios celebrados somente com as prefeituras.

Como sabemos, a CGU vem realizado inspeções nos municípios para analisar a aplicação de recursos repassados pela União.

Isso não inclui maracutaias em convênios celebrados com outras instâncias da administração.

A varredura foi tão a fundo que os inspetores federais conseguiram resgatar um convênio de 1969, ainda pendente.

Também não custa dizer que boa parte deles é anterior a 2000.
fonte:trapo

IRREGULARIDADES

Ano Valor (1)

2002 3,2
2003 2,3
2004 7,5
2005 11,9
2006 6,3
2007* 4,5

ESCOLAS DE PARNAMIRIM E MOSSORÓ SÃO DESTAQUES NO IDEB


Uma escola de Parnamirim e outra de Mossoró têm o melhor ensino fundamental da rede pública do Rio Grande do Norte. A de Parnamirim é a Escola Municipal Nossa Senhora da Guia, localizada no bairro de Emaús. A nota dela no Ideb para a primeira fase do Ensino Fundamental (1ª à 4ª series) foi 5,4, mais que o dobro da média estadual de 2,6 e acima da média nacional de 3,8. A escola de Mossoró é a Centenário, da rede estadual, cuja nota do Ideb na segunda fase (5ª à 8ª) séries, foi 4,7. O Ideb é um indicador de qualidade educacional que combina informações de desempenho em exames padronizados com informações sobre rendimento escolar.

O resultado geral do Ideb, com detalhamento das notas por estado, município e também por escolas, foi disponibilizado na página do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). No primeiro ciclo, das dez melhores escolas, sete são da rede municipal e a média das notas é de 4,58; no segundo as dez pertencem à rede estadual e têm média de 4,10. Detalhe: na escola de Parnamirim só foi avaliado o primeiro ciclo e na de Mossoró apenas o segundo.

Os 5,4 conseguidos pelos alunos da Nossa Senhora da Guia são tão expressivos que essa nota só deverá ser alcançada pelas escolas do Ensino Fundamental do Rio Grande do Norte no ano de 2021, segundo estimativa do Ministério da Educação. Essas mesmas projeções indicam que a Escola de Emaús atingirá o mesmo padrão de qualidade das escolas públicas dos países desenvolvidos já em 2011.

Os números do Ideb mostram ainda que a Nossa Senhora da Guia está entre as 10 melhores escolas públicas do Ensino Fundamental do Nordeste. Nesse ranking, a melhor é o Colégio Militar do Corpo de Bombeiros de Fortaleza, com nota 6,2. “É uma notícia extremamente importante porque mostra os resultados dos investimentos que estamos fazendo na Educação de Parnamirim”, comemorou o prefeito Agnelo Alves, lembrando que estão sendo construídas quatro novas unidades escolares em Parnamirim.

CHARGE


[VAIA] Herança que persegue os presidentes

Do Estado de S.Paulo

Getúlio Vargas, Arthur Bernardes, João Figueiredo, Fernando Collor, Fernando Henrique Cardoso, Campos Sales.

O presidente Lula disse ter ficado “triste” com a vaia que recebeu na abertura dos Jogos Pan-Americanos no Rio, na semana passada, mas não pode dizer que está sozinho.

Todos os ex-presidentes foram vítimas, em maior ou menor grau, de apupos durante seus mandatos.

Em 1979, Figueiredo, último dirigente do regime militar, teve de ser contido por seguranças para não entrar em confronto físico com estudantes que o vaiavam e chegaram a agredi-lo e aos ministros César Cals e Danilo Venturini, em Florianópolis, depois que ele comprimiu o indicador e o polegar para xingá-los de forma grosseira.

Vargas enfrentou, em 1954, nas comemorações do quarto centenário de São Paulo, sonora vaia de 15 minutos no Jockey Club. É que desde a Revolução de 1932 o mandatário gaúcho era visto como inimigo pelos paulistas, que o combateram.

Ao contrário de Lula, que perdeu a esportiva com as vaias e se negou a abrir o Pan, Vargas agiu como uma raposa velha da política e cochichou para o então ministro da Justiça e futuro presidente Tancredo Neves, enquanto fumava tranqüilamente seu cachimbo, segundo relato do historiador Fernando Jorge, autor do livro Getúlio Vargas e o seu Tempo, um Retrato em Luz e Sombra:

“Não sabia que o Garcez era tão impopular.” Lucas Nogueira Garcez era o governador paulista e estava ao seu lado. A filha de Vargas, Alzira, fechou a cara.

Nenhum presidente, no entanto, sofreu tanto com vaias quanto Arthur Bernardes, que governou o País de 1922 a 1926, permanentemente em estado de sítio.

No Rio, passando pela Avenida Rio Branco, Bernardes - austero mineiro educado no Colégio do Caraça - recebeu prolongados apupos de pessoas que chegaram a bater no seu carro, entre gritos de “seu Mé”, apelido que detestava.

Permaneceu, lívido, dentro do carro. Anos depois, ao assumir o cargo de senador, novamente foi vaiado, desta vez por Miguel Costa Filho, descendente do velho inimigo, Miguel Costa.

DINHEIRO GERA CRISE NO VÔLEI

O principal levantador da seleção brasileira de vôlei, Ricardinho, é considerado o melhor do mundo em sua função. Mesmo assim, o Brasil foi surpreendido com a decisão do técnico Barnardinho em cortá-lo do Pan-Americano Rio 2007. De acordo com a revista "Época" deste final de semana, o estopim da crise teria sido a premiação da última Liga Mundial. Segundo a revista do grupo "Abril", o jogador não quis dividir os US$ 100 mil que ganhou como melhor do torneio com a comissão técnica, procedimento que estava estabelecido no grupo desde 1991.

[Absurdo] EM DEZ ANOS, BRASILEIROS DESEMBOLSARAM R$ 201 BILHÕES EM CPMF

A Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CMPF) seria uma contribuição temporária com exclusiva finalidade de melhorar a saúde púlica do país, mas se transformou num tributo que está ajudando a engordar as contas do governo há 10 anos e do qual este não quer abrir mão. Na última década, os brasileiros deixaram mais de R$ 201 bilhões em CPMF nos bancos. Segundo a Receita Federal, apenas no ano passado, foram “tirados” dos bolsos dos brasileiros R$ 32 bilhões e, até abril deste ano, o governo embolsou mais de R$ 11,4 milhões. Até o final do ano, a expectativa é que, sejam arrecadados R$ 32 bilhões.

FRASE DO DIA



"Se nós já demos uma surra nos nossos adversários pelo que fizemos em quatro anos e meio, quando a gente não tinha tanta experiência, eles vão ver agora, nesses próximos quatro anos, o que a gente vai fazer neste país".

Presidente Luiz Inácio Lula da Silva

sexta-feira, 27 de julho de 2007

Lula: "Sou o único que não criticou Congresso"

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta sexta-feira (27) em Natal, Rio Grande do Norte, que 'talvez seja o único presidente' que nunca tenha criticado o Congresso.

“Tô há quatro anos e meio e talvez seja o único presidente que não tenha falado mal do Congresso nenhuma vez. Porque os presidentes, quando as coisas apertam, ele dizem 'É o Congresso, é o deputado'. Eu nunca falei, nunca falei. E nunca falei porque tenho minha responsabilidade. Acho que o Congresso, com defeito ou virtude, gracas a Deus a gente tem ele, porque quando não tiver, a gente tem ditadura”, afirmou.

Vale lembrar que quando era deputado e sindicalista, no entanto, Lula criticou por diversas ocasiões os parlamentares. Na década de 80, afirmou que havia "300 picaretas" no Congresso.

Norte e Nordeste lideram ranking de corrupção

Com base em trabalhos de fiscalização realizados pelo governo federal desde 2003, a Controladoria Geral da União apontou nesta terça-feira as regiões Norte e Nordeste do país como campeãs em irregularidades na gestão de recursos públicos. O ministro-chefe da CGU, Jorge Hage, disse que as duas regiões são as de "maior atraso político e menor acesso à informação", o que justificaria os altos índices de desvios em recursos públicos nessas localidades.

MARCAS VALIOSAS

Pesquisa mostra 100 marcas mais valiosas em 2007; Coca-Cola lidera
Com ligeiras alterações de posição entre si, as dez marcas mais valiosas do mundo neste ano são as mesmas de 2006, segundo a sétima edição da pesquisa Best Global Brands 2007, que traz o ranking das 100 marcas mais valiosas do mundo. A pesquisa foi feita pela consultoria de marcas Interbrand em parceria com a revista americana “Business Week”.

A Coca-Cola manteve-se na primeira posição, repetindo o desempenho apresentado desde a primeira edição da pesquisa. A marca foi avaliada em US$ 65,234 bilhões –o valor da marca, no entanto, teve uma ligeira redução de 3% em relação ao registrado em 2006. A segunda e a terceira posições também foram as mesmas do ano passado: Microsoft (US$ 56,079 bilhões) e IBM (US$ 57,091 bilhões).

A marca Google teve uma valorização de 44% neste ano. Desde 2005 o site de buscas na internet subiu da 38ª para a 20ª posição e está avaliada em US$ 17,837 bilhões.
O diretor-geral da Interbrand no Brasil, Alejandro Pinedo, disse que o crescimento do Google reflete o aumento de negócios via internet e a prioridade que a empresa dá à gestão estratégica de sua marca. A Amazon.com, que cresceu 15% no período, depende da publicidade em canais como Google e Yahoo!

As outras posições entre as dez marcas mais valiosas são: GE (US$ 51,569 bilhões), Nokia (US$ 33,696 bilhões), Toyota (32,070), Intel (US$ 30954 bilhões), McDonald’s (US$ 29,398 bilhões), Disney (US$ 29,210) e Mercedes Benz (US$ 23,568). Neste grupo, em relação ao ano passado, Nokia (5ª), Toyota (6ª) e McDonald’s (8ª) subiram uma colocação cada. Já a Intel e a Disney, perderam as posições 5ª e 8ª, respectivamente.
(informação da Folha)



RIO GRANDE DO NORTE


Servidores em greve acompanham de perto a caravana de Lula para promover o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Hoje, em Natal, segundo o portal G1, o presidente voltou a ser alvo de protestos.Cerca de 200 pessoas tentaram entrar no centro de convernções onde ocorreu a cerimônia de lançamento do PAC para o Rio Grande do Norte.

Mas elas nem chegaram perto de Lula.

O grupo portava faixas com inscrições como:-

"Prisão já para corruptos e corruptores"- "

Incra em greve contra o PAC e o PLP-01 (projeto que restringe a greve do funcionalismo público)".

VALE A PENA VER E OUVIR

"Sinto vergonha de mim". Texto da poetisa Cleide Canton, sobre citação de Ruy Barbosa, interpretado por Rolando Boldrin.

FRASE

"Externamos nossa indignação frente às
medidas punitivas adotadas e a pressão
sobre os diretores de escolas para que estes
relacionassem os professores em greve."

Fátima Bezerra, em nota oficial na qual explica sua posição sobre a
reação do governo da aliada Wilma para punir os professores em greve.

Que país é esse?

Número de crianças em trabalho ilegal dobrou

Mais que dobrou o número de crianças encontradas pela fiscalização do Ministério do Trabalho exercendo atividades ilegalmente em empresas e pequenos negócios no primeiro semestre deste ano. Relatório da Secretaria de Inspeção do Trabalho mostra que, de janeiro a junho, 3.644 crianças até 16 anos foram flagradas trabalhando. No mesmo período do ano passado, foram 1.422.

Em relação a 2005, o aumento foi ainda maior (486%). Naquele ano, 621 crianças foram encontradas sob exploração. A legislação proíbe o trabalho até os 16 anos. A única exceção vale para os adolescentes a partir de 14 anos, que podem exercer atividades como aprendiz.
(informação da folha)

quinta-feira, 26 de julho de 2007

BAO TARDE !

O fim no começo
Carlos Drummond


A palavra cortada
na primeira sílaba.
A consoante esvanecida
sem que a língua atingisse o alvéolo.
O que jamais se esqueceria
pois nem principiou a ser lembrado.
O campo – havia, havia um campo?
irremediavelmente murcho em sombra
antes de imaginar-se a figurade um campo.

A vida não chega a ser breve.

[Vaia] OPORTUNISMO e CRIATIVIDADE


AQUECIMENTO GLOBAL

Este ano deve ser o segundo mais quente desde que se começou a fazer o registro de médias de temperaturas, na década de 1860, disseram especialistas. As inundações no Paquistão e a onda de calor na Grécia podem ser o prenúncio de inconvenientes ainda maiores provocados pelo aquecimento global, disse Phil Jones, chefe da Unidade de Pesquisa Climática da Universidade de East Anglia (Reino Unido), que fornece dados para a ONU. O Brasil, assim como China e Índia, terão de cortar emissões de CO2 e entender que medidas ambientais não são contrárias ao desenvolvimento econômico. Todos sabemos que o centro da responsabilidade recai sobre os países ricos, já que foram os principais responsáveis pelas emissões nas últimas décadas. Mas os grandes países emergentes não podem ficar sentados, apenas observando.


quarta-feira, 25 de julho de 2007

É PRECISO ENCARAR A MÍDIA

É chegado o momento de se criar uma resistência midiática efetiva, que comece pelo governo. Lula precisa sair da toca e aprender com o falecido Leonel Brizola a encarar a Rede Globo e a mídia como um todo.

[EXAGERO] MÍDIA AUMENTA FOGO CONTRA LULA

O tom das críticas ao governo Lula vem subindo crescentemente na mídia. O editorial do jornal O Estado de São Paulo, nesta terça-feira, fala em “governo desacreditado” e “colapso do lulismo em matéria de permitir, em última análise, que o país funcione”. O Estadão refere-se ao presidente da República como “o inexperiente Lula, o qual na irrefutável constatação de Orestes Quércia, em 1994, nunca dirigiu nem um carrinho de pipoca, antes de ambicionar o Planalto”. Na mesma direção, o colunista Clóvis Rossi, pergunta hoje, na Folha de São Paulo: “se o país é incapaz de segurar um avião na pista, vai segurar o quê?”. O jornal O Globo, também em editorial, diz que “a crise é mais profunda do que se quer fazer crer”. Também no Globo, Dora Kramer diz que “à corriola governamental tudo é permitido: agredir o público com grosseria, com leviandade, com futilidades, com fugas patéticas ao cumprimento dos deveres, com indiferença, vale qualquer coisa se a anarquia tem origem nas hostes governistas”. “Corriola”, em seu uso informal, significa “grupo de pessoas que agem desonestamente ou de forma inescrupulosa; quadrilha”.


terça-feira, 24 de julho de 2007

FRASE DO DIA

"Nada substitui o lucro."
Primeiro dos sete mandamentos da TAM, segundo Mônica Bergamo, colunista da Folha de S. Paulo. O terceiro mandamento trata de segurança

[Renan ri à toa] Veja a charge da turma do Kibe Loco:


GOVERNO MANDA CORTAR PONTO DE PROFESSORES

O governo do estado cortou o ponto de 1.580 professores grevistas e mandou descontar do salário de Julho.É uma medida autoritária e antidemocrática, que não contribui para a melhoria da educação em nosso estado.

maior que o citibank

Banco chinês se torna o maior do mundo em valor de mercado
O Banco Industrial e Comercial da China (ICBC) superou o Citigroup e se tornou o maior do mundo em valor de mercado, avaliado em US$ 254 bilhões, devido às fortes altas das bolsas chinesas, disse hoje a imprensa da China.

A Bolsa de Xangai subiu ontem 3,81%, até 4.213,36 pontos, seu fechamento mais alto desde 21 de junho. As ações do ICBC de tipo A (em iuanes) subiram até 5,75 iuanes por título, informou hoje o jornal “South China Morning Post”, de Hong Kong.

Elite X Lula

POR QUE A FÚRIA CONTRA LULA ?.

Acabo de ler a pesquisa Focus do Banco Central..
Ela contém as opiniões de cem representantes de instituições financeiras – na maioria absoluta privadas – e sai toda segunda-feira com as informações captadas até sexta da semana anterior.. A pesquisa divulgada hoje (clique aqui) revela:.
A inflação deve fechar o ano em 3,70%, dentro da meta..
Ano que vem, a inflação deve ser de 4%..
PIB deve fechar o ano de 2007 em 4,5%..
Na verdade, da semana passada para cá, a expectativa aumentou: a Focus registrou crescimento do PIB de 4,39%. Agora, passou para 4,5% em 2007..
Ano que vem, o crescimento do PIB deve ser de 4,20%..
Ou seja, o Governo Lula tem pela frente uma economia de desempenho brilhante..
Dá de 10 a 0 na gestão tucana do Farol de Alexandria..
É por isso que a elite branca (e separatista, no caso de São Paulo), que se expressa na mídia conservadora (e golpista), precisa encontrar qualquer jeito de abater o Governo Lula..
Os agentes designados para essa tarefa, no momento, são os pilotos da TAM, que falam com autorização da TAM o contrário do que disse o presidente da Tam.
por Paulo Henrique Amorim

Pastor morto teve visão da tragédia e disse em um culto

O pastor da Assembléia de Deus, Luiz Antonio Rodrigues da Luz, uma das vítimas do vôo 3054 da TAM, disse durante uma pregação em abril que teve uma revelação de Deus sobre 'dezenas e centenas de pessoas mortas'. O vídeo de dez minutos com a pregação do pastor está na internet, no site YouTube, e desde sexta-feira já teve mais de 74 mil visitas.

A visão teria ocorrido em fevereiro, logo depois que ele voltou de uma viagem ao Japão.

Durante a pregação, realizada em um congresso de evangélicos em Camboriu (SC), o pastor contou que estava em casa e, após orar, foi deitar, mas não conseguiu dormir, pois teve um arrebatamento espiritual. 'O senhor me arrebatou em espírito. Vi coisas que julguei que nunca poderia ter visto', contou.

Na visão o pastor relatou que viu coisas 'lindas' celestiais. Depois contou à platéia o que somente havia dito à mulher: ''Eu vi dezenas e centenas de pessoas mortas enroladas em alguma coisa que eu não consegui discernir e que eram levadas para um lugar estranho e escuro''. afirmou o pastor na pregação.

'Mas chegou um momento que eu cheguei no lugar alto e quem estava comigo disse: volta (...) Porque tem muita coisa para fazer lá em baixo'', completou o pastor, que, na ocasião, admitiu que não queria voltar.

Luz disse ainda na pregação que acordou em prantos, ''não pela tristeza da experiência'' (..). mas porque onde estive estava tão bom e me deu um desespero quando voltei''.
''Não queria voltar de lá'', completou na pregação.

Rodrigues da Luz tinha 43 anos e era pastor da Igreja Evangélica Assembléia de Deus, em Ivoti, no Rio Grande do Sul. Ele deixou três filhos, de 16, 19 e 22 anos. (Informações da Folha Online)

segunda-feira, 23 de julho de 2007

POEMA DO DIA

Eternidade
Eugênio Giovernadi


Tudo em você é eterno

Eis o prêmio de ter nascido.

A vida é tudo e é nada.

A vida é só a vida.

E o que é a vida

Senão uma corrida insana
Ao lado do desejo,

Da esperança

E do amor intangível?

Dados Curiosos

No Brasil, reduzir o analfabetismo entre mulheres em apenas 1 por cento equivale a evitar 415 mortes por ano. Aumentar em 1 por cento a rede de esgoto significa evitar 216 mortes/ano. Se o número de casas que recebem água tratada aumenta 1 por cento, 108 mortes são evitadas/ano. E, se o número de leitos nos hospitais aumenta 1 por cento, 27 mortes são evitadas/ano. Os dados são do estudo de Mário Mendonça e Ronaldo Motta, Saúde e Saneamento no Brasil, Ipea, 2005. Duas em cada cinco pessoas no mundo vivem com menos de 6 reais por dia. Não têm acesso ao saneamento básico 2,4 bilhões de pessoas. Metade das infecções por HIV ocorre entre jovens.

Neste ano de 2007, pela primeira vez, há mais habitantes nas zonas urbanas que nas rurais. Em 2015, teremos 22 megacidades com mais de 10 milhões de habitantes cada, das quais dezesseis em países pobres. Em 2030, 60 por cento da população viverá em centros urbanos, o que equivale a 5 bilhões de pessoas. Em 2050, o planeta terá 8,9 bilhões de habitantes (fonte: Relatório sobre a Situação da População Mundial, ONU).

Nos EUA são gastos, anualmente, cerca de 60 bilhões de dólares em produtos de beleza. Na Europa, 50 bilhões de dólares/ano no consumo de sorvetes.

Tome em mãos dez moedas. Cole uma etiqueta em cada uma, numerando-as de 1 a 10. Ponha-as no bolso. Agora tente pegar a de número 1. Você tem uma chance em dez. Tente pegar a 1 e, em seguida, a 2. Sua chance é uma em 100. Se quiser pegar a 1, a 2 e a 3, em seqüência, a chance cai para 1.000. E você tem uma chance em 10 bilhões de pegá-las todas em seqüência. Segundo Cressy Morrison, que presidiu a Academia de Ciências de Nova York, são necessárias as mesmas condições para a vida na Terra ter acontecido por acaso. Maior “milagre”, caro(a) leitor(a), é você e eu estarmos aqui.

Na vida dos políticos, os números também são intrigantes. Lula é marcado pelo 13. A mãe vendeu a terra em que morava por 13 contos de réis. A viagem de pau-de-arara de Garanhuns a São Paulo, em 1952, levou 13 dias. O número do PT é 13. Ele foi eleito presidente no 113º ano da República.

Fidel nasceu em 1926. Em 13 (metade de 26) de agosto. Tinha 26 anos quando iniciou a revolução em Cuba, com o assalto ao quartel Moncada, em Santiago de Cuba. Isso ocorreu no dia 26 de julho de 1953.

Na natureza, a decomposição do papel leva de 3 a 6 meses; dos tecidos, de 6 meses a 1 ano; dos chicletes, 5 anos; da madeira pintada, 13 anos; dos plásticos, 500 anos; do vidro, 1 milhão de anos; da borracha, tempo indeterminado.Uma tonelada de aparas pode substituir quase 4 metros cúbicos de madeira. A reciclagem evita a morte de cerca de 30 árvores.

Para fabricar 1 tonelada de papel no processo tradicional são necessários 100.000 litros de água. Se o papel é reciclado, bastam 2.000 litros. Caro(a) leitor(a), elenquei esses dados porque talvez
um deles seja do seu interesse. Se não for, azar nosso.

Frei Betto é autor de Calendário do Poder (Rocco), entre outros livros.

PT é o partido mais influente do Congresso, diz Diap

O Partido dos Trabalhadores apresentou o maior número de senadores e deputados destacados no Congresso Nacional, de acordo com um estudo divulgado e apresentado pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap). Além disso, está previsto para o começo de agosto a publicação do relatório do Departamento, sobre os 100 parlamentares mais influentes no sistema legislativo brasileiro.

O PT, com a segunda maior bancada na Câmara Federal, lidera com 25 nomes a lista dos partidos de base de sustentação do governo, e apresenta vantagem, já que o presidente da República é seu filiado.

ESTADO

Grupo sul-coreano detalha investimentos para o RN

Mais um grupo investidor estrangeiro demonstra interesse em investir no Rio Grande do Norte. Diretores do grupo Celltrion, do ramo da indústria biofarmacêutica, com sede na Coréia do Sul, anunciaram que farão investimentos no Estado potiguar. Os investidores Seung Heon Nam e Sang Seock Kim demonstram especial interesse na produção de biocombustível e, em particular, na produção de etanol.(AC)

domingo, 22 de julho de 2007

O PRESTÍGIO DE ACM


Nove em cada 10 estrelas da política nacional velaram o corpo de Antonio Carlos Magalhães no Palácio da Aclamação, centro de Salvador.


Eis a lista: José Alencar, vice-presidente da República, os senadores José Sarney (PMDB-AP), Renan Calheiros (PMDB-AL), Marco Maciel (DEM-PE), Tasso Jereissati (PSDB-CE) e Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), os governadores Aécio Neves (PSDB-MG), Sérgio Cabral (PMDB-RJ), Marcelo Déda (PT-SE) e, é claro, Jacques Wagner (PT-BA), além de muitos deputados federais liderados por Arlindo Chinaglia (PT-SP), presidente da Câmara.


Há quem diga que político só é elogiado depois que morre. Aparece até inimigo fidagal para exaltar o morto! Gente estranha essa...

FORMA DE PROTESTO JUSTA?


Este é o adesivo que começa a circular nos carros, em Porto Alegre, de onde partiu o vôo JJ 3054 da TAM, na terça-feira (17), quando ocorreu o maior desastre da aviação brasileira.


Se a moda se espalhar, as vaias que o presidente Lula (PT) recebeu na abertura dos jogos Pan-americanos será "fichinha" perto do que poderá vir...

[ESPORTES] POTÊNCIA OLÍMPICA

O Brasil poderia ser uma grande potência olímpica, não somos porque não investimos efetivamente no esporte e na educação.

LUTA PELA UFERSA

Bastante proveitosa a mobilização organizada pelo fórum das entidades representativas de
Apodi ,realizada sexta-feira no auditório da CDL, que contou com a presença do prefeito, Dr. Pinheiro, Simão Nogueira , Francisco Valdevino (Chichico), Dagmar Suassuna, Chico Paulo Freire, Jairo César Freire, Evilázaro e João Bosco do PT, Fábio Soares, Bráulio Ribeiro, Júnior Moura, Hilderlon CEADDE, Dalton Filho, Raimundinho de Preto de Isauro, Chico Marinho, Nilson Fernandes, Berg Morais , o professor cezár silva e outros representantes da sociedade.

Acredito que a Ufersa ainda não tenha decidido em qual município vai instalar o pólo da universidade, assim é importante o apoio de todos para juntos ajudar Apodi nessa batalha e garantir a instalação do campus no Médio Oeste.

MANCHETES DE JORNAIS DO NORDESTE

Diário de Natal - Natal
MP sabe que propinas foram pagas com cheques

Diário de Borborema - Campina Grande
Tragédia da TAM: E se fosse aqui?

Diário do Povo - Teresina
Governo anuncia cadeião

O Estado do Maranhão - São Luís
Governo será processado por comprar botox superfaturado


Folha de Pernambuco - Recife
Sport x Botafogo: Que venha o líder

Jornal do Commercio - Recife
Passageiro expulso de avião no Recife

A Tarde - Salvador
Morte de ACM altera quadro político

O Povo - Fortaleza
Brasil: cresceu e travou

ACM e o cinismo de todos nós

Luiz Fernando Veríssimo, no livro Para entender o Brasil, com toda a franqueza e o estilo que lhe é peculiar, disparou: "Acho que no Brasil temos que viver em constante alerta contra o cinismo. O dos outros e o nosso".

Muitos dos elogios e reconhecimentos públicos feitos a ACM estão no campo da conveniência, outros no da diplomacia política, alguns explicam-se através da cultura solidária do brasileiro num momento de consternação, talvez. E muitos destes elogios justificam-se pelo cinismo mesmo.

Os reconhecedores das grandes realizações do político Antonio Carlos Magalhães, do seu amor pela Bahia e pelo Brasil, que esqueceram as mazelas do povo baiano, por exemplo. Precisam visitar a periferia e as favelas da grande Salvador e trafegar pelas rodovias esburacadas do interior baiano, onde se depararão com crianças tapando crateras em troca de um pedaço de pão.

A qualidade de vida da grande maioria dos baianos contrasta gritantemente com o patrimônio acumulado pela família do senador ACM. Um dos sintomas do nosso apartheid.

Negar, esconder, sequer fazer menção a isso não é só cinísmo. É pior, é negar solidariedade a coletividade brasileira e conseqüentemente ao bravo povo baiano. É tentar apagar a memória de nossa gente e escamotear, mais uma vez, sua história de espoliação e sofrimento.

Desejemos todos, descanso eterno a ACM e cuidemos urgentemente dos vivos que ficaram e que ainda esperam por uma Nação para viver.

*Luís Carlos LinsMembro do Fórum Permanente Pela Ética na Política

Os caminhos para o fim da corrupção

Especialistas apontam vontade política, educação da população e transparência como os três preceitos básicos para lutar contra a corrupção
A receita parece simples: vontade política, educação da população, transparência. Esses são os três preceitos básicos para brigar contra a corrupção, de acordo com os especialistas europeus Fredrik Eriksson, Jean Cartier-Bresson e Georgi Rupchev. O trio esteve na semana passada em Brasília para o seminário Brasil-Europa de Prevenção à Corrupção e concordam que o desejo de brigar contra o desvio de recursos públicos é o primeiro passo, mesmo que não o único.

O búlgaro Georgi Rupchev, membro do Grupo de Estados contra a Corrupção do Conselho da Europa, fez um alerta contra o que considera falácia que costuma aparecer entre as propostas de combate à corrupção: a legislação altamente restritiva aprovada pelos parlamentares que, na maioria das vezes, é um indício de fraqueza. “A coisa mais fácil para os políticos fazerem para convencer a opinião pública de que eles estão realizando alguma coisa é mudar a lei, aumentar as penalidades para que isso seja visto como um sinal de vontade política”, diz Rupchev. “Esse é um sinal claro de fraqueza porque o mais importante é a implementação da lei, não a lei em si. E essa é a parte mais difícil.”

Querer fazer algo contra a corrupção é o ponto inicial de qualquer política, dizem os três europeus. “Não estamos dizendo que apenas a vontade política irá resolver tudo, mas a disposição para atacar os problemas, ver quais são eles e assumir o risco de encontrar uma solução é o início de tudo”, afirma o sueco Fredrik Eriksson, diretor da organização não-governamental Impact (sigla em inglês para Gestão da Integridade e Programas para a Responsabilidade e Transparência). A vontade de fazer algo passa, dizem os especialistas, por mudanças nas leis, acesso a informações sobre os gastos do governo e pela educação da população. “É necessária uma mudança de valores e também uma consciência do que é visto como corrupção. Isso é algo que pode mudar todo o tempo. Se nada acontece como conseqüência de um caso de corrupção, por que a população vai achar que algo está errado?”, questiona Eriksson.

IMPUNIDADE

Nem sempre leis mais duras servem para combater a sensação de impunidade que vem no rastro dos escândalos de corrupção. “Se o sistema Judiciário não demonstra vontade para punir os culpados, há algo errado. Alguém tem que ser responsável por chacoalhar esse sistema e precisa ser o governo. Ele tem a responsabilidade de levar adiante a política de combate à corrupção”, afirma o sueco.

O Congresso, responsável por fazer as leis, não é visto pelos especialistas como um elemento que possa ser facilmente trabalhado no combate à corrupção. E pode acabar sendo o responsável por uma imagem de vontade política que não corresponde à realidade. “Não é o local para se começar porque ali as maçãs podres já estão no lugar. São os eleitos pela população que já assumiram seus postos. O esforço precisa vir de fora”, avalia Eriksson.
Os três especialistas relutaram em oferecer soluções prontas que possam ser adotadas pelo Brasil ou qualquer outro país, mas Bresson lembra que para combater a corrupção é preciso investir.(do jc)

sexta-feira, 20 de julho de 2007

As máximas de ACM

I. Não confie em alguém cuja mulher não gosta de você.
II. O poder é a maneira de transformar uma idéia em realidade. Mas é só para quem tem apetite: quem não tem pode usufruir das mais diferentes oportunidades de mando que não vai conseguir mandar.
III. A arte da política consiste em saber dar a cada um o que ele espera de você. Alguns querem proteção, um emprego, por exemplo. Outros querem dinheiro. Há um terceiro tipo, que busca poder, o prestígio, até mesmo um carinho. Se você confundir as demandas, oferecer dinheiro a quem quer carinho ou poder a quem quer um emprego, arrumará um inimigo.
IV. Fale bem dos amigos todos os dias; fale mal dos inimigos pelo menos duas vezes por dia.
V. É legítimo bater sempre nos adversários, para que não venham a crescer e maltratar seus aliados. Nunca reclame dos golpes recebidos; prepare o troco. Vale a máxima: a vingança é um prato que se come frio.
VI. As grandes virtudes de um homem são a gratidão e a generosidade. A gratidão leva a devolver em igual moeda tudo aquilo que recebe. A generosidade o obriga a retribuir em dobro.
VII. Quando entrar em uma casa, preste atenção nas crianças, pois nada é mais sincero do que o olhar delas. Se a criança o encarar torto, é porque naquele local você não é benquisto.
VIII. Só se deve brigar para cima, sobretudo em defesa dos mais fracos, pois todos passam a respeitá-lo, mesmo que você não tenha razão. Brigar para baixo não traz vantagem alguma, ninguém toma conhecimento e ainda o chamam de covarde.
IX. Salvo em assuntos pessoais, procure sempre escalar amigos para responder às críticas dos inimigos. O aliado sairá engrandecido e o adversário diminuído.
X. Se, apesar dos seus defeitos, você quer que alguém seja seu amigo, não pode exigir que esse amigo seja perfeito.
XI. Só guarde reclamação de inimigo. De amigo, bote tudo para fora, resolva na hora. Se o amigo lhe pedir perdão, perdoe. Fale o que está engasgado e, se for o caso, exija alguma compensação. Mas depois esqueça o assunto.
XII. Fale sempre a verdade quando alguém lhe pedir algo. Explique o que vai tentar fazer, quando e como. Caso não possa atender ao pedido, diga logo que não pode, mas explique o motivo. As pessoas esperam que você se importe, tente, ainda que não consiga.
XIII. Não se esqueça jamais do amigo que deixou o poder, até porque o fraco de hoje pode ser o forte de amanhã. Ninguém é tão forte que não possa perder, nem tão fraco que não possa vencer.
XIV. Jamais permita que se fale mal de um amigo perto de você. Reaja imediatamente se isso acontecer.
XV. É melhor sofrer no poder do que longe dele.

(Revista República - junho de 97).

* "Estou com a consciência tranqüila de ter servido bem a meu país. Tenho certeza de que sou o baiano que mais amou a Bahia. Esse meu amor talvez tenha sido a coisa mais importante da minha vida. E ser querido pelos baianos é o que me faz feliz".
* "Algumas vezes sou franco e direto. Isso não é defeito, mas virtude. Ser indeciso é que não é virtude".
* "Minha cabeça é uma 'usina' que não para de pensar em coisas para a Bahia e para Salvador"
* "A primeira regra da boa briga é escolher o adversário certo"
* "Tenho amigos bons e ruins, mas eu só governo com os bons"
* "Meu desejo é lutar pelas grandes causas e não pela causa dos grandes"
* "Uma pessoa pode ser ética sem ser ingênua. Mas quem for excessivamente ético acaba sendo visto como ingênuo, mesmo que não seja".
* "Se este país virar comunista, um dia serei o maior líder de esquerda do Brasil"
* "Nós trazemos fábricas para a Bahia, usamos o talento dos baianos para dar as fórmulas de que a Bahia precisa. Em toda parte a Bahia cresce. Por que? Cresce porque trabalhamos, porque temos vontade de lutar por essa terra que tanto amamos".
* "O pior dos vaidosos é o falso humilde".
* "Não vou dizer que não cometi erros no passado. Devo ter cometido dezenas e centenas de erros, na medida em que tenho tantos anos de vida pública. Se eu fosse um homem que não tivesse cometido erros, hoje, não teria caráter".
* "Eu não tenho ódio na vida. E o fato de não ter ódio me permite continuar na vida a passos largos. Não fico preso ao passado. Aliás, tenho um passado que muito me honra. Mas eu penso sempre no futuro. Isso faz os baianos terem apreço de mim".
* "Eu posso ter erros políticos, o que não posso ter são erros morais".
* "Poucas pessoas gozam em suas bases políticas da popularidade que tenho em meu estado, a Bahia. Engana-se quem acredita que estou perdendo poder".
* "Eu sou a ala petista do PFL. Há também uma ala pefelista do PT".
* "Se puder ser querido é melhor. Mas se isso não for possível, quero ser respeitado"
* "Os empresários têm que ser mais compreensivos, não demitir funcionários, não demitir pessoas carentes, olhar quem vai demitir. Isso é o que eles têm que fazer. Por que, na situação social em que o Brasil vive, não é só o governo que deve amparar não. O empresário tem que ter consciência de seus deveres com a sociedade".
"Quem pode ir a um bom restaurante e gastar R$ 800 num jantar, pode pagar R$ 900 para que R$ 100 sejam destinados a um fundo para erradicação da miséria. Se fizermos isso, venceremos a miséria no Brasil em dez anos".
"O combate à pobreza exige a participação de todos os recursos disponíveis: o individual e o comunitário, o público e o privado, o local e o nacional. A luta solidária de todos é absolutamente necessária par a constituição de uma sociedade mais decente e mais humana".
"Para aferir a situação da pobreza, eu perguntaria ao meu querido amigo ministro Malan se, em cinco anos de governo, ele recebeu algum pobre em seu gabinete (...) Quantos foram lá para falar de enriquecimento, esquecidos da obrigação de diminuir a pobreza?"
*"Ninguém na vida me pressionará a nada. Sou um homem de coragem, sei enfrentar tudo, e não aceitaria que quem quer que fosse viesse me pressionar"
* "Um homem não pode fazer-se sem sofrer, pois ao mesmo tempo é mármore e escultor" .
* "Nunca fui coronel, nunca. Fiz minha carreira ligada ao povo. Poucos receberam no Brasil tanto batismo popular quanto eu. Seria uma estultice pensar que sou coronel, que cometo violências e o povo vota em mim. Não sou truculento e a prova é que 80% dos baianos votam em mim".
* "Baianidade é um estado de espírito em relação à terra em que se vive e a todas as características singulares da Bahia, que nenhuma outra terra tem, como o sincretismo religioso, a cordialidade. O baiano é o povo mais cordial do Brasil".
* "O poder não admite indecisão. O poder exige, sim, coragem no decidir, às vezes até não decidindo certo, mas decidindo rápido você presta melhor serviço ao Estado e ao país. O poder não gosta dos indecisos, mesmo porque a decisão é uma das características mais importantes do bom administrador".
* "Político sem popularidade é um cidadão sem sangue. A popularidade é um estímulo para o político. O sorriso, o agrado, o carinho do povo com seu líder é o que o estimular a continuar lutando pelas causas do próprio povo".
* "A Presidência da República é destino. Você faz toda a sua carreira política, a Presidência é destino".
* "Quem odeia é escravo do seu ódio, e por isso, muitos de meus inimigos são meus escravos".
* "Juntar a amizade à política é o ideal. A política só é bem feita quando pautada pela correção, pela lealdade e, se possível, pela amizade. Para mim, a política tem sido o meio de realizar um trabalho pelo povo. E eu posso falar isso com autoridade. Na Bahia, você encontrará sempre minha obra e a gratidão do povo da minha terra".
* "Faço política como ela deve ser feita, dentro dos padrões de dignidade que se exige de qualquer cidadão".
* "O que eu faço é tirar as pedras do caminho para que eu possa atingir meu objetivo. Mas nada impede que eu pegue o telefone para conversar com um adversário. Eu prefiro chamá-los de adversários, não de inimigos. Acho que não tenho inimigos. Se tenho, a culpa não é minha. Eles é que se tornaram. Nesse ponto, concordo com o ex-presidente Castello Branco:'Eu não sou teimoso, teimoso é quem teima comigo".
* "Vale para mim a frase que o poeta Augusto Frederico Schmidt colocou certa vez no bolso de Juscelino Kubitschek: 'Deus me poupou o sentimento do medo'. Até aqui, Deus não permitiu que me faltasse a coragem necessária para agir nos momentos decisivos de minha vida".
* "O poder realiza. Mas ele também deixa seu ocupante na solidão, porque muitas vezes nos encontramos com quem não desejamos e nos afastamos das pessoas que mais queremos. É da natureza do poder que você não possa escolher seus interlocutores a todo momento"
* "Sou um homem que precisa conversar. Eu varo as noites conversando, cercado de gente. Isso me faz bem. Mas não acredite na lenda de que quem tem poder nunca está sozinho. Com muita freqüência, embora acompanhado, você sabe que está só".
* "Eu raramente digo palavrões e chego a corar quando mulheres os pronunciam em minha presença".
* "Tenho um repertório de conversas para dez tipos de pessoas: uma para o deputado federal, outra para o prefeito, outra para o desembargador, outra para o homem da roça, outra para o jornalista... E fazer isso permanentemente é um grande, um enorme prazer"
* "O importante, na política, é dizer não"
* "Poder é a maneira que você encontra, quando tem realmente vocação para ele, de transformar em realidade muito do que você pensa, e que às vezes até lhe parece inatingível. Mas o exercício do poder é para quem tem vocação. Para quem não tem vocação, você pode entregar as mais diversas oportunidades de mando, que não consegue mandar"
* "Na minha equipe de governo, não concedo absolutamente nada para quem não tenha mérito"
* "Sempre me defini como homem de centro. Mas hoje em dia, estas definições que, de verdade, têm duzentos anos de idade, entre direita e esquerda, estão em xeque. O político contemporâneo tem é de ficar sintonizado com a vontade e os interesses do povo. As querelas ideológicas foram superadas pelos fatos e essa questão passou a ser um bom assunto para discussões lítero-científicas"
* "Acho que Fernando Henrique sempre foi menos de esquerda do que eu pensava e do que todos pensavam. Hoje é uma prova de inteligência e até mesmo de caráter, de amor ao país, não ser radical como se era antigamente. Quando converso com ele, percebo que ele nunca foi um radical. Talvez por ser tímido tenha sido colocado entre os radicais e então não reagira, porque não tem temperamento radical".
* "Dinheiro público é sagrado. Nenhum político se sustenta por muito tempo sem o respeito ao dinheiro público. Essa é a minha força. Tenho 50 anos de vida pública e não nenhuma acusação contra mim do ponto de vista moral"
* "Toda vez que minha imagem for prejudicada porque estou defendendo a Bahia, meu grande amor, pouco me importa o que pensam os outros. Os baianos sabem quem eu sou. Na Bahia, eu estou acima das ideologias e dos partidos políticos"
* "Não gosto de contar o que estou lendo. Isso revela o caráter das pessoas. Tenho sempre dois exemplares, um em Brasília e outro em Salvador. Meus livros são assinalados, por isso não empresto a ninguém."
* "Sou católico e sigo minha religião, mas como um bom baiano tenho que viver as demais religiões e os cultos que na Bahia são praticados com grande intensidade"
* "Homem público não pode ter sigilo bancário. Tem que ser aberto para todos"
* "Ou o país se conserta moralmente ou não tem solução. Onde não há ética e não há moral, não há sobrevivência política para o país".
* "Eu observo as pessoas, olho em seus olhos, por que preciso de escuta? Sei quando elas estão sendo sinceras".
* "Só duas siglas pegaram neste País: JK e ACM".
* "O Juscelino, a meu ver, foi a figura mais marcante do ponto de vista político-administrativo deste século".
* "Nunca usei arma em toda a minha vida. Atirei uma única vez, no interior, para treinar e tomei medo. É uma sensação péssima. Dá um susto enorme. Você toma mais susto do que o possível adversário".
"Só briguei com gente poderosa. Você não me vê brigando com homens do povo, com o porteiro do hotel, com a gente simples".
* "Não quero ser um político comum: quero ser diferente."
* "O pior adversário é aquele que você não conhece".
* "Política para mim é paixão. Por isso é que faço sempre com prazer, e em tempo integral. Qualquer um que queira fazer política de verdade precisa exercê-la com paixão".
* "A auréola do poder é o menos significativo. O exercício dele é o que vale e ensina".
* "O povo acredita em quem é preparado e que só promete o que ele acha possível de se fazer. Não adianta promessa mirabolante, que ele sabe que é impossível você cumprir".
* "Há três tipos de repórteres: o que quer dinheiro, o que quer notícia e o que quer emprego. O correto é não dar dinheiro a quem quer notícia, notícia a quem quer emprego e emprego a quem quer dinheiro".
* "O governante que vigiar a família tem 80 por cento de chance de evitar a corrupção".
* "Eu sou muito sentimental. Acho que isso faz parte um pouco do meu ser e eu não sou difícil de chorar".
* "Na realidade, não me julgo de direita, não me julgo de esquerda. Eu sou um político sem rótulos, sem etiquetas, porque acho que isso não existe. Isso não está mais na cabeça de ninguém. Isso já acabou".

quinta-feira, 19 de julho de 2007

LAMENTÁVEL

A postura hipócrita e covarde de parlamentares e jornalistas que passaram dias insistindo em fazer política sobre os corpos dos possíveis mais de duzentos mortos no acidente da TAM me fez sentir vergonha de ter nascido na mesma terra em que esses BILTRES nasceram.

LULA E CHÁVEZ

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, elogiou na segunda-feira (16) o presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva e garantiu que ninguém poderá separá-los, após as supostas divergências nas últimas semanas em torno do ingresso da Venezuela no Mercosul. "De todas as partes do mundo fazem de tudo para afastar o Brasil da Venezuela, mas Lula é um amigo, um bom homem, um ser humano nobre, tem boas intenções, é inteligente, tem coragem", afirmou.

ALGUÉM VAI PEDIR DESCULPAS PARA ELISA?

"Era assim, "minha princesinha", que Arnaldo Ramos Batista, funcionário da TAM que estava no vôo 3054, chamava a filha na sua página do Orkut. Ele escolheu o nome do bebê; ele posou para fotos beijando a barriga da mulher, Sandra, quando a menina ainda não tinha nascido.Angustiou-se no dia do parto, sofreu, suou frio e teve muito medo. Chorou quando ouviu seu bebê chorar pela primeira vez. No dia do batizado, lá estava Arnaldo sorridente tirando fotos de Elisa e da família. Algumas imagens ficaram desfocadas, mas ele nem percebeu e exibiu todas na internet.Sandra escreveu sobre Arnaldo um texto emocionado que começa assim: "Ele foi a melhor coisa que me aconteceu na vida"..." blog Do N

Bento XVI: volta ao passado

Frei Betto

O papa Bento XVI acaba de surpreender o mundo cristão com as decisões de liberar o latim às celebrações litúrgicas e proclamar a Igreja de Roma como a única verdadeira Igreja de Cristo.

Todos somos tributários de nossas raízes culturais. Não se pode avaliar um texto fora de seu contexto. Isso vale para as pessoas. Joseph Ratzinger, agora papa, é um alemão embebido do pessimismo intelectual de Hannah Arendt e Karl Popper, filósofos antiutopistas. Os dois foram militantes de esquerda, ela na Alemanha, ele na Áustria. Os dois, ao renegarem as idéias revolucionárias, caíram no erro de identificar utopia e totalitarismo. Assim, fecharam-se ao futuro, para a alegria de quem insiste em outro grave equívoco, o de identificar democracia e capitalismo.

Quando o ser humano abandona a imaginação criadora, o futuro se lhe acena como ameaça. O novo atemoriza. Então, ele se abriga na nostalgia, como se no passado residisse o melhor dos mundos. É o retorno ao Éden bíblico, ao “paraíso perdido” de Milton, à segurança do útero materno diagnosticada por Freud.

Para acentuar o elitismo de uma Igreja refém de Constantino no mundo latino, a nobreza clerical adotou como idioma uma língua em decadência, o grego. Desabado o Império Romano e desagregada a unidade européia, a Igreja conservou outro idioma em desuso, o latim. Assim, os sagrados mistérios eram tratados numa linguagem inacessível à plebe. No século XVI, em Pernambuco, Branca Dias foi acusada pela Inquisição de um grave delito: possuir a Bíblia em português. Nem a constatação de que era analfabeta a salvou do castigo. O vernáculo era tido como profano.

Não será o latim que atrairá à Igreja Católica os pobres que preferem os pastores capazes de se expressar em sua linguagem. Jesus não falava grego ou latim. Falava aramaico e entendia hebraico. Aprecio o latim no canto litúrgico, como o gregoriano. Mas quantos fiéis entendem a missa em latim? Receio que prefiram a celebração como mera experiência estética, resquício de uma Igreja exilada em seu passado, de costas para o futuro.

Será a Igreja de Roma a única verdadeira Igreja de Cristo? Por que Roma suprimiu do Credo a profissão de que nós, católicos, cremos na “Igreja católica, apostólica, romana”, como rezei na infância? Agora, reza-se apenas “Creio na Santa Igreja Católica”, o que implica seu caráter universal e apostólico, mas não romano.

Dificulta ainda mais o ecumenismo essa afirmação de que o reconhecimento do bispo de Roma, o papa, como cabeça de todas as Igrejas, é condição para que as comunidades eclesiais cristãs se unam. O Concílio Vaticano II insiste na renovação e conversão de todas as Igrejas, inclusive a de Roma, como requisito para o resgate da unidade perdida, primeiro com o cisma entre Oriente e Ocidente, em 1054, depois com a Reforma de Lutero, no século XVI. O Concílio recomenda à Igreja de Roma reconhecer os elementos de verdade presentes nas demais Igrejas. Prestar atenção no que une, não no que separa.

Eis o que diz o catecismo oficial da Igreja Católica, assinado pelo cardeal Ratzinger em 1998: “Muitos elementos de santificação e de verdade existem fora dos limites visíveis da Igreja Católica: a palavra escrita de Deus, a vida da graça, a fé, a esperança, a caridade, outros dons interiores do Espírito Santo e outros elementos visíveis. O Espírito de Cristo serve-se dessas Igrejas e comunidades eclesiais como meios de salvação, cuja força vem da plenitude de graça e de verdade que Cristo confiou à Igreja Católica. Todos esses dons provêm de Cristo e levam a Ele e chamam, por eles mesmos, para a unidade católica” (819).

Jesus jamais condicionou o mérito de seu amor à adesão de sua palavra. Fez o bem sem olhar a quem. Não exigiu que, primeiro, a mulher fenícia, o servo do centurião romano ou a viúva de Naim acreditasse em sua pregação para, em seguida, merecer a cura. Nem disse a um deles “a minha fé o salvou”, e sim “a sua fé o salvou”.

A unidade dos cristãos jamais será alcançada pela íngreme via da autoridade, e sim da caridade, da tolerância, da nossa humildade em reconhecer os próprios erros e ser capaz de ressaltar o que há de positivo, de evangélico, nas demais Igrejas e denominações religiosas.

O primado do amor é o único capaz de assegurar unidade de fé na diversidade de culturas. Para todo o sempre, Cristo é a cabeça da Igreja e nós, fiéis, diferentes membros de seu corpo.


Frei Betto é escritor, autor da biografia de Jesus “Entre todos os homens” (Ática), entre outros livros

Presidente nacional do PP tem morte cerebral

Os médicos do Hospital Sírio Libanês divulgaram o boletim médico do deputado federal Nélio Dias onde atestam a morte cerebral do parlamentar, que é presidente nacional do Partido Progressista.

A DOR COLETIVA DOS GAUCHOS


A jovem Thais Lopes, 19 anos, moradora de Porto Alegre, sintetiza, em entrevista hoje ao Zero Hora, principal jornal gaúcho:

"Para mim o choque foi maior do que o do 11 de Setembro, porque este acidente envolve gaúchos".

Ela fez a observação ao ouvir o amigo Manuel Falcão, 20 anos, dizer à reportagem do ZH:

"Fiquei até as 2h acompanhando as notícias. Minha reação foi de espanto, quase a mesma que senti no 11 de Setembro (atentado em que aviões atingiram as Torres Gêmeas, em Nova York, em 2001)".

O Rio Grande do sul está em estado choque por causa do acidente em São Paulo. O Vôo 3054 da TAM havia saído de lá, de Porto Alegre.

Veja aqui o perfil de cada uma das vítimas do acidente.

Saiba como está o Rio Grande, nesta reportagem do Zero Hora:

Um estado órfão
"Mesmo quem não conhecia nenhuma vítima do desastre de Congonhas se sentiu participante da tragédia e teve os gestos e as palavras ensombrecidos da manhã à noite.

Em Porto Alegre, onde a consternação era transparente em cada rosto e em cada conversa, as alegrias do cotidiano perderam a graça para moradores como a aposentada Nancy Barbosa, 71 anos. Ela costuma aguardar com ansiedade as tardes de quarta-feira, dia em que vai dançar no clube. Ontem, não encontrou ânimo para a diversão:-

Estou nervosa. Só consigo pensar na tragédia. Tive de tomar um calmante. Adoro dançar, mas seria até um desrespeito se eu fosse".

Os 27 poderosos do Nordeste

Na lista do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), que será publicada em livro na primeira semana de agosto, figuram 27 parlamentares nordestinos entre os cem considerados "mais influentes" do Congresso Nacional. O Estado da Região com maior número de representantes é Pernambuco, com sete deputados e três senadores. Excluídos Piauí, Paraíba e Sergipe, sem nenhum representante entre os "cabeças" do Poder Legislativo, Alagoas foi o estado com menor representação, emplacando apenas um senador.

Mercosul aprova taxa maior para calçados chineses

O Brasil conseguiu ontem a aprovação de todos os sócios do Mercosul para elevar a tarifa de importação de calçados chineses. A alíquota vai subir de 20% para 35%. A vitória dos calçadistas nacionais - prejudicados pelo dólar baixo - foi obtida após reuniões de representantes brasileiros no Uruguai, único país do grupo que não havia aprovado a decisão.

A nova TEC (Tarifa Externa Comum do Mercosul) começa a valer após teleconferência com os ministros de relações exteriores de Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. Técnicos do Ministério do Desenvolvimento acreditam que isso pode ocorrer na próxima semana.

O aumento da alíquota é uma resposta às reclamações da indústria calçadista, principalmente da região Sul, que sofre com a valorização cambial. Com o dólar baixo, as exportações brasileiras ficam mais caras, o que reduz o espaço das mercadorias produzidas no país e amplia o das chinesas.

A alíquota de 35% foi aprovada por argentinos e paraguaios, faltavam os uruguaios.
A negociação seguiu aspectos técnicos, segundo diplomatas que participaram das reuniões. A autorização para a nova TEC, explicam, só foi concedida após estudo de impacto da medida.

Para FAB, única certeza é que avião estava muito veloz


O Airbus-A320 da TAM que explodiu anteontem ao lado do aeroporto de Congonhas estava em velocidade muito acima do normal logo após o pouso. Essa é única certeza que a comissão de investigação do acidente já tem. No mais, há apenas hipóteses e informações a serem investigadas. O vídeo com a gravação do pouso, divulgado ontem pela Infraero, aponta que o Airbus-A320 fez, em três segundos, um trajeto na pista que outras aeronaves, em condições normais, fazem em 11 segundos.

A Folha apurou também que a Infraero calculou em 90 nós -o equivalente a 168 km/h- a velocidade no fim da pista.

No mesmo vídeo é possível ver um clarão no que pode ser a turbina com o avião ainda na pista. Isso poderia corroborar a tese de falha mecânica.
O laudo com as causas do acidente só deve ficar pronto em dez meses, de acordo com o brigadeiro Jorge Kersul Filho, chefe do Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos), (folha)

MANCHETES DOS JORNAIS DO BRASIL

Folha de S.Paulo
Mortes de tragédia chegam a 192; Infraero cogita falha mecânica

O Estado de São Paulo
181 corpos retirados; MP pede fechamento de Congonhas

O Globo
Infraero, Anac, Decea, Cindacta, FAB... e não se sabe o que houve

Jornal do Brasil
Vidas roubadas pelo descaso

Correio Braziliense
Em busca dos culpados

Estado de Minas
Seis mineiros mortos na maior tragédia aérea

Zero Hora
Dor coletiva envolve Estado após tragédia que matou dezenas de gaúchos


Gazeta Mercantil
Advogados ganham com apetite de fundos

Valor Econômico
Tragédia de Congonhas tira fôlego do setor aéreo

Jornal da Tarde
A primeira evidência

quarta-feira, 18 de julho de 2007

PENSAMENTO DA NOITE


Só 2% dos deputados têm 100% de presença na Câmara

Menos de 2% dos deputados federais compareceram a todas as sessões deliberativas da Câmara no primeiro semestre do ano, segundo levantamento do G1. Nesta quarta (18), começa o recesso parlamentar, que vai até o próximo dia 31.

Desde a posse, em 1º de fevereiro, até o início do recesso, houve 71 sessões deliberativas (quando há votações), segundo a Câmara dos Deputados. Somente dez deputados federais não faltaram a nenhuma dessas sessões, o equivalente a 1,95% dos 513 parlamentares da Casa.

Segundo o decreto legislativo nº 7, de 1995, os deputados federais têm desconto em seus vencimentos quando não justificam as ausências em sessões deliberativas, já que parte do subsídio varia de acordo com o comparecimento às sessões nas quais há votação.

Os piores acidentes aéreos da história do País

* "Em abril de 1980, 54 pessoas morrem no acidente com Boeing da Transbrasil em Florianópolis. Quatro ocupantes do avião sobreviveram. Vôo era entre São Paulo e Porto Alegre, com escala na capital catarinense.

* Em junho de 1982, no Ceará, 137 pessoas morreram no choque de um Boeing da Vasp contra uma montanha da Serra de Aratanha, a 30 km de Fortaleza.

* Em 31 de outubro de 1996, um Fokker-100 da TAM caiu em uma rua de São Paulo, matando as 96 pessoas que estavam a bordo, além de três em terra. O acidente aconteceu logo após a decolagem no Aeroporto de Congonhas.

* Em maio de 2004, 33 pessoas morrem na queda de um avião da Rico Linhas Aéreas que se preparava para pousar no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus.

* Em 29 de setembro de 2006, um Boeing da Gol se chocou no ar com um jato Legacy e caiu em Mato Grosso. Todos as 154 pessoas (informações iniciais eram de que haveria 155) a bordo do avião morreram; os ocupantes do jatinho nada sofreram.

"Presidente Lula, convido V. Exa. para participar do encerramento do PAN"

Diego Hypólito - OURO 2 vezes

Vamos ter em alguns anos o "apagão" de professores

Do jeito que a coisa anda, em algum tempo teremos um “apagão” de professores no ensino médio.

Com o FUNDEF, o aumento de alunos nas escolas municipais de ensino básico de 1a. a 8a. séries foi brutal. Isso já está ocasionando uma grande pressão por maior oferta de ensino médio, que por constituição é responsabilidade dos Estados.
O problema reside aí.

Como no ensino básico a oferta de professores era grande, principalmente a oferta de pedagogos, isso não foi problema. Apenas utilizou a capacidade existente de profissionais. O problema está em algumas disciplinas do ensino médio.

A verdade é que não há grande quantidade de profissionais de educação nas áreas de ciências disponível no mercado. Até poderia existir, se o salário não fosse tão miserável.

Como convencer um físico a ir dar aulas em uma escola dentro de uma favela, para ganhar pouco mais de R$ 500,00?

Tarefa difícil. Os governos estaduais vão ter que rebolar para contornar este problema. Até porque não conseguirão pagar mais para determinadas subcategorias de professores.

Estudo revela que é rara punição de autoridades

Um estudo divulgado pela AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros) revela que as autoridades protegidas pelo foro privilegiado estão praticamente imunes a lei. Segundo o levantamento - que abrange o período de 1988 a 2007 -, nenhuma das 130 ações criminais protocoladas no STF contra autoridades resultou em condenação até agora, informou o Estado de S.Paulo. No mesmo período, o STJ acumulou 333 processos e até hoje apenas cinco deles (1,5% dos casos) deram em condenação - houve 11 absolvições e o restante ainda não teve concluída sua tramitação. Para o presidente da AMB, Rodrigo Collaço, a existência do foro privilegiado é que impede a punição. “O foro privilegiado é acima de tudo o foro da impunidade. Não há julgamento. O foro é quase uma linha de defesa”, diz Collaço. Das 130 ações criminais protocoladas no Supremo, estão em tramitação 52 (40% do total). As demais foram arquivadas, resultaram em absolvição, ou acabaram transferidas para instâncias inferiores. Os réus dessas ações respondiam a acusações variadas, como crimes contra a administração pública, a honra, o patrimônio e a fé pública e delitos eleitoral e fiscal

MANCHETES DE JORNAIS DE HOJE

Folha de S.Paulo
Airbus da TAM com 176 atravessa via, bate e explode em Congonhas

O Estado de São Paulo
Avião explode e mata 176 em Congonhas

O Globo
Nova tragédia põe em xeque a segurança área no Brasil

Jornal do Brasil
A mais anunciada das tragédias

Jornal da Tarde
O pior aconteceu: 202 mortos em Congonhas

Diário de S.Paulo
191 mortos

Correio Braziliense
Avião com 176 a bordo explode em Congonhas

Estado de Minas
Nova tragédia aérea

terça-feira, 17 de julho de 2007

Leis que regulam comunicação no Brasil estão defasadas

O Brasil sofre nas mãos dos conhecidos latifúndios da comunicação, responsáveis pela concentração do setor. Hoje existem seis redes privadas nacionais que concentram 667 veículos, entre concessões de TV, jornais e rádios. A maior rede é a Globo, seguida da Bandeirantes, SBT, Record, Rede Vida e Rede Família.

Para a secretária de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia de Niterói (RJ), Jandira Feghali, o fato resulta numa televisão que exibe apenas o que ela mesma produz e exclui a participação da produção independente, responsável por mostrar a diversidade cultural brasileira.

Jandira é autora de um projeto que estabelece que as emissoras de televisão reservem pelo menos 40% das horas semanais para a veiculação de produção independente. A medida regionaliza a produção dos estados, o que não só amplifica culturalmente o conteúdo da programação para TV aberta e por assinatura, como amplia o mercado de trabalho em todo país.

O texto foi apresentado na Câmara em 1991 e está no Senado desde 2002, onde sofreu um parecer da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) que, segundo Jandira, descaracteriza o conteúdo do projeto. Ela critica os impedimentos à regionalização da produção e defende um novo marco regulatório para a televisão brasileira.

“O último marco regulatório que nós temos é de 1962. Está completamente ultrapassado, pois naquela época não se falava em TV digital, em celular, em interatividade. É um outro momento de convergência de mídia. Nós temos que regular para evitar a concentração, a exclusão e garantir a democracia dos meios de comunicação no Brasil”.

Faltam 235 mil professores nas escolas do Brasil

O relatório elaborado pela Câmara de Educação Básica (CEB) do Conselho Nacional de Educação, revelou que o Brasil possui uma defasagem de 235 mil professores para o ensino médio, sendo as disciplinas de Física, Química, Matemática e Biologia as mais afetadas. O levantamento divulgado na última terça-feira (03) aponta que o baixo investimento em educação é a raiz do problema, sendo o Brasil um dos países que menos paga aos seus professores no mundo. No Nordeste, um professor de Ensino Médio ganha, em média, cerca de R$ 820.

Para a presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Juçara Vieira, isto faz com que cada vez menos jovens sigam carreira no magistério.

“Existem pessoas vocacionadas para a área da educação, mas elas não conseguem se dedicar porque os custos dos cursos não compensam os salários que elas vão receber como profissionais”.

O relatório da CEB aponta ainda que 44% dos alunos da rede pública estão nos estágios de aprendizagem considerados “crítico” e ”muito crítico”. Para Juçara, a qualidade do aprendizado está diretamente ligada às más condições de trabalho dos professores.

“Essa realidade de professores itinerantes, que de manhã estão numa escola e de tarde em outra, em nada ajuda a qualidade da educação nas escolas públicas que atendem especialmente as classes populares, aquelas que mais demandam educação patrocinada pelo poder público”.
De acordo com Juçara, a luta dos trabalhadores da educação hoje é pela instituição de um piso salarial nacional. O Projeto de Lei (PL) 619, deste ano, enviado pelo governo federal, já tramita no Congresso com este objetivo. Mas Juçara afirma que os valores propostos ainda não atendem a categoria

FRASE DO DIA

"O direito do aluno de aprender bem é consentâneo ao direito do professor de viver bem. Viver bem implica aprender bem, sempre, permanentemente. Valorizar o professor é um dos horizontes mais promissores da qualidade da educação, por mais que esta valorização não seja tarefa simples."
Pedro Demo é Professor Titular da Universidade de Brasília, desde 1982, Departamento de Sociologia (SOL).

Esta comparação média é dos salários dos trabalhadores em educação em todo o Brasil

O salário mensal - em reais - do profissional de sua área é, aproximadamente, de acordo com a região

São Paulo
1524.00
Norte
1587.00
Nordeste
951.00
Sudeste
1425.00
Sul
1377.00
Centro-Oeste
1122.00
Brasil
1257.00

segunda-feira, 16 de julho de 2007

[MEC] OS PIORES DO IDEB

Começa por Macaíba, Maxaranguape e São Miguel do Gostoso a inspeção que os técnicos do Ministério da Educação (MEC) farão nas escolas dos municípios com baixo índice de desenvolvimento da educação básica.
Confira a lista dos municípios que receberão verba extra do MEC para melhorar a qualidade do ensino básico.

AFONSO BEZERRA
ALEXANDRIA
ALTO DO RODRIGUES
ANGICOS
ANTONIO MARTINS
ARES
ASSU
BARAUNA
BARCELONA
BENTO FERNANDES
BODO
BOM JESUS
BREJINHO
CANGUARETAMA
CARAUBAS
CEARA-MIRIM
DE TOUROS
ENCANTO

FELIPE GUERRA
FERNANDO PEDROZA
FLORANIA
FRANCISCO DANTAS
FRUTUOSO GOMES
GOIANINHA
GROSSOS
GUAMARE
ITAJA
JACANA
JANDAIRA
JANDUIS
JAPI
JARDIM DE PIRANHAS
JOAO CAMARA
JOAO DIAS
JOSE DA PENHA
JUCURUTU
JUNDIA
LAGOA D'ANTA
LAGOA DE PEDRAS
LAGOA NOVA
LAGOA SALGADA
LAJES
LUIS GOMES
MACAIBA
MACAU
MARCELINO VIEIRA
MARTINS
MAXARANGUAPE
MONTANHAS
MONTE ALEGRE
MONTE DAS GAMELEIRAS
NISIA FLORESTA
NOVA CRUZ
OLHO-D'AGUA DO BORGES
PARAU
PARAZINHO
PASSAGEM
PEDRA GRANDE
PEDRO AVELINO
PEDRO VELHO
PENDENCIAS
POCO BRANCO
PUREZA
RAFAEL FERNANDES
RIACHUELO
RIO DO FOGO
RODOLFO FERNANDES
RUY BARBOSA
SANTA CRUZ
SANTANA DO MATOS
SANTO ANTONIO
SAO BENTO DO TRAIRI
SAO FRANCISCO DO OESTE
SAO GONCALO DO AMARANTE
SAO JOAO DO SABUGI
SAO JOSE DE MIPIBU
SAO JOSE DO CAMPESTRE
SAO MIGUEL
SAO PEDRO
SAO RAFAEL
SAO TOME
SAO VICENTE
SENADOR ELOI DE SOUZA
SENADOR GEORGINO AVELINO
SERRA NEGRA DO NORTE
SERRINHA DOS PINTOS
SEVERIANO MELO
TAIPU
TENENTE ANANIAS
TIBAU
TIBAU DO SUL
TOUROS
TRIUNFO POTIGUAR
UMARIZAL
UPANEMA
VARZEA
VENHA-VER
VERA CRUZ
VICOSA
VILA FLOR

[BOLSA FAMÍLIA] CGU encontra falhas em 90% do municípios analisados

Auditorias feitas pela CGU (Controladoria Geral da União) em cidades de todo o país, escolhidas por sorteio, mostram que em 90% dos municípios analisados há irregularidades na aplicação de recursos do programa Bolsa Família, do governo federal.

Neste ano, o órgão divulgou relatórios de fiscalizações dos repasses da União feitas em 120 cidades. Houve problemas com o Bolsa Família em 108 delas.

A investigação faz parte do Programa de Fiscalização de Municípios, que avalia periodicamente, por sorteio, cidades com até 500 mil habitantes.


A FOTO DO DIA

Foto: Jorge William / Agência O Globo
Brasil deu um chocolate na Argentina ontem na final da Copa América de futebol.

domingo, 15 de julho de 2007

A obra-prima do dia

Tarsila do Amaral- o pescador

[Muito Estranho] Perguntar não ofende

Por que só Lula foi vaiado ontem no Pan, e Cesar Maia aplaudido?

Concordo com o ministro dos esportes,Orlando Silva Jr, quando diz: " Parece uma coisa orquestrada. É só observar de onde vinha que dava para perceber que era uma coisa organizada."

Lula ficou abalado com vaias e não voltará ao PAN

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se abalou com as vaias recebidas na Cerimônia de Abertura dos Jogos Pan-Americanos e cogita não mais voltar ao evento, com encerramento previsto para o dia 29 de julho.

De acordo com matéria veiculada na edição de O Globo deste domingo, o presidente disse a interlocutores, na volta para Brasília, que ele não merecia a vaia. 'Foi uma injustiça', classificou o presidente.

Lula deveria comparecer à festa de encerramento, mas o Planalto deve a sua agenda devido ao episódio da última sexta-feira. Segundo o jornal, Lula ficou surpreso e decepcionado com as vaias e teria comentado que esse ato não é típico de eventos esportivos. O governo federal investiu R$ 1,8 bilhão nas obras do Pan.

A matéria afirma que a comitiva presidencial chegou até a cogitar que as vaias fazem parte de um ato político. Elas teriam partido de um grupo que estava sentado à esquerda do presidente e contagiaram o restante do platéia.

O prefeito do Rio de Janeiro, César Maia, usou uma expressão clássica de Lula para definir a vaia. 'Nunca antes na história desse País o presidente levou uma vaia tão grande, num estádio tão grande', disse, em entrevista ao jornalista Jorge Bastos Monteiro

sexta-feira, 13 de julho de 2007

Governo quer acabar estabilidade do servidor público

O governo pretende aplicar regras do setor privado para o funcionalismo público, eliminando, por exemplo, a estabilidade no emprego, segundo reportagem da Folha publicada hoje (íntegra disponível só para assinantes do jornal ou do UOL).

As mudanças constam de uma proposta enviada ao Congresso, que permite gestão de setores do Estado por meio de fundações de direito público ou privado. As novas regras valeriam para hospitais e outras áreas como a TV pública, ciência e tecnologia e previdência complementar de servidores. O governo argumenta que a mudança agilizará a administração e premiará bons servidores.

Em outra reportagem da Folha, o presidente do CNS (Conselho Nacional de Saúde), Francisco Batista Júnior, afirma que a proposta 'terceiriza' a administração dos hospitais e não resolve os problemas do SUS (Sistema Único de Saúde). Ele ameaça entrar com uma ação de inconstitucionalidade contra a lei no STF (Supremo Tribunal Federal).

A proposta é mais uma das ações do governo federal que busca mudar as regras para o funcionalismo público. A Casa Civil prepara um projeto de lei que dificulta a realização de greves pelos servidores. O anteprojeto prevê multa de até R$ 30 mil por dia para sindicatos que deflagrem greves consideradas ilegais pela Justiça e cria a categoria de serviços públicos essenciais inadiáveis.

No mês passado, o governo Lula mandou cortar o ponto dos dias parados dos funcionários em greve no Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) e no Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). Servidores do Incra conseguiram liminar na Justiça garantindo o pagamento dos salários, mas a decisão foi suspensa pela Justiça Federal nesta semana.

Em maio, o presidente havia dito que, sem o desconto, as greves dos servidores são iguais a férias. (Informações da Folha Online)

[Apodi] 30 motivos para implantação da unidade avançada da Ufersa

A coordenação do movimento em prol da implantação do Campus da Ufersa em Apodi elencou 30 motivos básicos para garantir a instalação de uma unidade de Ensino Superior da Universidade Federal do Semi-Árido no município.

CONFIRA:

30 motivos e potencialidades para implantação do Campus da Ufersa em Apodi

01 - Produtor de petróleo;

02 - Produtor de gás natural;

03 - Piscicultura;

04 - Apicultura;

05 - Fruticultura irrigada;

06 - Turismo - sítio arqueológico do Lajedo de Soledade;

07 - Bacia calcária;

08 - Maior produtor do Nordeste de caprinos;

09 - Produtor de ovinos;

10 - Grande produtor de leite (bovino e caprino);

11 - Cajucultura;

12 - Região da chapada;

13 - Região do vale;

14 - Região da areia;

15 - Região da pedra;

16 - Maior produtor do Estado de arroz irrigado;

17 - Grande rebanho bovino;

18 - Barragem Santa Cruz - 600 milhões de metros cúbicos de água;

19 - Lagoa do Apodi - 12 milhões de metros cúbicos de água;

20 - Lençol freático de qualidade mineral;

21 - Terceiro município a inscrever o maior número de estudantes no vestibular da Ufersa 2007.2;

22 - Município que transporta mais estudantes para cidades vizinhas(Mossoró, Patu, Caraúbas,Pau dos Ferros e Umarizal);

23 - Grande produtor de feijão;

24 - População de aproximadamente 40 mil habitantes;

25 - Nono município em densidade eleitoral do Estado;

26 - Geograficamente, o Campus da Ufersa ficará localizado entre os vales do Apodi, Açu e Jaguaribe;

27 - Base da Emparn - localizada na chapada;

28 - Segundo melhor solo do mundo;

29 - Estação de alevinos (projeto já está pronto na Secretaria da Agricultura);

30 - Sociedade organizada e consciente do seu papel de transformação.

quinta-feira, 12 de julho de 2007

Natal: 8 vereadores teriam recebido propina

Dos 21 vereadores de Natal, Rio Grande do Norte, oito tiveram suas casas e gabinetes vasculhadas pela Polícia Civil. Eles são suspeitos de receberem propina de empreiteiras locais para serem beneficiadas no Plano Diretor da cidade. A Justiça rejeitou o pedido de prisão opreventiva dos vereadores fita pelo Ministério Público do Estado.

De acordo com o jornal Tribuna do Norte, ao menos oito vereadores receberam dinheiro para derrubar, no dia 3, os vetos do prefeito Carlos Eduardo Alves (PSB) a três emendas do Plano Diretor - que foram aprovadas, segundo investigações da Promotoria.

Em petição à Justiça, promotores afirmam que os grampos mostram a "existência do grave esquema de corrupção". Um dos objetivos da operação é reunir eventuais provas que identifiquem as empresas corruptoras do esquema.

quarta-feira, 11 de julho de 2007

O Brasil é o país em que mais pessoas são mortas por armas de fogo no mundo





Segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), em 2003 foram mortas a tiros 36 mil pessoas, o equivalente, em média, a 100 brasileiros por dia, 40 deles jovens. Enquanto isso, no Congresso, apesar de vários projetos que tratam de segurança pública estarem tramitando, alguns ainda estão parados. Um deles é a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) número 21, que desconstitucionaliza o artigo 144 da Constituição Federal, que trata de segurança pública. Com isso, cada estado teria autonomia para gerir as suas instituições policiais, abrindo espaço para a criação de um único órgão, formado pela união da Polícia Civil e Militar.

A PEC 21, criada em 2005 pelo senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), define também que os atuais integrantes das polícias rodoviária e ferroviária federal sejam enquadrados no quadro da Polícia Federal. A proposta ainda estabelece que as ações judiciais contra policiais e bombeiros estaduais e do Distrito Federal sejam julgadas pela justiça comum das respectivas regiões e não pela justiça militar. O projeto decide que os policiais estaduais (junção da Civil com a Militar) terão a mesma formação profissional, que será desenvolvida em parceria com universidades e centros de pesquisa. A integração também vai atingir os institutos de criminalística, de identificação e de medicina legal, que formariam um órgão autônomo único.

A proposta estabelece ainda que a União, os estados, o DF e os municípios criem um fundo de segurança pública, cujos recursos se constituiriam de 5% da receita resultante dos impostos federais e 9% dos tributos estaduais e municipais. Vale lembrar que já existem três fundos que tratam do assunto: O Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP), o Fundo Penitenciário Nacional (Funpen) e o Fundo de Aparelhamento e Operacionalização das Atividades-Fim da Polícia Federal (Funapol). Em 2006, os três gastaram cerca de R$ 584 milhões.

Blog do Prof. Ozamir Lima - Designer: Segundo Freitas